Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Fiocruz solta milhares de mosquitos com Wolbachia para combater a dengue e a zika

11/05/2018 - noticias /Edição 1884
Os bairros do Galeão, Portuguesa, Jardim Guanabara e Jardim Carioca, além da Cidade Universitária receberam, na sexta (4), a segunda rodada de liberações de milhares de mosquitos Aedes Aegypti com Wolbachia, do projeto World Mosquito Program (WMP), conduzido pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Segundo a instituição essa segunda rodada é necessária para assegurar um estabelecimento mais sustentável da nova população de mosquitos. 
 
Uma vez liberado no ambiente, gradualmente, os mosquitos com Wolbachia, promovem a criação de uma nova geração de Aedes Aegypti que contém um microorganismo intracelular que reduz a transmissão de doenças, como a dengue, chikungunya e zika. No mês de março deste ano este mesmo processo foi realizado em outros dez bairros da Ilha.
 
De acordo com a Fiocruz, o índice de estabelecimento da Wolbachia na Ilha  está dentro do esperado. A região foi a porta de entrada da expansão do projeto na cidade e no ano passado todos os bairros da região receberam os ”mosquitos do bem”.  Alguns moradores da região, inclusive, desempenham um papel fundamental no desenvolvimento das atividades do projeto, pois recebem em suas casas armadilhas para capturar os mosquitos usados no monitoramento. 
 
— A proposta do projeto e os estudos vão ajudar a diminuir os impactos trazidos pelas doenças causadas por mosquitos Aedes infectados. Eu acredito que é dever do cidadão de bem zelar pela saúde de todos e fazer a sua parte. Então aqui em casa eu não dou mole e sigo as recomendações necessárias da Fiocruz para que o combate seja eficaz – disse o morador do Tauá, Marcos Tavares. 
 
A Fiocruz alerta que o método Wolbachia de combate às doenças é complementar. As ações de evitar água parada precisam continuar a ser realizadas normalmente. Em caso de dúvidas, críticas ou sugestões para o projeto, é possível entrar em contato com a WMP pelo WhatsApp 99642-4805 ou pelo e-mail Brasil@worldmosquito.org. 




Veja Também

Flanelinhas ilegais agem na Ilha - Diversas calçadas da Ilha estão tomadas por carros estacionados irregularmente e flanelinhas ilegais que exigem pagamento para “olhar” o veículo. A ação se estende até em locais onde é permitido o estacionamento sem pagar. O não pagamento é risco.

Esgoto da Z-10 é despejado no mangue - A Colônia Z-10, tradicional vila de pescadores da Ilha, com cerca de 8 mil habitantes, sofre há anos com problemas de saneamento básico, falta de fiscalização dos carros que estacionam de forma irregular, além da falta de manutenção da única ponte de entrada e saída da comunidade que está com as ferragens à mostra.

Sol Sabores é exemplo de criatividade - Um quiosque localizado nas imediações do condomínio Rubem Berta, chama a atenção de quem passa pela Estrada das Canárias. O espaço é próximo a comunidade do Parque Royal e tem um jardim de plantas criado pelos proprietários do quiosque “Sol Sabores.”

Animais são deixados na Ilha do Fundão - A Ilha do Fundão é uma região onde muitos animais domésticos são abandonados. Segundo a Prefeitura da Cidade Universitária, são cerca de 15 animais, entre cães e gatos, que são deixados mensalmente na região, por diversos motivos. Atualmente o Serviço de Monitoramento Ambiental e Animal (Sema), age para coibir o abandono e proteger os bichos.

Moisés supera 100 mil no YouTube - O sucesso do cabelereiro Moisés Carvalho, 42, é a prova que o profissional da área da beleza e estética precisa estar sempre se reinventando. Além de ter se destacado internacionalmente pelas competições que já participou, e ganhou, ele agora se projeta na profissão com seu canal no YouTube que já ultrapassou 100 mil inscritos e 11 milhões de visualizações.

Sorteios e brincadeiras animaram o Dia dos Pais no almoço da Lusa - O Dia dos Pais, comemorado no domingo (12), foi lembrado na Associação Atlética Portuguesa com o tradicional almoço self-service dominical, realizado no Salão Nobre. Animação não faltou para comemorar a data daqueles que são guardados com carinho no coração de cada filho.


Edição 1898
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras