Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

A história das ruas da região na web

15/03/2013 - noticias /Edição 1615

 

Com 14 bairros, a Ilha do Governador conta com centenas de ruas, praças e logradouros. Para saciar a curiosidade de quem se pergunta qual a origem dos nomes a todos esses lugares, o insulano João Carlos Cardoso criou o fotolog Toponímia Insulana e publica na internet um histórico da origem de cada uma.
 
No ar desde julho de 2012, já foram publicados no fotolog a origem de 244 logradouros da região. As ruas dos bairros Cocotá e Tauá, por exemplo, já foram totalmente catalogadas por João que costuma publicar no conteúdo a imagem de um mapa marcando exatamente onde se localiza o logradouro. Ao lado do texto é reproduzido o retrato da pessoa que dá nome ou uma foto ilustrativa como brasões, bandeiras e objetos.
 
– Eu sempre tive essa curiosidade e sei que a maioria das pessoas não faz ideia de quem são as pessoas ou o significado do nome das ruas onde vivem. Em algumas placas, há uma explicação, mas são poucas. Uma das primeiras ruas que descobri o significado foi a Rua Chapot Prevost, na Freguesia. Tenho um amigo que mora no local e descobrimos que Chapot era um médico brasileiro e foi um dos pioneiros na cirurgia de separação de gêmeos siameses. Achei tão surpreendente, que foi a partir daí que quis mesmo botar em prática a ideia de publicar o significado dos nomes das ruas da Ilha – explica João Carlos, que trabalha como jornalista e mora na Ilha desde que nasceu há 41 anos.
 
A principal fonte de pesquisa de João é a internet, mas em alguns casos como ruas ou praças que levam nomes de artistas plásticos, ele recebe ajuda do Museu de Artes Plásticas do Rio. 
 
– Uso a internet com cautela, pesquiso em várias fontes porque até mesmo na Wikipedia, que é o principal dicionário da web, sei que há erros. Para ter certeza das informações, procuro entrar em contato com algum parente da pessoa, como o caso da Rua Kátia Romano, na Portuguesa. Procurei o seu ex-marido Marcelo Romano, coordenador de projetos sociais na região, e ele forneceu as informações. O Museu de Artes Plásticas também me atende e foi lá que consegui os dados sobre a Praça Manoel Madruga, no Tauá, e a Rua Raul Devesa, no Jardim Guanabara, por exemplo. Cheguei a entrar em contato com um bisneto do pintor Raul Devesa, para conseguir uma foto, e ele nem sabia que havia uma rua na Ilha que homenageia o bisavô – conta João, acrescentando que as publicações com nomes de ruas de pessoas que moraram na Ilha são as que dão mais visualizações ao fotolog.
 
O atual desafio do João é descobrir mais informações sobre a origem do desembargador Martinho Garcez, que dá nome a uma rua no Jardim Guanabara. “Sei que o magistrado foi presidente do Tribunal de Justiça do Rio, quando era estado da Guanabara, em l965, e consegui uma foto, ainda que em baixa resolução. Mas não sei onde ele nasceu e faleceu. Estou à procura de pessoas que tenham livros que ele publicou para tentar achar essas informações no prefácio. Pedi ajuda aos leitores e amigos do facebook”, comenta João Carlos. Para ver as ruas publicadas e saber mais sobre outras, acesse: fotolog.terra.com.br/toponimiainsulana. 







Veja Também

Marcelo e D’Alma criam Polo Cultural - Marcelo Mendes e Gilberto D’alma formam uma dupla do bem e conhecida na região pelo engajamento e defesa da cultura na Ilha. Pois cabe a eles a ideia de fundar o Polo Cultural da Ilha do Governador que iniciou suas atividades em abril. Marcelo, ex gestor da Lona Cultural Renato Russo procurou o amigo D’alma e juntos traçaram um plano de revitalização das atividades culturais na região.

Bombeiros têm novo comandante - Desde o último dia 29, o Grupamento de Bombeiros da Ilha passou a ser comandado pelo Tenente Coronel Ronaldo da Luz Pereira. O oficial substitui o Coronel Ricardo Valle que assumiu a direção do Centro de Operações do Corpo de Bombeiros no Estado do Rio de Janeiro.

Atividade física inclusiva da Afin beneficiou mais de 10 mil pessoas - O projeto Afin - Atividade Física Inclusiva – cujas atividades são realizadas nas instalações do 17º BPM, comemorou na quinta (5), 14 anos de existência, durante um evento de confraternização entre alunos e dirigentes. O Programa cujo objetivo é criar metodologia inclusiva na comunidade atende 560 alunos entre crianças, jovens, adultos e idosos, não necessariamente com problemas especiais.

Evandro Freire vira referência e recebe estudantes da UFRJ - O Hospital Municipal Evandro Freire a cada dia aprimora a qualidade do atendimento de saúde pública e o bom desempenho já chamou a atenção da Faculdade de Medicina da UFRJ. Há pouco mais de um mês, 28 estagiários da faculdade estão sendo supervisionados pelos médicos Maria Isabel, coordenadora da Unidade e Márcio Palazzo, médico de rotina do CTI. O estágio é fruto da parceria, entre o Centro de Estudos e Pesquisas Dr. João Amorim (Cejam), a Faculdade de Medicina da UFRJ e Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro.

Barcelona “A” vence a Copa Dendê - Após sete rodadas chegou ao fim, no sábado (7), a terceira edição da Copa Dendê disputada no campo soçaite e que contou com a participação de 24 equipes. O campeonato reuniu diversos times de comunidades da Ilha e uma equipe de Madureira. A organização foi da Associação de Moradores do Dendê, cujo presidente é Nilton Alves.

Ilha tem novo Administrador Regional - Tomou posse como Administrador Regional da Ilha, em abril, Ezequiel Oliveira, 56, que é advogado pós-graduado em meio ambiente. O novo administrador tem como principais metas para a sua gestão, a implantação do Conselho Tutelar na Ilha, que já teve o pedido deferido pela Secretaria de Direitos Humanos e só está dependendo de um local para sede.


Edição 1782
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras