Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Paranapuan pretende renovar a frota

11/10/2018 - noticias /Edição 1906
Alvo de críticas pela qualidade dos serviços de transporte público prestados à população insulana, a empresa Transportes Paranapuan vive a expectativa de melhorar a frota e resolver os problemas internos. Semanalmente a redação do jornal Ilha Notícias recebe denúncias sobre veículos quebrados, atraso nos horários e linhas que foram retiradas de circulação. 
 
Fundada em 1950, a Paranapuan transporta diariamente cerca de 80 mil passageiros. De acordo com Tadeu Montessoro, gerente de operações da empresa, um dos maiores problemas que atingiu a empresa foi a demora do reajuste da tarifa da passagem.
 
— Tivemos que reduzir duas vezes o valor da passagem por determinação judicial e isso acabou afetando nossas finanças. Por conta disso retiramos três linhas de menor impacto para a população que foi a 914 (Vigário Geral – Bananal), 924 (Aeroporto – Bananal) e 934 (Ribeira – Portuguesa). Quando a tarifa foi reajustada começamos a nos organizar novamente.
 
A empresa retornou com 80% da frota na linha 924. Quando a passagem foi reajustada a primeira vez em 2014, ainda na gestão do ex-prefeito Eduardo Paes, o acordo era que toda a frota das empresas fosse climatizada, mas atualmente dos 128 carros da empresa, não executivos, apenas quatro, da linha 913 (Delcastilho – Fundão) são climatizados.
 
Na gestão do prefeito Crivella o prazo para climatizar a frota, colocar Wi-Fi e entrada USB em todos veículos foi estendido para 2020. A ideia da empresa é começar a renovar a frota ainda este ano.
 
Em agosto deste ano, a Paranapuan foi acusada da falta de alvará e de ter contaminado o solo e poços com combustível, e teve o acesso da garagem lacrado por alguns dias. Segundo a empresa, técnicos contratados pela Paranapuan estão finalizando estudos com provas de que não houve contaminação ao meio ambiente.
 
Sobre os frequentes problemas de manutenção dos veículos que deixam os passageiros no meio do caminho, Tadeu garante que os ônibus da Paranapuan passam diariamente por reparos e estão no prazo de oito anos de vida útil. 
 
— Já estamos nos planejando para renovar nossa frota e oferecer o conforto e comodidade que o insulano merece. Queremos retornar com as linhas que não estão operando. Nós não temos interesse em abandonar o consórcio ou quebrar o contrato, nosso desejo é melhorar nossos serviços e aprimorar o atendimento aos passageiros.




Veja Também

Serão três dias de folia para a criançada na quadra coberta da Lusa - Dia 4/3 – Segunda Banda Polvo da Ilha – Concentração às 9h – Praça Iaía Garcia – Ribeira Banda Inimigos da Bebida – Concentração às 10h – Praça Comandante Nelson Megé, próximo ao Fórum da Ilha – Cocotá Banda Seca Copo – Concentração às 13h – Rua do Monjolo – Pitangueira GRBC Acabou o Amor – Concentração às 18h – Rua Domingos Mondim – Tauá

Resgatista insulano participou das buscas na tragédia em Brumadinho - A tragédia que atingiu a cidade de Brumadinho, em Minas Gerais, revelou diversos heróis que se deslocaram de diversas partes do Brasil, e do mundo, para ajudar as vítimas da tragédia. Entre os voluntários estava o veterinário insulano, Alexandre Calmon, que é adestrador e participa de uma organização de resgate com cachorros em desastres.

Carnaval agita Cacuia, Cocotá e Zumbi - Celeiro de grandes sambistas e berço da União da Ilha, o bairro do Cacuia conseguiu a oficialização do Carnaval este ano e, ao lado do Cocotá e do Zumbi, terão o apoio e suporte da Prefeitura com estruturas de palco, iluminação, som e banheiros químicos para a alegria dos foliões insulanos.

Estrada para Tubiacanga está pronta - As obras na estrada que liga ao bairro de Tubiacanga, realizada pela RioGaleão, foram concluídas e contam com grades que cercam a pista, ciclovia, guarita com cancelas e seguranças que se revezam no local. As obras, além de melhorar o acesso à Tubiacanga, também foram uma medida para evitar o aumento da invasão ao lado do posto do Detran, no início da estrada.

Alagamentos atormentam moradores - As ruas Caricé, Capanema, Max Yantok, Eutíquio Soledade, Gipóia, Benedito Patrício e adjacentes, no Tauá, sofrem há anos com os alagamentos em épocas de chuvas mais fortes. Segundo a prefeitura, um dos maiores problemas é que o local fica próximo ao nível do mar e a movimentação das marés dificulta o escoamento das águas pelo canal da Av. Ilha das Enxadas, nos Bancários, que liga as galerias de águas pluviais ao mar. O superintendente da Ilha Daniel Balbi, informou que após a chuva de quarta (13), que culminou no alagamento de diversas ruas do Tauá, pediu à Rio Águas a limpeza no canal dos Bancários para melhorar a fluidez no valão e dar um escoamento mais rápido às águas nas ruas alagadas. Na quinta-feira (14) operários da prefeitura finalizaram a limpeza.

Prefeitura começa a desassorear o rio jequiá - Para melhorar o escoamento das águas nos dias de chuva, equipe da prefeitura utilizou retroescavadeira para aumentar a profundidade do Rio Jequiá no trecho atrás da Vila Olímpica.


Edição 1924
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras