Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Martinho é craque em frutos do mar

14/09/2018 - noticias /Edição 1902
Inaugurado em 2007, o Restaurante Petisqueira Martinho é uma empresa familiar instalada no bairro da Ribeira e especializada em frutos do mar. Se destaca na culinária insulana pela qualidade e diversidade de pratos e petiscos. 

A história do restaurante começa há 50 anos, quando o insulano Jorge Martinho criou a tradicional Peixaria Martinho no bairro da Ribeira. Gente de toda cidade encontrava ali os melhores e mais frescos frutos do mar do Rio. Jorge foi sucedido pelos filhos e os clientes sugeriram que abrissem um bar para degustação dos peixes no próprio local. E assim fizeram. 

Em 2007 abriram o bar, que logo depois, diante do sucesso do empreendimento, veio a se tornar um restaurante familiar com decoração rústica e aconchegante.

— Temos procurado nos reinventar sempre para atrairmos novos clientes. Atualmente muita gente vem da zona Sul e até de Nova Iguaçu para comer em nosso restaurante. Estamos felizes pelo sucesso da casa, apesar de estarmos em um lugar meio escondido da Ribeira — disse o insulano Márcio Martinho um dos donos da casa. 

Segundo os proprietários, um dos pratos mais pedidos é a Paella, que serve bem quatro pessoas, e vem com arroz, camarão, ostra, mexilhão, lagostin, frango, lula e linguiça portuguesa. Com um tempero especial, o prato habitualmente é acompanhado de vinho branco. Após a refeição a dica de sobremesa é o brownie com sorvete.

A Petisqueira Martinho tem história. Foi a vencedora do concurso Comida de Buteco em 2010, e ficou em 3º lugar no ano de 2011. Agora a casa não participa mais do concurso, pois o restaurante cresceu e perdeu as características de Boteco. Em comum acordo com os organizadores do evento, decidiram não participar mais da competição. Mas nas paredes da casa os donos ainda exibem, orgulhosos, os troféus que conquistaram e que fazem parte da história de sucesso do restaurante.

Como sugestão, os proprietários indicam o rodízio Degusta , de petiscos. Nesta opção o cliente come à vontade.

O Restaurante Petisqueira Martinho funciona na Rua Praia do Jequiá 33, e abre de terça a quinta de 11h à meia-noite; sábados de 11h30 à 1h; domingos de 11h30 às 18h. Informações: 3298-5518.




Veja Também

Serão três dias de folia para a criançada na quadra coberta da Lusa - Dia 4/3 – Segunda Banda Polvo da Ilha – Concentração às 9h – Praça Iaía Garcia – Ribeira Banda Inimigos da Bebida – Concentração às 10h – Praça Comandante Nelson Megé, próximo ao Fórum da Ilha – Cocotá Banda Seca Copo – Concentração às 13h – Rua do Monjolo – Pitangueira GRBC Acabou o Amor – Concentração às 18h – Rua Domingos Mondim – Tauá

Resgatista insulano participou das buscas na tragédia em Brumadinho - A tragédia que atingiu a cidade de Brumadinho, em Minas Gerais, revelou diversos heróis que se deslocaram de diversas partes do Brasil, e do mundo, para ajudar as vítimas da tragédia. Entre os voluntários estava o veterinário insulano, Alexandre Calmon, que é adestrador e participa de uma organização de resgate com cachorros em desastres.

Carnaval agita Cacuia, Cocotá e Zumbi - Celeiro de grandes sambistas e berço da União da Ilha, o bairro do Cacuia conseguiu a oficialização do Carnaval este ano e, ao lado do Cocotá e do Zumbi, terão o apoio e suporte da Prefeitura com estruturas de palco, iluminação, som e banheiros químicos para a alegria dos foliões insulanos.

Estrada para Tubiacanga está pronta - As obras na estrada que liga ao bairro de Tubiacanga, realizada pela RioGaleão, foram concluídas e contam com grades que cercam a pista, ciclovia, guarita com cancelas e seguranças que se revezam no local. As obras, além de melhorar o acesso à Tubiacanga, também foram uma medida para evitar o aumento da invasão ao lado do posto do Detran, no início da estrada.

Alagamentos atormentam moradores - As ruas Caricé, Capanema, Max Yantok, Eutíquio Soledade, Gipóia, Benedito Patrício e adjacentes, no Tauá, sofrem há anos com os alagamentos em épocas de chuvas mais fortes. Segundo a prefeitura, um dos maiores problemas é que o local fica próximo ao nível do mar e a movimentação das marés dificulta o escoamento das águas pelo canal da Av. Ilha das Enxadas, nos Bancários, que liga as galerias de águas pluviais ao mar. O superintendente da Ilha Daniel Balbi, informou que após a chuva de quarta (13), que culminou no alagamento de diversas ruas do Tauá, pediu à Rio Águas a limpeza no canal dos Bancários para melhorar a fluidez no valão e dar um escoamento mais rápido às águas nas ruas alagadas. Na quinta-feira (14) operários da prefeitura finalizaram a limpeza.

Prefeitura começa a desassorear o rio jequiá - Para melhorar o escoamento das águas nos dias de chuva, equipe da prefeitura utilizou retroescavadeira para aumentar a profundidade do Rio Jequiá no trecho atrás da Vila Olímpica.


Edição 1924
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras