Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Opinião

03/01/2019 - Opinião /Edição 1918
Ao começar um novo ano quero saudar os leitores e renovar as esperanças de que esse é um novo tempo de esperanças, prosperidade e saúde para todos nós insulanos. Ser insulano é diferente. Só nós degustamos a agradável sensação quando voltamos pra casa, logo depois de atravessar a ponte. Chegamos!
Estou otimista com as mudanças políticas e vou torcer para que os novos governos que assumiram agora consigam superar as dificuldades, e as mudanças no nosso estado e no Brasil venham de fato beneficiar a população. Estamos todos no mesmo barco e, se as coisas não se acertarem agora, vamos todos sofrer. 
Na área crítica da segurança, os crimes ocorridos no ano passado não foram muito diferentes do restante da cidade. Dois policiais do nosso batalhão de Polícia Militar foram assassinados covardemente por bandidos, aconteceram sequestros, assaltos por motoqueiros e invasões de residências, entre outros crimes. Mas as ações da polícia foram rápidas e estratégicas e a onda de crimes, segundo as estatísticas oficiais, foi neutralizada. A esperança dos insulanos, que sempre prestigiaram e acreditam no bom trabalho da PM, é que em 2019 os resultados sejam ainda mais eficientes e as estatísticas de crimes continuem a diminuir. 
O sistema de saúde na Ilha funciona bem e a expectativa é de que a ideia da maternidade se torne realidade em 2019. E o nosso Hospital Evando Freire que é um dos melhores da rede pública, mesmo com alguns contratempos orçamentários, tem uma equipe de profissionais de saúde excelente que supera as dificuldades e o hospital vive lotado. Provavelmente a metade dos casos são para socorrer pacientes de outras regiões da cidade, que chegam e são atendidos sem restrições, o que é ótimo. 
Viva a Ilha. Feliz Ano Novo!



Veja Também

Opinião - A importância de uma maternidade pública na Ilha do Governador é o de um serviço de saúde essencial para os mais tradicionais moradores da região. Alguns deles nasceram no Hospital Paulino Werneck e naturalmente sentem orgulho de serem verdadeiros insulanos da gema, como se costuma dizer.

Opinião - A importância de uma maternidade pública na Ilha do Governador é o de um serviço de saúde essencial para os mais tradicionais moradores da região. Alguns deles nasceram no Hospital Paulino Werneck e naturalmente sentem orgulho de serem verdadeiros insulanos da gema, como se costuma dizer.

Opinião - Mais um ano e o problema do transporte marítimo continua encalhado, prejudicando gravemente a mobilidade dos moradores da Ilha do Governador. A falta de uma opção confiável pelo mar é um absurdo que perdura há anos sem solução. Aliás, antigamente o sistema de barcas funcionava muito melhor quando as barcas atracavam na bucólica Ribeira.

Opinião - O verão chegou a as altas temperaturas em conjunção com as férias escolares devem lotar as praias da Ilha do Governador. Entretanto médicos dermatologistas insulanos alertam sobre os perigos de banhos em praias cuja desconfiança é grande sobre os índices de poluição e que podem afetar a saúde de quem, por descuido, ingere um gole ou tem algum machucado não cicatrizado no corpo.

Opinião - Quando penso que as pessoas perderam a sensibilidade e não se emocionam com mais nada, sou surpreendido com a incrível e espontânea alegria das crianças e adultos durante a chegada de Papai Noel na festa que o Ilha Notícias e diversos parceiros realizaram domingo no estádio da Portuguesa.


Edição 1919
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras