Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Escoteiros estão alertas na Ilha

25/05/2018 - noticias /Edição 1886
Três grupos de escotismo da Ilha realizaram atividades de incentivo à educação em escolas da região, na manhã do sábado, dia 19. As ações que fazem parte do projeto Educação Escoteira ocorreram simultaneamente em todo o país e tem como objetivo proporcionar às crianças e jovens um primeiro contato com o método e as práticas escoteiras. Outros dois grupos realizarão a ação neste sábado (26), na Escola Municipal Rotary.
 
O tema escolhido para as atividades teve como objetivo a valorização e preservação do meio ambiente. A integração de técnicas escoteiras e a conscientização da importância da fauna brasileira e dos problemas da poluição foram feitas através de jogos. O grupo 51° GE 14 Bis, do Galeão, visitou a escola Centro Cultural Ilha do Governador, no Moneró.
 
O 63° GE Potiguara, com sede na ACM, na Ribeira, realizou as atividades no Colégio Passaredo, e o 77° GE Uirapuru, do Tauá, desenvolveu as ações no Colégio Prosper. Mais de 150 crianças estiveram envolvidas no projeto.
 
A Chefe do grupo 14 Bis, Isabella Nascimento, disse que o propósito do movimento escoteiro é contribuir para que as crianças e os jovens assumam desde cedo atitude de independência para realizar atividades de potencialidades físicas, intelectuais e convívio social, agindo como cidadãos responsáveis. 
 
— O evento trouxe um grande impacto social para as crianças. As atividades escoteiras possuem um caráter educativo para reter a atenção dos jovens, que hoje tem a atenção desviada para o mundo tecnológico. Os alunos do colégio gostaram bastante, a diretoria elogiou e os pais compraram a ideia. Foi uma manhã agradável — contou Isabella.
 
No fim das atividades, os grupos escoteiros da Ilha ofereceram um cupom de desconto para que as crianças interessadas possam fazer parte do escotismo. Para participar das atividades é preciso ter entre 5 a 21 anos. Informações 2533-9207 ou  através do e-mail coordenacaodistrital@gmail.com. 




Veja Também

Flanelinhas ilegais agem na Ilha - Diversas calçadas da Ilha estão tomadas por carros estacionados irregularmente e flanelinhas ilegais que exigem pagamento para “olhar” o veículo. A ação se estende até em locais onde é permitido o estacionamento sem pagar. O não pagamento é risco.

Esgoto da Z-10 é despejado no mangue - A Colônia Z-10, tradicional vila de pescadores da Ilha, com cerca de 8 mil habitantes, sofre há anos com problemas de saneamento básico, falta de fiscalização dos carros que estacionam de forma irregular, além da falta de manutenção da única ponte de entrada e saída da comunidade que está com as ferragens à mostra.

Sol Sabores é exemplo de criatividade - Um quiosque localizado nas imediações do condomínio Rubem Berta, chama a atenção de quem passa pela Estrada das Canárias. O espaço é próximo a comunidade do Parque Royal e tem um jardim de plantas criado pelos proprietários do quiosque “Sol Sabores.”

Animais são deixados na Ilha do Fundão - A Ilha do Fundão é uma região onde muitos animais domésticos são abandonados. Segundo a Prefeitura da Cidade Universitária, são cerca de 15 animais, entre cães e gatos, que são deixados mensalmente na região, por diversos motivos. Atualmente o Serviço de Monitoramento Ambiental e Animal (Sema), age para coibir o abandono e proteger os bichos.

Moisés supera 100 mil no YouTube - O sucesso do cabelereiro Moisés Carvalho, 42, é a prova que o profissional da área da beleza e estética precisa estar sempre se reinventando. Além de ter se destacado internacionalmente pelas competições que já participou, e ganhou, ele agora se projeta na profissão com seu canal no YouTube que já ultrapassou 100 mil inscritos e 11 milhões de visualizações.

Sorteios e brincadeiras animaram o Dia dos Pais no almoço da Lusa - O Dia dos Pais, comemorado no domingo (12), foi lembrado na Associação Atlética Portuguesa com o tradicional almoço self-service dominical, realizado no Salão Nobre. Animação não faltou para comemorar a data daqueles que são guardados com carinho no coração de cada filho.


Edição 1898
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras