Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Bailinho do Capitão Trombeta deu o toque infantil no carnaval da Ilha

09/02/2018 - noticias /Edição 1871
Na manhã de domingo (4), o “Bailinho do Capitão Trombeta” em seu primeiro ano de folia contagiou as crianças e pais presentes na Praça Iaiá Garcia, na Ribeira. O bloco reuniu diversas atrações como tobagã, pula-pula, personagem vivo, além de muita alegria com a bandinha. 

— Foi fantástico. Resolvi fundar esse bloco para nossas crianças terem um lugar só delas para brincar com tranquilidade e de certa forma já se adaptar essa grande festa mundial que é o carnaval. Deu tudo certo, os pais acordaram cedo, fantasiaram seus filhos e trouxeram para a folia. É o primeiro de muitos anos de “Capitão Trombeta” — garante o fundador do bloco e professor do colégio Paranapuã, Júlio Paredes.

A arquiteta e insulana Fernanda Pires, 32, levou o filho João Pedro, 4 anos, para curtir seu primeiro carnaval. “Não só eu, mas toda minha família, gostamos do carnaval. Minha mãe me levava nos meus tempos de infância nos bailinhos da Portuguesa. Estou começando essa tradição com o João e foi uma ótima experiência o bailinho da praça da Ribeira”. 

A banda do bloquinho começou a se apresentar pontualmente às 9h de domingo (4), ao som de músicas suaves infantis e marchinhas de carnaval. As crianças se divertiram com confetes e serpentinas no clima carnavalesco, acompanhados pelos pais. Maria de Lourdes, 68, aprovou a iniciativa do “Bailinho do Capitão Trombeta”. 

- Era o que faltava para a Ribeira. Foi tudo muito lindo. São Pedro lá de cima abençoou e nos presenteou com um dia limpo e sem possibilidades de chuva. Isso nos animou e eu pude trazer meu netinho Paulo. 

Segundo Júlio, a ideia é que a participação no bloco cresça e nos próximos anos  mais crianças possam comparecer para curtir o carnaval na Ribeira. 




Veja Também

Portuguesa estreia na Taça Rio nesta segunda - Após 14 dias de intensos treinamentos, a Portuguesa volta a campo para a disputa da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, nesta segunda (19), às 19h30h, no Estádio Raulino Oliveira, contra o Volta Redonda.

Animação marcou o carnaval infantil da Lusa - Novamente a Associação Atlética Portuguesa levou alegria aos seus associados e visitantes. O Clube abriu suas portas para realizar o tradicional carnaval nos dias 11, 12 e 13, com matinês que contaram com a presença de centenas de famílias insulanas, que se divertiram intensamente nos três dias de folia.

Carnaval do Cocotá foi animado - O Carnaval do Cocotá começou no sábado (10) e foi até a terça (13) e animou os dias de folia dos insulanos. Com diversas atrações e um clima familiar, a festa contou com entretenimento para pessoas de todas as idades e buscou resgatar o tradicional carnaval, com brincadeiras e marchinhas. A festa foi organizada pela Federação das Associações de Moradores da Ilha e contou com cerca de 15 barracas instaladas perto da sede da Famig, no aterro do Cocotá.

Carnaval do Cacuia voltou para ficar - O Carnaval do Cacuia voltou esse ano e fez a alegria de milhares de insulanos de sábado até a terça de carnaval. O evento foi animado e predominou as marchinhas tradicionais, apresentação de grupos fantasiados e os bate-bolas.

Vermelho e Branco arrastou 15 mil foliões com a alegria de ser criança - O Bloco Vermelho e Branco da Colônia Z-10 levou ao delírio os 15 mil foliões que no domingo (11) acordaram cedo e foram acompanhar o desfile. Este ano, o gigante da Ilha, como é também conhecido o bloco, trouxe um enredo nostálgico sobre a alegria em ser criança e distribuiu doces para a meninada.

Batuke de Batom anima a Ribeira - O Bloco Batuke de Batom levou diversão a milhares de foliões que se concentraram na Praça Iaiá Garcia, na Ribeira, no final da manhã de terça (13). Com o enredo "Batukeiros do Mal, os Vilões do Carnaval", assinado pela carnavalesca Priscilla Pereira, o bloco falou sobre o preconceito com a festa de carnaval.


Edição 1872
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras