Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Opinião

19/05/2017 - opiniao /Edição 1833
A insegurança nas ruas provocadas por centenas de motos que circulam sem placas ou com a placa encoberta, certamente para não ser identificada, é um absurdo. Nesta semana, estava parado em um sinal vermelho da Estrada do Galeão, no meio de outros veículos e alguns ônibus, quando duas motos, ultrapassaram o sinal fechado sem nenhum constrangimento. Mais adiante ultrapassaram uma viatura da PM sem serem abordados. 
 
Diante de fato tão corriqueiro, alguns leitores podem me pedir para comentar, nesse espaço, sobre alguma novidade, porque isso todo mundo já sabe. O abuso e desrespeito das motocicletas contra as leis do trânsito nas ruas da Ilha, já não causa espanto para alguns, mas ainda afeta a maioria da população. A desfaçatez dos motoqueiros que cometem ilegalidades no trânsito, agride quem tem princípios e zela pela obediência às leis. É a parte do iceberg submerso das irregularidades no trânsito, também cometidas pelas vans e que precisam, urgente, ter mais fiscalização das autoridades.
 
Também é inacreditável a velocidade que as motos circulam entre os carros, fato que além de assustar os motoristas, coloca em risco os pedestres que atravessam as vias nas faixas de segurança. Enquanto esses motoqueiros abusam dos limites e trazem problemas na fluidez do trânsito, os motoristas são obrigados a tomar cuidados extremos para não causar batidas em algumas delas e ferir gravemente os motociclistas que se arriscam em manobras perigosas e talvez não percebam a fragilidade a que se expõe entre os carros.
 
Enquanto a polícia não agir de modo rigoroso e permanentemente contra a circulação de motos sem placas e motociclistas sem capacetes, eles vão entender que a polícia é conivente e continuarão a gerar ilegalidades no trânsito. Afinal, onde não existe fiscalização os irresponsáveis agem livremente.




Veja Também

Opinião - Percorrer parte da orla da Ilha, parar, admirar as paisagens e fazer fotos é uma boa ideia de programa para fazer, principalmente nos fins de semana ou dias claros. O céu azul e nuvens que mudam de formato e lugar a cada minuto, valorizam as imagens e emolduram a beleza de nossas praias.

Opinião -

Opinião - A ocorrência de uma onda de assaltos na região da Ilha do Governador está apavorando a população e a situação chega quase ao descontrole. Diariamente somos assombrados por notícias de todos os bairros do Rio de Janeiro de todos os tipos de crimes, e na Ilha Governador, que sempre foi uma região mais tranquila do que as outras, a violência também cresce e apavora os moradores.

Opinião - O trânsito na Ilha está muito lento na Estrada do Galeão quase todos os dias, por razões diversas e em horários totalmente inexplicáveis, como por exemplo no início da tarde, quando o fluxo de entrada e saída é normal.

Opinião - O lixo que flutua sobre as águas da Baía de Guanabara é tão grave para o meio ambiente, quanto os milhões de litros de poluentes líquidos e invisíveis que são despejados nas águas e provocam graves doenças. Esses metais pesados e outros produtos químicos de uso suspeito e de incalculável poder contaminador, se misturam nas águas e contaminam mortalmente todos os seres vivos que bebem essa água ou vivem nela.

Opinião - Essa semana um leitor enviou ao Ilha Notícias imagens de um colchão velho boiando nas águas da Praia da Bica, jogado por um desconhecido. A redação postou, nas plataformas digitais do jornal, o texto da mensagem e as duas fotos. A indignação do leitor, que colaborou com o jornal, faz sentido pelo absurdo do descarte do objeto nas águas da Baía de Guanabara e provocou centenas e iradas reações na rede social de outros insulanos revoltados com o fato.


Edição 1843
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras


 

Copyright© 2010 Ilha Notícias. Todos os Direito Reservados.
Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.