Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Oscilação de energia causa prejuízos

05/10/2018 - noticias /Edição 1905
O problema de muitos insulanos com o péssimo serviço prestado pela Light parece não ter fim. Quedas de energia elétrica e, especialmente, os picos de luz sem motivo aparente, são frequentes nos bairros da região e geram em alguns casos prejuízos em alimentos, eletrodomésticos e aparelhos eletrônicos.

Na última semana, vários prédios comerciais ao longo da Estrada do Galeão sofreram com picos de luz e oscilação de tensão. Tiago Souza, funcionário da empresa de refrigeração Inovatec reconhece o aumento de trabalho na região para trocas de placas em aparelhos de ar condicionado e suspeita que isso possa estar atrelado as frequentes variações de força da energia elétrica. 

— O trabalho têm aumentado bastante, especialmente nos prédios comerciais no trecho da Estrada do Galeão, entre o Colégio Lemos Cunha e o Supermercado Extra. A oscilação de força causam problemas nas placas dos aparelhos de ar, queima o capacitor, sensores, entre outros problemas — alerta o técnico.
A dona de casa Maria Adelaide, de 75 anos, moradora do Jardim Guanabara, teve sua televisão de 32 polegadas queimada no último mês. “Estava na cozinha quando percebi uma queda de pressão na energia. Foi questão de segundos. Na hora não percebi nada estranho, mas quando fui ligar a TV, já não funcionava mais. Bem chata essa situação, pois ainda estou pagando a televisão”. 

Para tentar amenizar os prejuízos causados pela falta de luz, o consumidor que se sentir lesado pode pedir indenização, exigindo o ressarcimento pelas perdas e reparo de produtos danificados, conforme regulamentação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A orientação jurídica é dar entrada com documento na Light em até 90 dias. A concessionária tem até 10 dias para avaliar as causas do incidente. 

A Aneel informou que acompanha a qualidade do fornecimento de energia elétrica de todas as distribuidoras por meio de indicadores que verificam a frequência e a duração das interrupções. Caso o limite seja ultrapassado, o consumidor pode pedir compensação de crédito na fatura. A Light informou através de gráficos está pactuada com os índices da Aneel.

Quanto às oscilações e falta de energia durante a semana na Estrada do Galeão, na quarta (26), a Light informou que interrompeu o fornecimento de forma programada para a realização de serviços de manutenção, tendo informado previamente os clientes. Na quinta (27), um veículo bateu em um poste da empresa que causou oscilação no sistema elétrico e na sexta (28), um cabo apresentou defeito e teve que ser consertado. 




Veja Também

Serão três dias de folia para a criançada na quadra coberta da Lusa - Dia 4/3 – Segunda Banda Polvo da Ilha – Concentração às 9h – Praça Iaía Garcia – Ribeira Banda Inimigos da Bebida – Concentração às 10h – Praça Comandante Nelson Megé, próximo ao Fórum da Ilha – Cocotá Banda Seca Copo – Concentração às 13h – Rua do Monjolo – Pitangueira GRBC Acabou o Amor – Concentração às 18h – Rua Domingos Mondim – Tauá

Resgatista insulano participou das buscas na tragédia em Brumadinho - A tragédia que atingiu a cidade de Brumadinho, em Minas Gerais, revelou diversos heróis que se deslocaram de diversas partes do Brasil, e do mundo, para ajudar as vítimas da tragédia. Entre os voluntários estava o veterinário insulano, Alexandre Calmon, que é adestrador e participa de uma organização de resgate com cachorros em desastres.

Carnaval agita Cacuia, Cocotá e Zumbi - Celeiro de grandes sambistas e berço da União da Ilha, o bairro do Cacuia conseguiu a oficialização do Carnaval este ano e, ao lado do Cocotá e do Zumbi, terão o apoio e suporte da Prefeitura com estruturas de palco, iluminação, som e banheiros químicos para a alegria dos foliões insulanos.

Estrada para Tubiacanga está pronta - As obras na estrada que liga ao bairro de Tubiacanga, realizada pela RioGaleão, foram concluídas e contam com grades que cercam a pista, ciclovia, guarita com cancelas e seguranças que se revezam no local. As obras, além de melhorar o acesso à Tubiacanga, também foram uma medida para evitar o aumento da invasão ao lado do posto do Detran, no início da estrada.

Alagamentos atormentam moradores - As ruas Caricé, Capanema, Max Yantok, Eutíquio Soledade, Gipóia, Benedito Patrício e adjacentes, no Tauá, sofrem há anos com os alagamentos em épocas de chuvas mais fortes. Segundo a prefeitura, um dos maiores problemas é que o local fica próximo ao nível do mar e a movimentação das marés dificulta o escoamento das águas pelo canal da Av. Ilha das Enxadas, nos Bancários, que liga as galerias de águas pluviais ao mar. O superintendente da Ilha Daniel Balbi, informou que após a chuva de quarta (13), que culminou no alagamento de diversas ruas do Tauá, pediu à Rio Águas a limpeza no canal dos Bancários para melhorar a fluidez no valão e dar um escoamento mais rápido às águas nas ruas alagadas. Na quinta-feira (14) operários da prefeitura finalizaram a limpeza.

Prefeitura começa a desassorear o rio jequiá - Para melhorar o escoamento das águas nos dias de chuva, equipe da prefeitura utilizou retroescavadeira para aumentar a profundidade do Rio Jequiá no trecho atrás da Vila Olímpica.


Edição 1924
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras