Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Opinião

19/01/2018 - opiniao /Edição 1868
Diversas páginas desta edição do Ilha Notícias tratam de carnaval e do clima de absoluta alegria que o reinado de Momo proporciona nas ruas com a participação de milhares de foliões, cujo principal objetivo é se divertir e extravasar a alegria. Por outro lado, a multidão que também acompanha os ensaios de rua da União da Ilha, nas noites das quartas feiras, prenuncia um grandioso desfile na Marques de Sapucaí no dia 12 de fevereiro.
Verão com samba e futebol, no Rio de Janeiro, é a receita certa para muitos aproveitarem o período de férias com diversas e animadas opções para se divertir e torcer. E o Fla vem aí.
A primeira partida do Flamengo na Ilha, este ano, será neste domingo à noite, no Estádio Luso-Brasileiro, que ficou conhecido por Ilha do Urubu — péssimo apelido que os dirigentes do rubro-negro impuseram ao campo.  A expectativa é de que neste ano aconteça na região, o dobro dos jogos do Fla, considerando que em 2017 a temporada na Ilha só começou em junho. Torço que as coisas aconteçam no mesmo clima de paz do ano passado, ocasião quando o time teve um excelente desempenho, vencendo 13 das partidas disputadas.
A diferença principal é que neste 2018 serão realizados diversos jogos do campeonato carioca, proporcionando as torcidas dos principais times do Rio e de outras cidades do nosso Estado, a oportunidade de conhecerem melhor a Ilha do Governador, região que sempre é acolhedora com os visitantes. Acho que o comércio e restaurantes vão continuar sendo beneficiados pela presença de milhares de pessoas que se deslocam para os eventos na Ilha e que podem ser motivadas a conhecer e aproveitar muitas coisas boas que a região oferece. Vamos torcer e sambar!





Veja Também

Opinião - José Richard - Essa terrível tempestade que desabou na cidade e principalmente na Ilha do Governador, na madrugada da quinta-feira (15), deixou nossa terra arrasada. Quase 200 árvores gigantes, algumas centenárias, foram arrancadas do solo como se fossem de papel.

Opinião - José Richard - Essa terrível tempestade que desabou na cidade e principalmente na Ilha do Governador, na madrugada da quinta-feira (15), deixou nossa terra arrasada. Quase 200 árvores gigantes, algumas centenárias, foram arrancadas do solo como se fossem de papel.

Opinião - José Richard - Há algum tempo quando a Ilha era uma região mais tranquila, havia uma cabine da Polícia Militar localizada no canteiro central entre o Casa Show e a passarela. Nela trabalhava o cabo Afonso, PM que por muitos anos foi uma das pessoas mais conhecidas e respeitadas da Ilha em razão da admiração que conquistou, por sua educação e integridade. Simbolizava a presença da lei e era respeitado por todos.

Opinião -

Opinião - Esta semana a imprensa divulgou a estatística de 2017 referente as multas de trânsito aplicadas em vans, da cidade do Rio de Janeiro, no ano passado, e a Ilha do Governador foi a região campeã com 787 infrações das 3.580 aplicadas na cidade. Superamos bairros como Madureira 387, Barra da Tijuca 182 e Bangu com 98 multas. Essa diferença vergonhosa revela, aquilo que a população constata e sofre diariamente nas ruas diante da bagunça generalizada provocada pela maioria das vans que circulam nas ruas da Ilha.


Edição 1872
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras