Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Opinião

31/08/2018 - opiniao /Edição 1900
Não consigo entender as razões que levam algumas pessoas serem tão irracionais quando as posições e pensamentos de outros são diferentes dos seus. É um mal generalizado que prejudica o crescimento da humanidade e afeta seriamente todas as nações. As questões religiosas e políticas são as mais visíveis e perigosas. Amigos rompem amizade simplesmente por opiniões antagônicas e familiares se ofendem profundamente quando, por exemplo, divergem sobre o apoio a algum candidato.
E nesse período de eleições os ânimos estão mais à flor da pele e muita gente reclama do baixo nível de muitos candidatos e redigem comentários ofensivos, principalmente nas plataformas digitais, contrários e furiosos dirigidos contra alguns postulantes a cargos eletivos. A crítica é importante. E, alertar os amigos e conhecidos sobre maus candidatos é um modo de evitar elegermos quem não presta e nem é digno para nos representar.
Postar ofensas é um gesto pequeno. Mas argumentos inteligentes enriquecem a informação e aumentam a credibilidade dos bons e do correto. Acredito que quem tem posições seguras sobre atores políticos bons, deve compartilhar as qualidades para contagiar eleitores indecisos, e cujo critério é votar em gente honesta e competente. Seja pelas redes sociais, telefonemas ou no papo na rua, o exercício da cidadania de modo democrático e respeitoso é fundamental para termos o direito de exigir dos eleitos comportamento igual e a altura das nossas atitudes.
É através do respeito aos que pensam diferente que fortalecemos nossas convicções e, diante de bons argumentos nos convencemos em mudar. Democracia se exerce com liberdade de convicções e o direito de discordar. Mas com respeito a opinião contrária.



Veja Também

Opinião - A Ilha do Governador é uma das melhores regiões da cidade para se morar. Difícil encontrar um morador que queira trocar por outro lugar na cidade. Fora o problema grave de mobilidade urbana, setor em que pouca coisa funciona bem, ainda assim vivemos melhor que a maioria das outras regiões. Estamos protegidos do trânsito de veículos que apenas usam um território para deslocamento para outras regiões. Quem vem pra Ilha não está indo pra outro lugar, e isso é uma vantagem fantástica que evita a população flutuante que acaba atrapalhando a vida local e complica mais ainda o trânsito.

Opinião - A importância de uma maternidade pública na Ilha do Governador é o de um serviço de saúde essencial para os mais tradicionais moradores da região. Alguns deles nasceram no Hospital Paulino Werneck e naturalmente sentem orgulho de serem verdadeiros insulanos da gema, como se costuma dizer.

Opinião - A importância de uma maternidade pública na Ilha do Governador é o de um serviço de saúde essencial para os mais tradicionais moradores da região. Alguns deles nasceram no Hospital Paulino Werneck e naturalmente sentem orgulho de serem verdadeiros insulanos da gema, como se costuma dizer.

Opinião -

Opinião - Mais um ano e o problema do transporte marítimo continua encalhado, prejudicando gravemente a mobilidade dos moradores da Ilha do Governador. A falta de uma opção confiável pelo mar é um absurdo que perdura há anos sem solução. Aliás, antigamente o sistema de barcas funcionava muito melhor quando as barcas atracavam na bucólica Ribeira.

Opinião - O verão chegou a as altas temperaturas em conjunção com as férias escolares devem lotar as praias da Ilha do Governador. Entretanto médicos dermatologistas insulanos alertam sobre os perigos de banhos em praias cuja desconfiança é grande sobre os índices de poluição e que podem afetar a saúde de quem, por descuido, ingere um gole ou tem algum machucado não cicatrizado no corpo.


Edição 1920
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras