Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
orkut
blogger

Karen já passou em 11 concursos

23/03/2012 - noticias /Edição 1564

Quando decidiu entrar na acirrada disputa por uma vaga em um cargo público, a contadora insulana Karen Mancini não imaginou o sucesso que a vida como concurseira ia lhe trazer. Com 27 anos, a insulana já foi aprovada em 11 concursos públicos e com a sua experiência se dedica a dar aulas para quem sonha com uma aprovação.

 

De família humilde, Karen conta que trancou a faculdade de economia na UFF em busca de uma estabilidade financeira. "Estava no 6º período, mas tinham muitas greves na faculdade e eu queria trabalhar logo. A minha irmã deu a ideia de entrarmos para um cursinho e tentar vagas em cargos públicos, resolvi me arriscar", conta Karen que é moradora do Cocotá. Aos 20 anos, ela se matriculou em um curso na Academia do Concurso e logo no primeiro desafio conseguiu aprovação para técnica administrativa da Eletrobrás.

 

– Foi uma preparação de dois meses e na época tentei nível médio já que eu não era formada. A aprovação foi um estímulo enorme. Percebi que era uma questão de foco, organização e de ter uma rotina com os estudos – dá a dica.

 

Karen explica que um dos benefícios de trabalhar na Eletrobrás era a oportunidade de ter os estudos universitários financiados e aproveitou a chance para assim continuar estudando e no futuro conseguir uma vaga em um cargo de nível superior. "Eu não já não estava mais interessada no curso da UFF e me matriculei na primeira turma de Ciências Contábeis da Fabec, que era a faculdade da Academia do Concurso. Durante a faculdade tive aulas especiais para prestar concursos e passei para dois deles de nível superior. Assim que me formei fui chamada para ser a auditora da UniRio e depois trabalhei como contadora na Cedae", conta.

 

Boa aluna, Karen recebeu convite de um professor para assumir três disciplinas na Fabec, onde se formou. "Fiquei empolgada com o convite porque estudar e viver toda a expectativa se tornou uma parte feliz e emocionante da minha vida. Dando aulas, eu descobrir um novo prazer e vibro com cada aluno que atinge o objetivo", comenta.

 

É claro que nem tudo foi assim tão fácil. Karen conta que sacrificou muitas finais de semana de lazer para se dedicar aos conteúdos das provas e ainda viveu um momento difícil quando a mãe sofreu um infarto no dia da prova para a Polícia Civil. "A vaga de investigador da Polícia Civil era um sonho para minha irmã Caroline e estudávamos juntas. No dia da prova minha mãe passou mal, deixamos ela no hospital e fomos para a prova, porque ela não queria que deixássemos de fazer. Infelizmente minha irmã não passou", lamenta.

 

Karen foi aprovada nos concursos para Eletrobrás, Controladoria Geral do Município, Unirio, Dataprev, Ministério do Desenvolvimento Agrário, Tribunal de Justiça de São Paulo, Cedae, Analista de Sistema do Ministério Público da União, Polícia Civil, Analista de Planejamento da Comissão de Valores Mobiliários e na Finep (financiadora de estudos e projetos), que é o seu atual emprego como auditora e contadora com o salário de R$ 8 mil por mês.

 

Além das aulas na Fabec, Karen abriu o seu próprio curso no ano passado, o Mancini Módulos. Ela também dá aulas através de vídeos para o site Concurso Virtual, que é acessado por concurseiros de todo Brasil. Casada há cinco anos, conta que o segredo para ter tempo de se dedicar a tudo é a organização e diz que não pretende parar. "Em junho ainda faço a prova para o Tribunal Superior Eleitoral, que é o meu grande sonho. Com persistência e disciplina todos podem chegar lá", garante.




Veja Também

Vila Olímpica está parada há um ano - Iniciada em 2011, a construção da Vila Olímpica na Estrada Rio Jequiá está com as obras paradas há um ano. Longe de parecer uma área de lazer e esportes, o mato alto surge no terreno que teve as janelas no muro, que fica junto à ciclovia, parcialmente cobertas desde a paralisação das obras. A estrutura inacabada frustra os moradores, especialmente da comunidade Nossa Senhora das Graças – Boogie Woogie, que esperavam com expectativa pela construção do complexo esportivo e de uma escola de ensino fundamental cujo investimento, segundo a prefeitura, é no valor de R$ 19 milhões. No terreno, que pertencia à Marinha, havia um campo muito usado pelos moradores da comunidade. No local, a escolinha de futebol com o professor Robinho tinha a participação de centenas de crianças. Grupos de pelada de jovens e veteranos também usavam o campo de futebol nos finais de semana. Era o lazer semanal de muitos moradores.

Fisioterapia e pilates combatem lesões - Com atendimento individualizado, o Centro Fisioterapêutico Raphael Abreu (CFRA) oferece tratamentos que proporcionam a reabilitação física e a prevenção de lesões. Há dois anos em atividade, a clínica conta com profissionais das áreas de traumato-ortopedia, terapia manual e desportiva, acupuntura, nutrição, RPG, pilates e personal trainer.

Amigas do Lenço se unem contra câncer - Para incentivar o bem estar e a autoestima de mulheres durante o tratamento contra o câncer, um grupo de amigas insulanas resolveu promover o uso do lenço como uma melhor forma de aceitação para um dos efeitos colaterais da quimioterapia, a perda dos cabelos. Desde fevereiro, que as Mulheres Amigas do Lenço começaram a promover encontros e trocar experiências além de usar uma página no Facebook com mensagens de apoio, fotos e dicas. Uma forma de levar conforto para quem está passando por essa fase da doença.

Yan de Azevedo é fera na matemática - Desafio para muitos alunos, a matemática é a disciplina favorita do estudante Yan de Azevedo Monteiro. Aluno do 9º ano da Escola Municipal Lavínia de Oliveira Escragnolle Dória, no Galeão. Ele testou os seus conhecimentos na 9º Edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) e conquistou a medalha de bronze. A Olimpíada é uma realização do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada e tem como objetivo estimular o estudo, revelando talentos na área.

Policlínica da Família agora atende Oftalmologia - O atendimento de qualidade se destaca nas especialidades como cardiologia, neurologia, pediatria, endocrinologia, urologia, otorrinolaringologia, dermatologia, gastroenterologia, proctologia, nutrição, psicologia e fisioterapia. Além de exames laboratoriais, ultrassonografia, eletrocardiograma, raio-x, risco cirúrgico e atestados admissional, periódico, demissional e esportivo.

Tubiacanga ganha aliado contra remoção - Depois de se posicionar contra a construção de uma nova pista no Aeroporto do Galeão, que provocaria a remoção de mais de três mil moradores de Tubiacanga, o Deputado Federal Rodrigo Maia esteve na sede da Associação de Moradores de Tubiacanga (Amat) no sábado (5) e pode conferir o trabalho da comissão, que retomou as atividades após alguns anos sem representatividade.


Edição 1685
Leia


Edições anteriores





Programa Sena Limpa (Cedae) - Praia da Bica

Programa Sena Limpa (Cedae) - Praia da Bica

Qual meio de transporte você usa para entrar e sair da Ilha?

Ônibus
Vans e Kombis
Barcas
Táxi
Carro particular
Motocicleta


Visualizar Resultados


 

Copyright© 2010 Ilha Notícias. Todos os Direito Reservados.
Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.