Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Pracinha sem acesso a cadeirantes

28/08/2015 - noticias /Edição 1743
A insulana Consuelo Machado desde 2009 trabalha em uma campanha de inclusão e acessibilidade às crianças portadoras de necessidades especiais. Na pauta de suas reivindicações está à colocação de brinquedos adaptados nas praças públicas e, especialmente, um modelo de acesso que permita a entrada de cadeirantes com total facilidade nos parques públicos. É que muitas praças são cercadas e possuem portões com trancas para a segurança dos pequenos.

Consuelo é mãe de Arthur de 10 anos, menino portador de uma deficiência motora ainda não diagnosticada pela medicina. Segundo Consuelo seu filho possui uma hipotonia, uma baixa tonicidade muscular, fato que requer a utilização de uma cadeira de rodas para a melhor locomoção de Arthur.

— Moro na Ribeira e sempre trago Arthur para brincar e interagir com as crianças. Mas fiquei extremamente decepcionada quando não consegui entrar na área do parquinho com a cadeira. Foi muito frustrante. Quando fizeram o parquinho não se preocuparam com os cadeirantes e portadores de necessidades especiais — diz a advogada, que também sugere adaptações nos brinquedos para permitir o uso por crianças especiais. “O balanço poderia ter um cinto de segurança e a gangorra uma cadeirinha com cinto adaptado. Sei que isso existe, basta boa vontade política para colocar essas adaptações”, disse Consuelo.

De acordo com as normas estipuladas pela ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas, os acessos a cadeirantes devem ter entre 80 cm a um 120 cm de largura. A porta de entrada do parquinho da Praça Iaiá Garcia tem somente 67 cm largura que impede a passagem dos cadeirantes. 

A Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPD) disse que as praças da cidade são de responsabilidade da Fundação Parques e Jardins, e orienta que todo portão de entrada de praças devem ter no mínimo 80 cm de largura e sem degraus. A Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Público, órgão responsável pela instalação desses equipamentos e que fez o serviço errado da primeira vez, informou que necessita de uma ordem oficial para fazer as alterações no portão de entrada do parquinho da Praça Iaiá Garcia. Quem vai dar essa ordem? 




Veja Também

Corrida reúne quase 2 mil atletas - A 4ª etapa do Circuito Ilha Carioca de Corrida de Rua foi realizada na manhã do domingo (10) e contou com a participação de cerca de 1600 atletas profissionais e amadores. Eles percorreram 5 km entre a orla da Praia da Bica e o depósito de combustíveis da Marinha, no Jardim Guanabara.

Portuguesa promove Bailaço das Antigas neste sábado - O Bailaço das Antigas apresenta pela primeira vez na Portuguesa o encontro das equipes de som consagradas: Pipo´s e Cash Box. O evento será neste sábado (16), a partir das 21h. O evento é retrô e vai contar com os sucessos dos bailes das décadas de 80, 90 e 2000, com seus paredões imponentes de caixas de som e potências. Os DJ´s Funk Boy - Cash Box e Magal - Pipo`s prometem sacudir a Ilha do Governador. Ingressos antecipados estão sendo vendidos pelo valor de 20 reais, na secretaria do Clube. Informações: 2462-3133.

Lusa faz parceria com Policlínica Carioca para a saúde dos associados - Para proporcionar mais benefícios aos sócios, a diretoria da Associação Atlética Portuguesa fechou mais uma parceria para o próximo ano. A sede ganhará uma unidade da Policlínica Carioca, que vai oferecer atendimento com especialistas qualificados. A assistência será estendida também aos atletas do clube e à população em geral.

Vila Olímpica tem aulas de percussão - A Vila Olímpica Nilton Santos está com vagas abertas para as aulas gratuitas de percussão. A oficina é comandada pelo professor Carlos Noronha, 48, e conta atualmente com cerca de 50 alunos entre crianças e adultos.

Marcelo Menezes assume o 17ºBPM - O 17º BPM está sob novo comando. O Cel. Odair Blanco, que ocupava a função desde 4 de março de 2016, passou o posto para o Ten. Cel. Marcelo de Menezes Nogueira, durante solenidade na manhã de terça (12).

Coronel Amêndola promete ações contra desordem urbana na Ilha - Durante reunião realizada na segunda (11), no auditório da Universidade Estácio de Sá, o secretário de ordem pública (Seop), coronel Paulo César Amêndola, foi enfático ao destacar que espera a aprovação, pela Câmara Municipal, da lei que permite o uso de arma de fogo pela Guarda Municipal, para enfrentar com mais eficiência situações e irregularidades graves.


Edição 1863
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras