Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Alunos vão às ruas na campanha contra o mosquito Aedes aegypti

17/03/2017 - noticias /Edição 1824
Na sexta-feira (10), dezenas de alunos da rede municipal de ensino da região participaram da segunda etapa da campanha da Secretaria Municipal de Saúde: “Aqui mosquito não se cria”. A proposta da campanha é intensificar o combate à proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor dos vírus da dengue, chikungunya, zika e febre amarela. 
 
O Secretário Municipal de Saúde, Carlos Eduardo de Mattos, informou que a situação atual no Estado é de chuva e calor, ambiente propício para o desenvolvimento do mosquito. “Estamos em temporada de verão, que acelera o ritmo biológico do nascimento dos mosquitos que compreende algo em torno de 7 dias. Temos que combater os criatórios, que gostam de sombra e água fresca.”
 
Daniel Balbi, Superintendente Regional, acompanhou cerca de 60 alunos da Escola Municipal Rodrigo Otávio, em uma caminhada conscientizadora no Corredor Esportivo, no Moneró. Os estudantes abordavam pessoas nas ruas e restaurantes e informavam sobre métodos de prevenção no combate aos arbovírus. Daniel disse que o apoio dos estudantes como multiplicadores de informação é excelente.
 
— Esses adolescentes e crianças estão crescendo conscientizadas acerca do que se pode fazer para evitar o aumento de um vetor de doenças, e elas têm uma forma toda especial de passar o assunto à frente – disse o superintendente, destacando a importância das secretarias de Educação e de Saúde unidas nessa missão.  
 
A gestora da 11ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Tânia Bendas, também esteve presente na ação dos alunos da Escola Rodrigo Otávio e se mostrou orgulhosa em ver os estudantes colaborando ativamente na segunda etapa da campanha.
 
— Eles estão hoje aqui no Moneró, mas foram orientados a levar essa mensagem de prevenção aos seus pais, responsáveis, parentes e vizinhos, precisamos da ajuda de todos para o mosquito não se criar aqui, disse Bendas, lembrando que, em abril, haverá a terceira etapa da campanha — falou Tânia.




Veja Também

Portuguesa estreia na Taça Rio nesta segunda - Após 14 dias de intensos treinamentos, a Portuguesa volta a campo para a disputa da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, nesta segunda (19), às 19h30h, no Estádio Raulino Oliveira, contra o Volta Redonda.

Animação marcou o carnaval infantil da Lusa - Novamente a Associação Atlética Portuguesa levou alegria aos seus associados e visitantes. O Clube abriu suas portas para realizar o tradicional carnaval nos dias 11, 12 e 13, com matinês que contaram com a presença de centenas de famílias insulanas, que se divertiram intensamente nos três dias de folia.

Carnaval do Cocotá foi animado - O Carnaval do Cocotá começou no sábado (10) e foi até a terça (13) e animou os dias de folia dos insulanos. Com diversas atrações e um clima familiar, a festa contou com entretenimento para pessoas de todas as idades e buscou resgatar o tradicional carnaval, com brincadeiras e marchinhas. A festa foi organizada pela Federação das Associações de Moradores da Ilha e contou com cerca de 15 barracas instaladas perto da sede da Famig, no aterro do Cocotá.

Carnaval do Cacuia voltou para ficar - O Carnaval do Cacuia voltou esse ano e fez a alegria de milhares de insulanos de sábado até a terça de carnaval. O evento foi animado e predominou as marchinhas tradicionais, apresentação de grupos fantasiados e os bate-bolas.

Vermelho e Branco arrastou 15 mil foliões com a alegria de ser criança - O Bloco Vermelho e Branco da Colônia Z-10 levou ao delírio os 15 mil foliões que no domingo (11) acordaram cedo e foram acompanhar o desfile. Este ano, o gigante da Ilha, como é também conhecido o bloco, trouxe um enredo nostálgico sobre a alegria em ser criança e distribuiu doces para a meninada.

Batuke de Batom anima a Ribeira - O Bloco Batuke de Batom levou diversão a milhares de foliões que se concentraram na Praça Iaiá Garcia, na Ribeira, no final da manhã de terça (13). Com o enredo "Batukeiros do Mal, os Vilões do Carnaval", assinado pela carnavalesca Priscilla Pereira, o bloco falou sobre o preconceito com a festa de carnaval.


Edição 1872
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras