Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Ação das marés e falta de conservação provocam buracos nas calçadas da orla

21/09/2018 - noticias /Edição 1903
O assoreamento da orla das Praias das Pitangueiras e Bandeira em decorrência das ondas maiores durante a maré alta, provoca a erosão das calçadas. O concreto sofre a erosão e cria perigosos buracos para os pedestres. A demora na conservação das calçadas causa preocupação entre os moradores e insulanos que costumam caminhar pelo local. Em alguns pontos, além das calçadas cederem, alguns postes estão com a estrutura interna de ferros à mostra ou inclinados, sujeitos a cair.

Segundo os técnicos da prefeitura, a situação se dá pelo desgaste do tempo e por causas naturais, devido à ação da maresia e do choque das águas contra as pedras. Isso deteriora as construções que precisam estar em constante conservação. Mas os sinais na orla das praias dessas duas praias mostram sinais que  há muito tempo o local não passa por obras de conservação.

A insulana Rosane Lima, 36, costuma correr pelas calçadas da Ponta do Tiro, ao Aterro do Cocotá, pelo menos duas vezes na semana. Ela disse que, mesmo com medo dos carros, muitas vezes corre no meio da rua para desviar dos buracos da calçada.

— Eu sempre gostei de usar essa orla para praticar exercícios, mas alguns pontos das calçadas estão cedendo muito, e se nada for feito, pode acontecer o mesmo problema que vimos na Praia da Bica, há alguns anos atrás, quando parte da orla caiu, ao lado do quiosque do Mexicano.

Além de buracos, parte das calçadas fora destruída pelos buracos das raízes das árvores que foram arrancadas na forte chuva de fevereiro. O espaço conhecido como
Ponta do Tiro também está com as muretas de proteção pichadas, quebradas ou foram roubadas, por vândalos.

Moradores também denunciam que muitos postes precisam ser trocados e já abriram pedido na Light, mas nada foi feito. A insulana Lúcia Andrade, 47, diz ter medo de que um dia aconteça o pior. “Moro em frente a um poste que está a cada dia mais torto. Mas nesse país, as pessoas esperam alguma tragédia acontecer para tomar providências.” 

A secretaria de conservação e meio ambiente informou ao Ilha Notícias, que uma equipe da secretaria irá avaliar a situação do local para começar as obras de restauração da orla. 



Veja Também

Cetrov Team vence a Liga Insulana - Os campeonatos da Liga Insulana chamam atenção pelo nível de competitividade entre os participantes e pela organização. O esporte disputado por atletas habilidosos e equipes entrosadas tornam as competições interessantes e prestigiadas por bom público. A Liga, que começou com apenas uma divisão há cinco anos, hoje já possui quatro divisões e se consolida na confiança das equipes como entidade séria e organizada.

Festa dos funcionários da Portuguesa foi animado - Os funcionários da Portuguesa ganharam uma festa de confraternização de final de ano com direito a churrasco na piscina. Os funcionários aproveitaram o dia lindo, sol forte e muita diversão. O evento contou com a presença do presidente João Rêgo, os vices presidentes Paulo Salviano (Finanças), Sérgio Barbosa (Parque Aquático) e Marcelo Barros (Geral e de Futebol), além do presidente do Conselho Deliberativo, Nelson Lucas.

Verão animado é na Portuguesa - O verão começa oficialmente em poucos dias mas a sensação é de que já estamos nele. A dica é aproveitar o amplo espaço do Parque Aquático Rosano Orsini, na Associação Atlética Portuguesa, que agora está aberto em horários especiais, de terça a domingo, das 8h às 20h.

“A Ponte” é exibido no Cinesystem - O lançamento do curta-metragem “A Ponte”, realizado no domingo (9), na sala 1 do Cinesystem Ilha Plaza, foi um sucesso. O vídeo, que tem duração de 30 minutos, foi produzido, gravado e estrelado por produtores e artistas da região. Com texto de Aloisio Villar e direção de Jhonny Lima, o filme se passa em locais da Ilha e tem como tema as alegrias da vida e mensagens contra o suicídio.

Em parceria com a ONU, Ciasc prepara grupo feminino para operações de paz - A Marinha do Brasil iniciou parceria com a ONU realizando o primeiro estágio do projeto Operações de Paz para Mulheres no Brasil. A aula inaugural aconteceu no moderno Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo, instalado no complexo da Marinha no Bananal, na segunda (3). O estágio conta com a participação de 40 mulheres.

Paraquedistas dão show na Portuguesa - Um dos momentos mais emocionantes da festa de chegada de Papai Noel à Ilha, realizado no domingo, dia 9, foi o salto a 5 mil pés de altura e o pouso suave dos quatro paraquedistas no centro do gramado do estádio de futebol da Portuguesa. O show de paraquedismo é sempre uma das atrações mais esperadas da festa e fez o público vibrar com a performance e habilidade dos esportistas.


Edição 1915
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras