Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Pracinha sem acesso a cadeirantes

28/08/2015 - noticias /Edição 1743
A insulana Consuelo Machado desde 2009 trabalha em uma campanha de inclusão e acessibilidade às crianças portadoras de necessidades especiais. Na pauta de suas reivindicações está à colocação de brinquedos adaptados nas praças públicas e, especialmente, um modelo de acesso que permita a entrada de cadeirantes com total facilidade nos parques públicos. É que muitas praças são cercadas e possuem portões com trancas para a segurança dos pequenos.

Consuelo é mãe de Arthur de 10 anos, menino portador de uma deficiência motora ainda não diagnosticada pela medicina. Segundo Consuelo seu filho possui uma hipotonia, uma baixa tonicidade muscular, fato que requer a utilização de uma cadeira de rodas para a melhor locomoção de Arthur.

— Moro na Ribeira e sempre trago Arthur para brincar e interagir com as crianças. Mas fiquei extremamente decepcionada quando não consegui entrar na área do parquinho com a cadeira. Foi muito frustrante. Quando fizeram o parquinho não se preocuparam com os cadeirantes e portadores de necessidades especiais — diz a advogada, que também sugere adaptações nos brinquedos para permitir o uso por crianças especiais. “O balanço poderia ter um cinto de segurança e a gangorra uma cadeirinha com cinto adaptado. Sei que isso existe, basta boa vontade política para colocar essas adaptações”, disse Consuelo.

De acordo com as normas estipuladas pela ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas, os acessos a cadeirantes devem ter entre 80 cm a um 120 cm de largura. A porta de entrada do parquinho da Praça Iaiá Garcia tem somente 67 cm largura que impede a passagem dos cadeirantes. 

A Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPD) disse que as praças da cidade são de responsabilidade da Fundação Parques e Jardins, e orienta que todo portão de entrada de praças devem ter no mínimo 80 cm de largura e sem degraus. A Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Público, órgão responsável pela instalação desses equipamentos e que fez o serviço errado da primeira vez, informou que necessita de uma ordem oficial para fazer as alterações no portão de entrada do parquinho da Praça Iaiá Garcia. Quem vai dar essa ordem? 




Veja Também

Está de volta a colônia de férias da Lusa - Chegou as férias escolares e com elas está de volta à Colônia de Férias da Associação Atlética Portuguesa. É tempo de proporcionar alegria, interação e harmonia entre as crianças e adolescentes, de 3 a 14 anos, com atividades educativas e esportivas, no amplo espaço de lazer do clube.

Projeto de Taekwondo destaca atletas do Boogie Woogie em nível nacional - Em busca de promover inclusão social, cidadania e educação através da prática de esporte, o atleta e professor Fabio Silva coordena um projeto social de taekwondo há nove anos para pessoas que sonham se tornarem atletas profissionais do esporte. A sede do projeto está localizada no Ciep Olga Benário Prestes, no Cacuia, e as aulas acontecem as terças e quintas, a partir de 18h.

Esgoto invade casa na Pixunas - A comunidade da Pixunas, nos Bancários, sofre há anos com problemas de vazamento de esgoto, que coloca em risco a saúde dos moradores, principalmente das crianças que vivem na comunidade. Em alguns casos o esgoto transborda para dentro das casas. Os moradores dizem que já cobraram medidas das autoridades, mas ainda não obtiveram solução.

Exames clínicos agora com descontos - Investindo sempre no bem estar social das pessoas a Associação dos Mecânicos de Vôo da Varig – AMVVAR, cujo compromisso é com a qualidade de vida e a integração do ser humano, celebrou, recentemente, parceria com o Sistema Interclínicas para oferecer à população insulana orientação e encaminhamento para exames clínicos a preços populares, sem a necessidade de ser associada à entidade.

Pipa com cerol pode provocar acidentes - Soltar pipas é um dos divertimentos favoritos de crianças e jovens, principalmente nessa época das férias escolares quando as praças voltam a ter a presença da garotada aproveitando o tempo livre. A brincadeira, entretanto pode se tornar perigosa, para pedestres e principalmente motociclistas. As linhas com cerol podem provocar graves ferimentos.

Arraiá da Lusa será aberto ao público e terá parque de diversões e shows - O Arraiá da Associação Atlética Portuguesa está chegando e promete aquecer a região em seu ginásio nos finais de semana dos dias 20, 21 e 22 e na semana seguinte, 27, 28 e 29 de julho, a partir das 19h. A festa será aberta ao público geral e a entrada é franca. A diretoria da Lusa pretende proporcionar a melhor festa julina da região dos últimos tempos com diversão, gastronomia, música, cultura e entretenimento.


Edição 1894
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras