Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Círio de Nazaré resgata fé católica

06/09/2018 - noticias /Edição 1901
Na tarde do domingo (2) a tradicional capela de Nossa Senhora de Nazaré, localizada no alto, ao final da Praia da Bica, recebeu o Círio de Nazaré. O ato contou com a presença do Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, que conduziu a celebração para cerca de 150 fiéis. A imagem de Nossa Senhora de Nazaré passa pela décima vez pela cidade e é a quarta vez que vem à Ilha do Governador.
 
A imagem chegou ao Rio de Janeiro na sexta-feira (31) e as comemorações se estenderam até domingo, quando ela foi levada pela comitiva até a capela localizada no alto da Praça Amazônia. Os insulanos devotos receberam a santa com afeto e adoração. “A comunidade está empolgada e feliz com a chegada da imagem, que regressa à nossa igreja depois de dois anos”, disse Sueli Ventura, paraense e moradora da Ilha. 
 
Segundo a assessoria da igreja, a cerimônia é uma manifestação religiosa tradicional que teve início em Belém, no Pará, e foi trazida para o Rio de Janeiro em forma de homenagem pelo atual bispo da cidade, devido a grande quantidade de paraenses moradores do município. A cerimônia é realizada no segundo domingo de outubro na cidade de origem e, neste ano, os insulanos também poderão participar de um mini cortejo realizado pela igreja na mesma data.  
 
O tema adotado para a festividade “Uma jovem chamada Maria” foi lembrado pelo arcebispo Dom Orani, durante a sua homilia. Ele destacou a urgência e importância do cuidado para com os jovens nos dias de hoje. Durante o evento, os fiéis receberam a imagem da santa que dá nome a igreja. 
 
A capela do Jardim Guanabara foi a penúltima do ciclo de visitas da santa e, segundo o padre Carlos Gómez, pároco da capela, foi motivo de orgulho para os insulanos católicos. “O Círio é um incentivo para crescer na fé, seguindo Nossa Senhora em um caminho de justiça, de paz e do bem. Como a Virgem Maria ensina a seus filhos.”




Veja Também

Lusa avança no Carioca Feminino - A equipe feminina da Portuguesa fez bonito na fase de grupos do Campeonato Estadual Adulto 2018 e garantiu vaga para as quartas de final da competição. A vaga foi confirmada no confronto do último sábado (3), disputada no estádio Luso-Brasileiro, contra o Brasileirinho, que terminou em empate por 1 a 1.

Futebol feminino reúne 8 equipes - Os domingos no Aterro do Cocotá são, normalmente, muito movimentados e agora contam também com a presença de grande número torcedores que assistem aos jogos do 1º Campeonato Feminino de Futebol da Ilha do Governador. Seis equipes, com atletas de comunidades participam da competição que teve início em agosto e deve se estender até o próximo dia 18. As partidas começam às 13h e terminam às 17h.

Prédio abandonado no Fundão é símbolo do desperdício público - A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), considerada uma das maiores do país, encontra-se esquecida pelo poder público. Na Cidade Universitária, algumas obras foram suspensas por conta da redução de verba do Ministério da Educação. As ruínas das construções servem de ameaça à segurança dos estudantes da universidade.

Feira Literária da Ilha começa dia 22 - A Feira Literária da Ilha do Governador (Flig) já tem a data marcada para começar este ano: será no próximo dia 22, e estará repleta de novidades, com a participação de diversos autores da Ilha, além de oficinas, contação de histórias e outras atrações. A inauguração será às 10h do dia 22.

Idosa e pescador sofrem com a Light - A dona de casa Anizete de Melo, de 85 anos, mora sozinha na Rua Ituá, no Jardim Guanabara e sofre com crises diárias de asma. Ela viveu momentos de apreensão na véspera do feriado do Dia dos Finados (2). A Light cortou a energia de sua casa alegando o não pagamento de uma conta referente ao mês de agosto.

Intercolegial foi um sucesso na Lusa - Chegou ao fim, no sábado (27), o 5º Intercolegial Ilha de Futsal, organizado pela empresa R3 Eventos, dos professores Luiz e Roger Ledo. Onza escolas da Ilha participaram do torneio nas categorias sub-9, sub-11, sub-13, sub-15 e sub-18. Os jogos aconteceram no ginásio de esportes da Associação Atlética Portuguesa.


Edição 1910
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras