Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Cavalinhos Marinhos anima o Cacuia

09/02/2018 - noticias /Edição 1871
A escola de samba mirim da União da Ilha, a Cavalinhos Marinhos da Ilha, presidida por Leila Tutunji, a Tia Leiloca, desfilou com cerca de 220 componentes, pelo terceiro ano consecutivo, no sábado, dia 3, no trajeto do relógio do Cacuia até a sede da União da Ilha.

Este ano, a escola mirim levou para a rua o enredo “Brasil Teu Povo, Nosso Traço”, uma temática sobre a arte do povo brasileiro desde os primórdios até os dias atuais, desenvolvido por uma comissão formada pelos jovens carnavalescos Vitor Duarte, Allan Barbosa e Igor Soares, sob orientação de Anderson Netto e Larissa Pereira.

O carro de som foi comandando por Ana Clara Roza, Allan Barbosa, Lucas Miranda, Caio Loyola e Paulo Alexandre que cantaram forte o samba, animando o desfile. A bateria levou à frente a pequena rainha Beatriz Viegas de 11 anos, que está no posto pelo terceiro ano. 

Outro destaque do desfile foi o primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira, Kauanna Oliveira e João Vitor Silva, que evoluíram com leveza e entrosamento carregando o pavilhão da escola.

A comissão de frente coreografada pelos professores Paulo Sergio, Simone Fernandes e Christina Motta, foi um show e contou com a participação de onze crianças, que representaram a história de uma menina que ao ler um livro que disserta sobre a arte no Brasil, os personagens da história ganham vida e interagem com a pequena. 

Marcado pela animação, os Cavalinhos Marinhos garantiram aplausos de centenas de pessoas que assistiram um desfile colorido e com belas fantasias. A criançada caiu na folia como gente grande, sem deixar de lado o samba no pé durante toda a apresentação.  É a nova geração de sambistas e foliões da União da Ilha já mostrando que o futuro do samba na região está em boas mãos.

— Fizemos um ótimo desfile que animou todos que estavam assistindo, entre eles crianças, pais e o público de modo geral. Recebi inúmeros elogios — disse Tia Leiloca, feliz.. 




Veja Também

Radar vai identificar poluição na baía - Um radar marítimo de fabricação norueguesa está sendo desenvolvido e adaptado por pesquisadores da Coppe UFRJ e da UFF com a finalidade de reduzir os impactos ambientais na Baía de Guanabara. O sistema consegue detectar com precisão a localização de resíduos despejados nas águas da baía, facilitando e agilizando as ações para reduzir os impactos ambientais. A prioridade é instalar o sistema nas regiões portuárias, para também identificar possíveis vazamentos de óleo das embarcações.

Lusa é o clube que mais cresce na Ilha - A Associação Atlética Portuguesa não para de crescer na região e aos 94 anos de fundação, o clube investe para proporcionar bem estar aos seus associados e visitantes, especialmente à criançada e a turma da melhor idade. Com mensalidades acessíveis e aberto de terça a domingo, a Portuguesa oferece atividades físicas, de lazer e entretenimento para a região.

ONG Solidariedade completa 15 anos - O Grupo da Solidariedade é uma entidade sem fins lucrativos, idealizado e fundado pela professora insulana Fátima Vasconcellos, em 2003. Em setembro, o Solidariedade completou quinze anos e se destaca como uma das instituições mais atuantes e sérias da cidade, atendendo gratuitamente centenas de famílias da região.

Contenção desmorona na Praia da Rosa - A calçada da Praia da Rosa, a partir do Estaleiro Eisa no trecho que vai até a Rua Manoel Pereira da Costa, está praticamente destruída e com muita sujeira. Parte do muro de contenção caiu, devido a ação das marés, e levou junto diversos pedaços da calçada, tornando impossível transitar por conta de buracos e o estacionamento irregular de carros.

Veja a votação dos candidatos da Ilha - Durante quatro edições o Ilha Notícias publicou a foto e um resumo das propostas de 12 candidatos a Deputado Federal e de 13 candidatos a Deputado Estadual que vivem na Ilha. Apurados os votos nenhum deles conseguiu alcançar a quantidade suficiente para ser eleito. A votação ao lado do nome dos candidatos se refere à votação total obtida em todas as urnas do Estado.

Crise naval mantém Eisa fechado - Enferrujando nas águas da Baía de Guanabara, três navios são o símbolo da crise que quebrou o Estaleiro Eisa. Os navios fazem parte de encomendas ao estaleiro, que por falta de pagamento ou quebra de contrato, tiveram a construção suspensa, gerando prejuízos sem precedentes para o estaleiro. Atualmente a empresa, passa por recuperação judicial e tenta se reerguer.


Edição 1907
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras