Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Falta de combustíveis afeta a Ilha

01/06/2018 - noticias /Edição 1887
Mesmo após o término da greve dos caminhoneiros, a Ilha continua sofrendo com os reflexos da paralisação da categoria. Na noite de quarta feira (30), diversos postos ainda estavam sem combustível. Segundo alguns gerentes de postos a situação ainda deve levar uma semana para normalizar.

Dez dias após o início da greve, no posto Shell em frente à 37ª DP, a inusitada fila que dobrava a esquina com a Rua Astilbe e só terminava na Rua Estocolmo.

— Estou na fila há duas horas e faltando dois carros para a minha vez o combustível terminou. O jeito é ficar aqui guardando lugar, para quando chegar mais combustível eu abastecer logo — disse o insulano Marcos Alves, 45.

Os preços do combustível deram um salto, fato que irritou muitos motoristas. No posto Shell, em frente ao Restaurante Siri do Galeão, a gasolina, que antes era vendida a R$ 4,75, chegou a R$ 5,29, na terça, dia 29. 

Motoristas de aplicativos dizem que houve aumento do serviço na Ilha. “Como a maioria dos carros dos aplicativos utilizam GNV, conseguimos ter um bom faturamento durante essa greve. Embora na Ilha a maioria dos trajetos sejam curtos, muitos motoristas particulares evitaram gastar o próprio combustível”, disse o motorista Carlos.  

No desespero por combustível, alguns insulanos, que não conseguiram abastecer seus veículos, usaram álcool 92,8º INPM, vendido nas farmácias, e que se assemelha ao álcool dos postos mas é destinado na limpeza. Especialistas não recomendam o uso desse produto que pode resultar em sérios danos aos motores dos veículos.




Veja Também

Flanelinhas ilegais agem na Ilha - Diversas calçadas da Ilha estão tomadas por carros estacionados irregularmente e flanelinhas ilegais que exigem pagamento para “olhar” o veículo. A ação se estende até em locais onde é permitido o estacionamento sem pagar. O não pagamento é risco.

Esgoto da Z-10 é despejado no mangue - A Colônia Z-10, tradicional vila de pescadores da Ilha, com cerca de 8 mil habitantes, sofre há anos com problemas de saneamento básico, falta de fiscalização dos carros que estacionam de forma irregular, além da falta de manutenção da única ponte de entrada e saída da comunidade que está com as ferragens à mostra.

Sol Sabores é exemplo de criatividade - Um quiosque localizado nas imediações do condomínio Rubem Berta, chama a atenção de quem passa pela Estrada das Canárias. O espaço é próximo a comunidade do Parque Royal e tem um jardim de plantas criado pelos proprietários do quiosque “Sol Sabores.”

Animais são deixados na Ilha do Fundão - A Ilha do Fundão é uma região onde muitos animais domésticos são abandonados. Segundo a Prefeitura da Cidade Universitária, são cerca de 15 animais, entre cães e gatos, que são deixados mensalmente na região, por diversos motivos. Atualmente o Serviço de Monitoramento Ambiental e Animal (Sema), age para coibir o abandono e proteger os bichos.

Moisés supera 100 mil no YouTube - O sucesso do cabelereiro Moisés Carvalho, 42, é a prova que o profissional da área da beleza e estética precisa estar sempre se reinventando. Além de ter se destacado internacionalmente pelas competições que já participou, e ganhou, ele agora se projeta na profissão com seu canal no YouTube que já ultrapassou 100 mil inscritos e 11 milhões de visualizações.

Sorteios e brincadeiras animaram o Dia dos Pais no almoço da Lusa - O Dia dos Pais, comemorado no domingo (12), foi lembrado na Associação Atlética Portuguesa com o tradicional almoço self-service dominical, realizado no Salão Nobre. Animação não faltou para comemorar a data daqueles que são guardados com carinho no coração de cada filho.


Edição 1898
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras