Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Operação da PM retoma Vila Joaniza

01/12/2017 - noticias /Edição 1861
A polícia militar realiza desde sábado (25), diversas operações na comunidade da Vila Joaniza para combater o tráfico de drogas e tirar o local do controle de bandidos. Na quinta (30), o 17º BPM em conjunto com homens das Forças Armadas e unidades do 1º Comando de Policiamento de Área da Zona Norte ocuparam a região.

As ações na comunidade começaram depois que cerca de 40 traficantes expulsaram dois policiais do Posto de Policiamento Comunitário da Vila Joaniza e depredaram o prédio, após a polícia realizar ações para impedir a realização de um baile funk na comunidade.

Segundo a PM, cerca de 1,1 mil homens estão ocupando a comunidade onde foi estacionado um trailer da polícia militar que está funcionando como posto de comando e controle de ações no local. O comandante do 17º BPM, Cel. Odair Blanco, está participando permanentemente das operações na comunidade.

Até quinta (30), três bandidos tinham sido mortos, outros três foram presos e dois menores apreendidos. Foram apreendidos também um fuzil, uma escopeta, três pistolas, cerca de 100 munições de diversos calibres, além de 20 sacolés de cocaína, 94 trouxinhas de maconha, 39 pinos de cocaína, 8 frascos de cheirinho da loló e 8 pedras de crack. 

Militares do exército realizaram na quinta (30), uma varredura em becos e vielas da comunidade, além de revistarem motos e carros que transitam nas imediações. Durante a semana alguns moradores realizaram protesto na Estrada do Galeão pedindo paz na comunidade. As escolas municipais perto da Vila Joaniza, suspenderam as aulas enquanto as operações da PM não terminarem.  

O espaço aéreo na região foi fechado e só os helicópteros da polícia podem sobrevoar a Vila Joaniza. Embora perto do aeroporto, a medida não atrapalha as operações do Aeroporto do Galeão. A aeronáutica montou blitz nas ruas que dão acesso à comunidade para controlar a entrada e saída de veículos e pessoas estranhas. 

Segundo a PM, ainda não há previsão para o fim das operações e os próximos passos são mantidos em sigilo. 




Veja Também

Radar vai identificar poluição na baía - Um radar marítimo de fabricação norueguesa está sendo desenvolvido e adaptado por pesquisadores da Coppe UFRJ e da UFF com a finalidade de reduzir os impactos ambientais na Baía de Guanabara. O sistema consegue detectar com precisão a localização de resíduos despejados nas águas da baía, facilitando e agilizando as ações para reduzir os impactos ambientais. A prioridade é instalar o sistema nas regiões portuárias, para também identificar possíveis vazamentos de óleo das embarcações.

Lusa é o clube que mais cresce na Ilha - A Associação Atlética Portuguesa não para de crescer na região e aos 94 anos de fundação, o clube investe para proporcionar bem estar aos seus associados e visitantes, especialmente à criançada e a turma da melhor idade. Com mensalidades acessíveis e aberto de terça a domingo, a Portuguesa oferece atividades físicas, de lazer e entretenimento para a região.

ONG Solidariedade completa 15 anos - O Grupo da Solidariedade é uma entidade sem fins lucrativos, idealizado e fundado pela professora insulana Fátima Vasconcellos, em 2003. Em setembro, o Solidariedade completou quinze anos e se destaca como uma das instituições mais atuantes e sérias da cidade, atendendo gratuitamente centenas de famílias da região.

Contenção desmorona na Praia da Rosa - A calçada da Praia da Rosa, a partir do Estaleiro Eisa no trecho que vai até a Rua Manoel Pereira da Costa, está praticamente destruída e com muita sujeira. Parte do muro de contenção caiu, devido a ação das marés, e levou junto diversos pedaços da calçada, tornando impossível transitar por conta de buracos e o estacionamento irregular de carros.

Veja a votação dos candidatos da Ilha - Durante quatro edições o Ilha Notícias publicou a foto e um resumo das propostas de 12 candidatos a Deputado Federal e de 13 candidatos a Deputado Estadual que vivem na Ilha. Apurados os votos nenhum deles conseguiu alcançar a quantidade suficiente para ser eleito. A votação ao lado do nome dos candidatos se refere à votação total obtida em todas as urnas do Estado.

Crise naval mantém Eisa fechado - Enferrujando nas águas da Baía de Guanabara, três navios são o símbolo da crise que quebrou o Estaleiro Eisa. Os navios fazem parte de encomendas ao estaleiro, que por falta de pagamento ou quebra de contrato, tiveram a construção suspensa, gerando prejuízos sem precedentes para o estaleiro. Atualmente a empresa, passa por recuperação judicial e tenta se reerguer.


Edição 1907
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras