Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Ciclistas fazem passeio contra dengue

16/06/2017 - noticias /Edição 1837
A Associação de Ciclistas da Ilha - ACIG, em parceria com o Projeto Eliminar a Dengue: Desafio Brasil, da Fiocruz, realizou na manhã do último domingo (11), um evento ciclístico chamado de “Pedal Junino de Combate à Dengue” que saiu do Aterro do Cocotá e percorreu aproximadamente 20 quilômetros até Tubiacanga onde os participantes promoveram ações de conscientização do combate às arboviroses. 

O evento reuniu cerca de 400 ciclistas que passaram por diversos bairros da Ilha em direção a Tubiacanga onde os ciclistas plantaram árvores no local conhecido como Jardim de Oração e distribuíram mudas aos moradores. Em frente à Associação dos Moradores de Tubiacanga, a Fiocruz montou um stand para a conscientização dos ciclistas e moradores sobre o combate ao Aedes Aegypti.

- Em Tubiacanga, há três anos, lançamos o Projeto Eliminar a Dengue, liberando mosquitos com a bactéria Wolbachia, que impede a transmissão das arboviroses. Diante dos resultados positivos que tivemos, o Ministério da Saúde autorizou a expansão do projeto por toda região da Ilha do Governador. Posteriormente o projeto será estendido a outras regiões da cidade, alcançando cerca de dois milhões e meio de habitantes – disse Guilherme Costa, coordenador de engajamento do projeto da Fiocruz.

Para Luan Ferreira, da ACIG, a ideia de juntar o evento de pedalada que acontece todo segundo domingo do mês com a proposta da Fiocruz, incentiva aos moradores da região a se engajarem na causa. “Já tivemos epidemias na região e não podemos deixar que voltem, então nos juntamos com a Fiocruz com a ideia de ajudar no combate à dengue na Ilha.”

Pesquisas, ainda não oficiais, confirmam a redução dos casos de dengue, zika e chikungunya em Tubiacanga, onde 90% dos mosquitos do bairro possuem Wolbachia. Entretanto a Fiocruz alerta que o combate dentro de casa ainda é o meio mais eficiente, não deixando água parada. A equipe do projeto pretende soltar milhares de mosquitos com a bactéria Wolbachia nos próximos meses em todos os bairros da Ilha, para tentar diminuir drasticamente os casos de dengue da região.

Para mais informações sobre o projeto acesse: Fiocruz.br/eliminaradengue.




Veja Também

Leandro Azevedo quer uma Comissão de Frente que emocione na avenida - O professor de dança Leandro Azevedo de 36 anos, que há nove dirige a Academia de Dança Leandro Azevedo, no Village, é a grande novidade na União da Ilha. Ele foi confirmado como o novo coreógrafo para comandar a comissão de frente da escola.

Portuguesa divulga nomes dos atletas selecionados na peneira - Garotos de diversas idades realizam o sonho de iniciar carreira no futebol

Lusa efetiva Rogério Corrêa como novo técnico da equipe profissional - A diretoria da Portuguesa decidiu efetivar o auxiliar técnico Rogério Corrêa para comando da equipe na Copa Rio. Em sua segunda passagem pela Lusa. O novo treinador vai ter a oportunidade de atuar pela primeira vez na sua carreira como técnico profissional e terá como objetivo a conquista da competição que dará direito à Portuguesa de disputar a Copa do Brasil de 2019.

Estudantes treinam judô no 17º BPM - A equipe Mamede Júnior que vem se destacando no cenário nacional do judô, realiza há cerca de cinco anos um projeto de aulas gratuitas de judô, que começou no espaço da Escola Municipal Nelson Prudêncio na Vila Olímpica e agora foi transferido para o 17°BPM, onde acontecem os treinamentos as segundas e quartas, de 17h às 18h.

Buchecha faz show beneficente para os projetos da ONG Solidariedade - Com o apoio do empresário Jorge Stefano, a ONG da Solidariedade realizou, na noite da segunda feira, dia 16, um Festival Beneficente de Pizza na casa Chave Mágica, localizada no Recreio dos Bandeirantes.

Aulas de balé infantil na Joaniza realizam sonhos na comunidade - A Igreja do Nazareno na Vila Joaniza abriu as portas para um projeto de balé infantil, cujo objetivo é levar a dança clássica como forma de cultura, lazer e educação à meninas, de 3 a 11 anos daquela comunidade. O projeto é gratuito e promove aulas todas às sextas-feiras, aA Igreja do Nazareno na Vila Joaniza abriu as portas para um projeto de balé infantil, cujo objetivo é levar a dança clássica como forma de cultura, lazer e educação à meninas, de 3 a 11 anos daquela comunidade. O projeto é gratuito e promove aulas todas às sextas-feiras, a partir das 18h e conta atualmente com a participação de 60 crianças. partir das 18h e conta atualmente com a participação de 60 crianças.


Edição 1881
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras