Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Opinião

29/09/2017 - opiniao /Edição 1852
A vasta área desabitada que separa a comunidade do Parque Royal até o bairro de Tubiacanga é um desafio para as autoridades, sobretudo agora, após o reconhecimento de parte da região como bairro. A estrada que faz a ligação entre os dois pontos é de quase um quilômetro e não tem nenhuma iluminação. Transitar à noite de carro é para corajosos, como são os moradores de Tubiacanga. À pé, só os abençoados que frequentam o monte de orações, ao lado da via.

Com a inauguração do posto do Detran, há cerca de dois anos, a expectativa era de que as pessoas folgadas que vem de fora e jogam entulho e lixo nas margens da estrada, sofressem constrangimento diante do órgão cuja importância deveria merecer mais respeito dos desordeiros. Entretanto, a área continua sendo um depósito para carros roubados, alguns incendiados propositalmente, sob suspeita criminosa de aplicação do golpe do seguro. É tamanho o descontrole, que prospera inimaginável invasão de área ao lado Detran, com moradias, oficinas e outras atividades.

O aproveitamento da grande faixa de terra entre às margens do mar e a pista do aeroporto merece, de modo urgente, ter um projeto urbanístico moderno que inclua, por exemplo, espaços generosos para a prática de diversas modalidades esportivas, passeios de bicicleta, caminhadas e outras atividades como hortas. São apenas sugestões que podem ser consideradas para uma ocupação que valorizasse essas terras e o bairro de Tubiacanga. Quem sabe a gente pede projetos para os universitários. Sai de graça.

O importante é agir logo, antes que grupos organizados tomem conta de modo desordenado e irreversível.





Veja Também

Opinião - O aumento do clima de insegurança nas imediações da Vila Joaniza ou do Morro do Barbante e Itacolomi está colocando em pânico os moradores das redondezas. Nesta semana, agentes da secretaria de urbanismo e habitação que foram na comunidade verificar problemas em obras públicas que estão sendo executadas, ficaram encurralados durante uma troca de tiros entre bandidos e policiais.

Opinião - Quem não tem talento para criar belas obras de arte, exibe o melhor de si através de figuras grotestas e desrespeitosas para chocar o público, como o conjunto de podridão cultural com cenas de zoofilia, pedofilia e blasfêmia expostas há poucos dias no Queermuseu, do Santander, em Porto Alegre.

Opinião - Duas notícias nessa semana revelam o quadro de degradação moral que uma minoria de um lado e os criminosos de outro, querem obrigar os brasileiros a acharem normal, embora as consequências sejam nefastas.

Opinião - O deslocamento de agentes do Grupo de Motopatrulhamento da Guarda Municipal, a partir desta quinta (14), para realizar patrulhamento diário nas ruas da Ilha do Governador, como destaca matéria nesta edição do Ilha Notícias, traz um alento de esperança para a população que vive assustada diante do inacreditável aumento da insegurança nas ruas da região.

Opinião - Criado para ser o porta voz da Ilha do Governador, o jornal Ilha Notícias completa neste mês de setembro 41 anos de existência mantendo os mesmos princípios e valores de quando foi fundado em 1976. Pode-se dizer que a história da Ilha do Governador das últimas quatro décadas está contada nas páginas das 1849 edições do jornal que já circularam até hoje. Cada uma dessas edições representa um capítulo dessa história que relata os acontecimentos mais importantes da semana na região. No futuro, certamente será importante fonte de consulta para pesquisadores. O Ilha Notícias conquistou a co


Edição 1855
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras


 

Copyright© 2010 Ilha Notícias. Todos os Direito Reservados.
Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.