Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Reclamações contra a Light aumentam

21/09/2018 - noticias /Edição 1903
Aumentaram as reclamações de moradores de diversos bairros da Ilha do Governador sobre a queda na eficiência dos serviços prestado pela Light prejudicando moradores e comerciantes. A cada semana a indignação toma conta de mais consumidores, que sofrem com falta de energia que se repete diversas vezes durante a semana, além da oscilação da energia, que pode provocar a queima de aparelhos elétricos.

Na edição da semana passada, o jornal Ilha Notícias denunciou a falta de luz quase que diária nos bairros da Ribeira, Zumbi e Pitangueiras. Nesta semana não foi diferente. No Zumbi e Ribeira, o 17° BPM e o Hospital São Bento, além de cerca de dez restaurantes, localizados nas imediações da Praça Iaiá Garcia, sofreram com os problemas de energia elétrica. No final de semana passado, parte do Jardim Guanabara, Jardim Carioca e Bancários ficaram sem luz por algumas horas, causando
transtornos aos moradores. 

Na Rua Cabo Branco, nos Bancários, próximo a Escola Dunshee de Abranches, os moradores estão revoltados. Na terça (19), funcionários da Light foram ao local para consertar um poste que estava em péssimas condições. Contudo, a ação que era para solucionar um problema, causou mais dor de cabeça. Segundo os moradores da rua, diversos fios de operadoras de internet, televisão foram arrebentados pela Light que também não resolveu o problema da energia, deixando apenas uma fase funcionando.

— A revolta é gigantesca. É impressionante como a Light não se dá ao trabalho nem de dar uma resposta para tentar contornar a situação. Meus pais são idosos, minha mãe sofre de pressão alta e toda essa situação só serve para estressar a gente — conta a dona de casa, Sueli Fontoura, de 70 anos, moradora da Rua.

De acordo com a Light, a falta de luz na sexta (14) relatada na reportagem aconteceu por conta de um temporal que atingiu o Rio de Janeiro, no final da tarde e admitiu que trechos dos bairros ficaram por 40 minutos sem energia. Já no domingo (16), a companhia explica que houve uma interrupção em um dos nossos circuitos, fato que provocou a interrupção de energia por cerca de uma hora em diversas localidades. 

Quanto ao problema nos postes da Rua Cabo Branco, a Light disse que programou a ação com as outras concessionárias para a uma operação conjunta, mas essas empresas não compareceram.




Veja Também

Serão três dias de folia para a criançada na quadra coberta da Lusa - Dia 4/3 – Segunda Banda Polvo da Ilha – Concentração às 9h – Praça Iaía Garcia – Ribeira Banda Inimigos da Bebida – Concentração às 10h – Praça Comandante Nelson Megé, próximo ao Fórum da Ilha – Cocotá Banda Seca Copo – Concentração às 13h – Rua do Monjolo – Pitangueira GRBC Acabou o Amor – Concentração às 18h – Rua Domingos Mondim – Tauá

Resgatista insulano participou das buscas na tragédia em Brumadinho - A tragédia que atingiu a cidade de Brumadinho, em Minas Gerais, revelou diversos heróis que se deslocaram de diversas partes do Brasil, e do mundo, para ajudar as vítimas da tragédia. Entre os voluntários estava o veterinário insulano, Alexandre Calmon, que é adestrador e participa de uma organização de resgate com cachorros em desastres.

Carnaval agita Cacuia, Cocotá e Zumbi - Celeiro de grandes sambistas e berço da União da Ilha, o bairro do Cacuia conseguiu a oficialização do Carnaval este ano e, ao lado do Cocotá e do Zumbi, terão o apoio e suporte da Prefeitura com estruturas de palco, iluminação, som e banheiros químicos para a alegria dos foliões insulanos.

Estrada para Tubiacanga está pronta - As obras na estrada que liga ao bairro de Tubiacanga, realizada pela RioGaleão, foram concluídas e contam com grades que cercam a pista, ciclovia, guarita com cancelas e seguranças que se revezam no local. As obras, além de melhorar o acesso à Tubiacanga, também foram uma medida para evitar o aumento da invasão ao lado do posto do Detran, no início da estrada.

Alagamentos atormentam moradores - As ruas Caricé, Capanema, Max Yantok, Eutíquio Soledade, Gipóia, Benedito Patrício e adjacentes, no Tauá, sofrem há anos com os alagamentos em épocas de chuvas mais fortes. Segundo a prefeitura, um dos maiores problemas é que o local fica próximo ao nível do mar e a movimentação das marés dificulta o escoamento das águas pelo canal da Av. Ilha das Enxadas, nos Bancários, que liga as galerias de águas pluviais ao mar. O superintendente da Ilha Daniel Balbi, informou que após a chuva de quarta (13), que culminou no alagamento de diversas ruas do Tauá, pediu à Rio Águas a limpeza no canal dos Bancários para melhorar a fluidez no valão e dar um escoamento mais rápido às águas nas ruas alagadas. Na quinta-feira (14) operários da prefeitura finalizaram a limpeza.

Prefeitura começa a desassorear o rio jequiá - Para melhorar o escoamento das águas nos dias de chuva, equipe da prefeitura utilizou retroescavadeira para aumentar a profundidade do Rio Jequiá no trecho atrás da Vila Olímpica.


Edição 1924
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras