Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Livro conta parte da nossa história

08/09/2017 - noticias /Edição 1849
A historiadora Judite Paiva lançou no domingo (3), no Ilha Plaza Shopping, mais um livro de sua autoria que conta um pouco da história da região. Com o título de “Capítulos da História da Ilha do Governador”, o livro, homenageia os 450 anos da Ilha e os 100 anos do filósofo Serafim da Silva nascido na região e um dos fundadores da Academia Brasileira de Filologia.

Cerca de 80 exemplares foram cedidos gratuitamente para os insulanos que estiveram no Ilha Plaza prestigiando o lançamento do terceiro livro da autora. Na terça (5), dia que a Biblioteca do Cocotá completou 50 anos, houve um outro lançamento para crianças de seis escolas municipais da Ilha. Segundo Judite, mestre em História Social pela Universidade Federal Fluminense e responsável pela coluna Histórias da Ilha há 5 anos no Jornal Ilha Repórter. “Ter a oportunidade de contar um pouco da história da região, nesta data festiva de 450 anos é um sonho realizado.”

— A sensação é maravilhosa. O estudo da História da Ilha nos dá instrumentos para compreender o presente e nos impulsiona para agir. Nesse livro eu tento resumir e explicar a história de diversas personalidades e locais da nossa região — disse Judite.

O historiador Jaime Moraes foi ao lançamento do terceiro livro de Judite e considera importante que novos historiadores e escritores valorizem e busquem saber cada vez mais da rica história da Ilha para transmitir as novas gerações de insulanos.

— É muito legal e importante o trabalho da Judite, acompanho de perto. Ela buscou em seus dois livros anteriores abordar o século 19 da região, quando éramos os principais responsáveis pelo fornecimento de cal utilizado nas construções. É bacana que novos escritores estejam interessados em valorizar a história da região em sua totalidade — disse Jaime. O livro pode ser encontrado na banca do Hipermercado Extra e disponível para consulta na biblioteca do Cocotá.



Veja Também

Portuguesa estreia na Taça Rio nesta segunda - Após 14 dias de intensos treinamentos, a Portuguesa volta a campo para a disputa da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, nesta segunda (19), às 19h30h, no Estádio Raulino Oliveira, contra o Volta Redonda.

Animação marcou o carnaval infantil da Lusa - Novamente a Associação Atlética Portuguesa levou alegria aos seus associados e visitantes. O Clube abriu suas portas para realizar o tradicional carnaval nos dias 11, 12 e 13, com matinês que contaram com a presença de centenas de famílias insulanas, que se divertiram intensamente nos três dias de folia.

Carnaval do Cocotá foi animado - O Carnaval do Cocotá começou no sábado (10) e foi até a terça (13) e animou os dias de folia dos insulanos. Com diversas atrações e um clima familiar, a festa contou com entretenimento para pessoas de todas as idades e buscou resgatar o tradicional carnaval, com brincadeiras e marchinhas. A festa foi organizada pela Federação das Associações de Moradores da Ilha e contou com cerca de 15 barracas instaladas perto da sede da Famig, no aterro do Cocotá.

Carnaval do Cacuia voltou para ficar - O Carnaval do Cacuia voltou esse ano e fez a alegria de milhares de insulanos de sábado até a terça de carnaval. O evento foi animado e predominou as marchinhas tradicionais, apresentação de grupos fantasiados e os bate-bolas.

Vermelho e Branco arrastou 15 mil foliões com a alegria de ser criança - O Bloco Vermelho e Branco da Colônia Z-10 levou ao delírio os 15 mil foliões que no domingo (11) acordaram cedo e foram acompanhar o desfile. Este ano, o gigante da Ilha, como é também conhecido o bloco, trouxe um enredo nostálgico sobre a alegria em ser criança e distribuiu doces para a meninada.

Batuke de Batom anima a Ribeira - O Bloco Batuke de Batom levou diversão a milhares de foliões que se concentraram na Praça Iaiá Garcia, na Ribeira, no final da manhã de terça (13). Com o enredo "Batukeiros do Mal, os Vilões do Carnaval", assinado pela carnavalesca Priscilla Pereira, o bloco falou sobre o preconceito com a festa de carnaval.


Edição 1872
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras