Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Cabos de cobre são alvo de furto

30/11/2018 - noticias /Edição 1913
Uma nova modalidade de crime está gerando transtorno aos insulanos. Trata-se do roubo de cabos de cobre e se tornou uma nova dor de cabeça, principalmente para os comerciantes. Os crimes acontecem quase sempre da mesma forma e à noite, quando o ladrão procura locais escuros que tenham ar-condicionado, transformadores e redes de internet, entre outros. 

Segundo o delegado Wilian, os cabos dos aparelhos são vendidos, principalmente para ferro velho. “Na internet é possível achar quem pague 22 reais por 1kg de cobre, com isso o ladrão precisa roubar muitos cabos para que sua ação gere um retorno significativo ou que pelo menos justifique o risco que corre”.

Nas últimas semanas, uma das vítimas foi o cabelereiro Moisés Carvalho, cuja loja fica em frente ao Extra Supermercado. Ele foi obrigado a suspender seu trabalho por alguns dias, depois que os canos de cobre do ar-condicionado do salão de beleza foram roubados durante a madrugada. Câmeras de segurança flagraram a ação do ladrão que usou a pouca visibilidade da servidão localizada ao lado do salão para chegar até o aparelho de ar condicionado e levar o material.

— Com os cabos roubados o ladrão deve ter ganhado no máximo 5 reais, uma miséria em comparação ao prejuízo que estou tendo para pôr tudo em ordem novamente. Ainda estou sem a refrigeração no salão e tive que colocar arame farpado em volta do salão para tentar evitar novo roubo. No total meu prejuízo será de 3 mil reais, por causa de 5 reais.

Nas imagens da câmera que gravou o delito é possível ver como o furto é feito. O ladrão sobe na parede, puxa os canos de cobre. Algumas empresas fornecedoras de sinal de internet, da região, também alertaram seus clientes sobre a incidência de crimes semelhantes, insistindo no registro policial para facilitar a ação policial.

Na segunda (26), a polícia prendeu em flagrante um homem acusado de roubar material de cobre na região. Segundo a polícia cívil, moradores filmaram a ação e chamaram a polícia. O homem foi encaminhado para a 37ª DP e levado à Cidade da Polícia. 




Veja Também

Serão três dias de folia para a criançada na quadra coberta da Lusa - Dia 4/3 – Segunda Banda Polvo da Ilha – Concentração às 9h – Praça Iaía Garcia – Ribeira Banda Inimigos da Bebida – Concentração às 10h – Praça Comandante Nelson Megé, próximo ao Fórum da Ilha – Cocotá Banda Seca Copo – Concentração às 13h – Rua do Monjolo – Pitangueira GRBC Acabou o Amor – Concentração às 18h – Rua Domingos Mondim – Tauá

Resgatista insulano participou das buscas na tragédia em Brumadinho - A tragédia que atingiu a cidade de Brumadinho, em Minas Gerais, revelou diversos heróis que se deslocaram de diversas partes do Brasil, e do mundo, para ajudar as vítimas da tragédia. Entre os voluntários estava o veterinário insulano, Alexandre Calmon, que é adestrador e participa de uma organização de resgate com cachorros em desastres.

Carnaval agita Cacuia, Cocotá e Zumbi - Celeiro de grandes sambistas e berço da União da Ilha, o bairro do Cacuia conseguiu a oficialização do Carnaval este ano e, ao lado do Cocotá e do Zumbi, terão o apoio e suporte da Prefeitura com estruturas de palco, iluminação, som e banheiros químicos para a alegria dos foliões insulanos.

Estrada para Tubiacanga está pronta - As obras na estrada que liga ao bairro de Tubiacanga, realizada pela RioGaleão, foram concluídas e contam com grades que cercam a pista, ciclovia, guarita com cancelas e seguranças que se revezam no local. As obras, além de melhorar o acesso à Tubiacanga, também foram uma medida para evitar o aumento da invasão ao lado do posto do Detran, no início da estrada.

Alagamentos atormentam moradores - As ruas Caricé, Capanema, Max Yantok, Eutíquio Soledade, Gipóia, Benedito Patrício e adjacentes, no Tauá, sofrem há anos com os alagamentos em épocas de chuvas mais fortes. Segundo a prefeitura, um dos maiores problemas é que o local fica próximo ao nível do mar e a movimentação das marés dificulta o escoamento das águas pelo canal da Av. Ilha das Enxadas, nos Bancários, que liga as galerias de águas pluviais ao mar. O superintendente da Ilha Daniel Balbi, informou que após a chuva de quarta (13), que culminou no alagamento de diversas ruas do Tauá, pediu à Rio Águas a limpeza no canal dos Bancários para melhorar a fluidez no valão e dar um escoamento mais rápido às águas nas ruas alagadas. Na quinta-feira (14) operários da prefeitura finalizaram a limpeza.

Prefeitura começa a desassorear o rio jequiá - Para melhorar o escoamento das águas nos dias de chuva, equipe da prefeitura utilizou retroescavadeira para aumentar a profundidade do Rio Jequiá no trecho atrás da Vila Olímpica.


Edição 1924
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras