Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Tatuador é destaque internacional

10/03/2017 - Notícias /Edição 1823
O insulano Victor Andrade, 31, mora no Dendê e recentemente abriu um estúdio de tatuagem chamado, Visionários Art Tattoo, dentro do Shopping Mancini, no Cocotá. Ele diz que já ganhou muitos prêmios desde que se profissionalizou como tatuador em 2010.

— São aproximadamente 30 prêmios entre primeiro, segundo e terceiro lugares. Já estive em muitos estados brasileiros participando de fóruns sobre tatuagens e dando consultorias, sobretudo no segmento que sou especialista, que é o preto e branco e fotografias — disse o tatuador.

Este ano, Victor Andrade, 31, já participou e venceu a 5ª edição Tattoo Week Rio, a mais conceituada competição da América Latina, realizada na primeira quinzena de janeiro. O evento foi no Centro de Convenções Sul América, no Centro da cidade e reuniu cerca de 500 tatuadores em 220 stands. 

Victor disse que tudo começou quando fez aulas de desenho em um projeto social. “A professora gostou muito dos meus traços e me orientou a dar prosseguimento nos estudos de desenho. Segui os conselhos dela e graças a Deus tudo deu certo e estou prosperando na profissão”.

Outro diferencial do tatuador insulano é o fato de suas tatuagens serem únicas.

— Não copio desenhos. Eu os crio e as pessoas que fazem tatuagem comigo terão sempre desenhos exclusivos. Acho isso interessante e a maioria das pessoas gosta. Sem contar que valoriza mais o meu trabalho — explica Victor, que em reconhecimento da qualidade do seu trabalho recebe o apoio da Electric Ink, uma das mais renomadas empresas do ramo de material para tatuagens.

Para conhecer os trabalhos de Victor e consultar sobre tatuagens, os interessados podem ligar para 2509-4669 ou usar o WhatsApp: 97641-6883. O estúdio tem uma Fanpage: Visionários Art, onde o cliente pode ver alguns desenhos de Victor. 




Veja Também

Portuguesa estreia na Taça Rio nesta segunda - Após 14 dias de intensos treinamentos, a Portuguesa volta a campo para a disputa da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, nesta segunda (19), às 19h30h, no Estádio Raulino Oliveira, contra o Volta Redonda.

Animação marcou o carnaval infantil da Lusa - Novamente a Associação Atlética Portuguesa levou alegria aos seus associados e visitantes. O Clube abriu suas portas para realizar o tradicional carnaval nos dias 11, 12 e 13, com matinês que contaram com a presença de centenas de famílias insulanas, que se divertiram intensamente nos três dias de folia.

Carnaval do Cocotá foi animado - O Carnaval do Cocotá começou no sábado (10) e foi até a terça (13) e animou os dias de folia dos insulanos. Com diversas atrações e um clima familiar, a festa contou com entretenimento para pessoas de todas as idades e buscou resgatar o tradicional carnaval, com brincadeiras e marchinhas. A festa foi organizada pela Federação das Associações de Moradores da Ilha e contou com cerca de 15 barracas instaladas perto da sede da Famig, no aterro do Cocotá.

Carnaval do Cacuia voltou para ficar - O Carnaval do Cacuia voltou esse ano e fez a alegria de milhares de insulanos de sábado até a terça de carnaval. O evento foi animado e predominou as marchinhas tradicionais, apresentação de grupos fantasiados e os bate-bolas.

Vermelho e Branco arrastou 15 mil foliões com a alegria de ser criança - O Bloco Vermelho e Branco da Colônia Z-10 levou ao delírio os 15 mil foliões que no domingo (11) acordaram cedo e foram acompanhar o desfile. Este ano, o gigante da Ilha, como é também conhecido o bloco, trouxe um enredo nostálgico sobre a alegria em ser criança e distribuiu doces para a meninada.

Batuke de Batom anima a Ribeira - O Bloco Batuke de Batom levou diversão a milhares de foliões que se concentraram na Praça Iaiá Garcia, na Ribeira, no final da manhã de terça (13). Com o enredo "Batukeiros do Mal, os Vilões do Carnaval", assinado pela carnavalesca Priscilla Pereira, o bloco falou sobre o preconceito com a festa de carnaval.


Edição 1872
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras