Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Cacuia sofre com comércio ilegal nas calçadas e confusão no trânsito

25/05/2018 - noticias /Edição 1886
Além da complicada disputa por passageiros, entre vans e ônibus, no ponto em frente ao Supermercado Mundial, o Cacuia sofre com a desordem provocada pelo comércio ilegal.

Quem caminha na calçada em frente a diversas lojas e farmácias localizadas no lado ímpar entre as ruas Sargento João Lopes e Combu, enfrenta problemas para seguir seu caminho, pois ambulantes e camelôs colocam suas mercadorias no chão criando pontos de vendas clandestinos, atrapalhando a passagem de pedestres e provocando prejuízos às lojas. 

O bairro do Cacuia é um dos principais da região e com uma grande circulação de pessoas que movimentam o comércio, que paga altas taxas de IPTU e aluguel, entretanto, além dos problemas de invasão das calçadas pelos ambulantes o trânsito fica lento e perigoso, pois vans e ônibus param em fila dupla.

A insulana Maria Rita, 46, evita passar pelo bairro. “Vir de carro ao Cacuia é uma prova de tensão. Achar uma vaga para estacionar é um desafio, pois diversas baias ficam tomadas por carros dos camelôs que ficam com a mercadoria o dia inteiro no local, além do trânsito caótico. Quando você salta tem que andar espremido entre outras pessoas, já que as mercadorias espalhadas pelo chão, ou as barracas, ocupam a passagem. Será que eles têm alvará para estarem aqui?” questiona a insulana. 

Os comerciantes locais denunciam que há abuso dos ambulantes e uma concorrência desleal. 

— Eles não pagam impostos, não emitem nota fiscal das mercadorias, além de atrapalharem a visão das vitrines das lojas. Somos obrigados a concorrer com preços desleais, pois, vendem mercadorias semelhantes na nossa porta. Enquanto ninguém faz nada, nós tomamos prejuízos.

Nas calçadas ainda é possível encontrar alimentos sendo vendidos sem as necessárias medidas de higiene ou sem refrigeração, colocando em risco a saúde dos consumidores.

A Superintendência Regional e a XXª RA em parceria com a Guarda Municipal tem realizado diversas ações de ordenamento no trânsito e para coibir as ações dos ambulantes. Mas, segundo os comerciantes, logo após a saída dos agentes da prefeitura os ambulantes retornam ao local. Segundo o subinspetor Adilson, que comanda a Guarda Municipal na Ilha, mais ações de ordenamento serão realizadas no bairro do Cacuia.



Veja Também

Casa do Índio recebe proteção e apoio do Conselho Tutelar da Ilha - O 19º Conselho Tutelar, cuja sede foi inaugurado em abril na Ilha, funciona com uma equipe formada por cinco conselheiros, todos insulanos, eleitos pela população da Ilha do Governador. O órgão atua garantindo o direito das crianças e adolescentes na região. Recentemente se dispôs a ajudar as questões jurídicas da Casa do Índio, dirigida por Eunice Cariri.

Portuguesa exibe em super telão todos jogos do Brasil e de Portugal - A Copa do Mundo chegou e a Associação Atlética Portuguesa embarca no clima da maior competição entre seleções do planeta. A Lusa convida os associados e visitantes para assistir, em um mega telão, os jogos do Brasil e Portugal. O objetivo da diretoria é manter a tradição luso-brasileira, proporcionando momentos de lazer entre amigos e familiares.

Arraiá da Famig anima o Cocotá - Com diversas atrações para toda a família, a tradicional festa junina organizada pela Federação das Associações de Moradores (Famig), no Aterro do Cocotá, que já animou último final de semana dos insulanos, promete voltar nesta sexta (15) com mais atrações para o público que gosta de festas caipiras.

Moradores da Praia da Rosa são beneficiados por ação social grátis - A Associação de Moradores da Praia da Rosa e Sapucaia (AMA-PRS) em parceria com a ONG Correnteza do Bem, e o apoio da Clinica Clipo, o Curso Prepara, Fundação Leão XII e a Universidade Estácio de Sá realizaram no sábado, dia 9, diversas ações sociais para os moradores, em frente à sede da associação que contou com consultas médicas, orientação jurídica, cursos da Faetec, emissão de documentos e sorteio de diversos brindes.

Prefeitura faz encontro com insulanos - A Superintendência da Ilha e a XXª Região Administrativa, realizaram na quarta (13), reunião aberta à população e que compareceram cerca de 200 moradores, líderes comunitários e representantes de entidades da Ilha cobrando ações dos órgão públicos e apresentando sugestões. A ideia, segundo o superintendente Daniel Balbi é fazer reuniões periódicas e buscar soluções para as demandas dos moradores. A reunião contou com a participação de órgãos municipais e estaduais.

Moradores pedem por revitalização e iluminação do bosque Caio Granando - No dia do aniversário do atleta Caio Granado, que deu o nome ao bosque que fica entre as ruas Aureliano Pimentel, Ituá e Antônio País de Sande, no Jardim Guanabara, diversos moradores do entorno realizaram uma ação a favor do término das obras e ações de revitalização do bosque. Caio estaria completando 25 anos na data.


Edição 1889
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras