Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Bloco FamIlha homenageou autistas

09/02/2018 - noticias /Edição 1871
Com um enredo sobre inclusão e valorização da família o bloco FamILHA desfilou pela primeira vez no sábado (3), na orla da Praia da Bica com a participação de diversas famílias. O bloco foi fundado com objetivo de abordar temas que necessitam de apoio da sociedade e para resgatar a essência do carnaval insulano de brincadeiras e diversão.

O FamILHA levou as ruas o estilo tradicional de carnaval, animado pela banda W.P. Show, composta por 20 ritmistas que tocam tradicionais marchinhas de carnaval, além de clássicos sambas cantados pelos intérpretes Sid e Keko, e o samba enredo oficial que homenageou os autistas.

Para o fundador do bloco, o empresário Jorge Lopes, o maior sucesso do desfile foi mostrar que ainda é possível fazer um carnaval com segurança e em um clima familiar. “Agradeço a todos que se empenharam neste projeto, que há anos eu tinha vontade de realizar. Para o próximo ano nosso objetivo é aumentar o número de famílias desfilando, pois conseguimos fazer um carnaval de paz.”

À frente da banda desfilou a insulana Malu Fiel, como rainha de bateria.  Jennifer Gomez foi a musa e a vereadora Tânia Bastos recebeu deferência de madrinha da FamIlha. Durante o desfile as crianças tiveram um espaço exclusivo em um caminhão. 

A presidente do bloco, Patrícia Sampaio é mãe do jovem autista, Daniel Sampaio de 17 anos e, para ela, o desfile destacou a importância do combate ao preconceito com os autistas. “A nossa maior alegria foi ver as crianças se divertindo e o clima de confraternização entre as famílias.”

Para o próximo ano os organizadores do bloco decidiram continuar abordando temas sobre a inclusão social no desfile e escolheram para o enredo falar sobre a síndrome de Down.



Veja Também

Leandro Azevedo quer uma Comissão de Frente que emocione na avenida - O professor de dança Leandro Azevedo de 36 anos, que há nove dirige a Academia de Dança Leandro Azevedo, no Village, é a grande novidade na União da Ilha. Ele foi confirmado como o novo coreógrafo para comandar a comissão de frente da escola.

Portuguesa divulga nomes dos atletas selecionados na peneira - Garotos de diversas idades realizam o sonho de iniciar carreira no futebol

Lusa efetiva Rogério Corrêa como novo técnico da equipe profissional - A diretoria da Portuguesa decidiu efetivar o auxiliar técnico Rogério Corrêa para comando da equipe na Copa Rio. Em sua segunda passagem pela Lusa. O novo treinador vai ter a oportunidade de atuar pela primeira vez na sua carreira como técnico profissional e terá como objetivo a conquista da competição que dará direito à Portuguesa de disputar a Copa do Brasil de 2019.

Estudantes treinam judô no 17º BPM - A equipe Mamede Júnior que vem se destacando no cenário nacional do judô, realiza há cerca de cinco anos um projeto de aulas gratuitas de judô, que começou no espaço da Escola Municipal Nelson Prudêncio na Vila Olímpica e agora foi transferido para o 17°BPM, onde acontecem os treinamentos as segundas e quartas, de 17h às 18h.

Buchecha faz show beneficente para os projetos da ONG Solidariedade - Com o apoio do empresário Jorge Stefano, a ONG da Solidariedade realizou, na noite da segunda feira, dia 16, um Festival Beneficente de Pizza na casa Chave Mágica, localizada no Recreio dos Bandeirantes.

Aulas de balé infantil na Joaniza realizam sonhos na comunidade - A Igreja do Nazareno na Vila Joaniza abriu as portas para um projeto de balé infantil, cujo objetivo é levar a dança clássica como forma de cultura, lazer e educação à meninas, de 3 a 11 anos daquela comunidade. O projeto é gratuito e promove aulas todas às sextas-feiras, aA Igreja do Nazareno na Vila Joaniza abriu as portas para um projeto de balé infantil, cujo objetivo é levar a dança clássica como forma de cultura, lazer e educação à meninas, de 3 a 11 anos daquela comunidade. O projeto é gratuito e promove aulas todas às sextas-feiras, a partir das 18h e conta atualmente com a participação de 60 crianças. partir das 18h e conta atualmente com a participação de 60 crianças.


Edição 1881
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras