Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
orkut
blogger

Bombeiros realizam colônia de férias

11/01/2013 - noticias /Edição 1606

 

Durante quatro semanas, 180 crianças e adolescentes da região vão poder se divertir e receber noções de preservação do meio ambiente e primeiros socorros na colônia de férias coordenada pelo Corpo de Bombeiros (19º GBM). O projeto Botinho, que é realizado desde 1963 na orla do Rio, acontece pela primeira vez na Ilha com atividades gratuitas na Praia da Bica e no Iate Clube Jardim Guanabara. 
 
A colônia teve início nesta semana e os participantes são divididos em três turmas: Golfinho, de 7 a 11 anos; Moby Dick, de 11 a 14 anos; e Tubarão, de 15 a 18 anos. O Major Montela é o coordenador responsável pelo projeto que conta com 20 monitores entre bombeiros e voluntários na equipe. As segundas, quartas e sextas, as turmas realizam atividades na Praia da Bica e as terças e quintas na piscina do Iate, sempre das 8h às 11h.
 
– Eles aprendem sobre a preservação do meio ambiente, os cuidados com riscos de afogamento, primeiros socorros, além da prática de atividades físicas recreativas na areia – explica o Major, que veio do batalhão de Copacabana.  
 
Os uniformes, as barracas e o material esportivo foram cedidos pela Cedae, que apoia o projeto Botinho. A companhia também forneceu às crianças cartilhas sobre o uso racional da água. O presidente da Cedae, Wagner Victer, esteve na Praia da Bica durante a aula na última quarta (9) e destacou a importância da Colônia de Férias. “É uma excelente ação de incentivo à preservação do meio ambiente e à prática esportiva. Estou muito feliz de ver o projeto na Ilha”, disse Victer, que é insulano.
 
Moradora do Jardim Carioca, Maria do Amparo Gomes acompanhou o filho João Victor, de 9 anos, no primeiro dia de atividades na Praia da Bica. 
– É a primeira vez que ele participa de uma colônia de férias. Estou aproveitando alguns minutos antes de ir para o trabalho, para vê-lo na areia. Achei o projeto muito interessante porque além de se divertirem, eles vão aprender a respeitar o meio ambiente – disse.
 
Assim que chegam, os alunos participam de um animado aquecimento com alongamento e corrida com canto, assim como os bombeiros fazem. “As noções de militarismo são para trabalhar a disciplina, sempre de forma divertida. Eles vão aprender a se comportar na água e também ter aulas sobre reciclagem do lixo. É uma satisfação fazer parte deste projeto”, comenta o Sargento Gilseney, que comanda a turma Golfinho junto com o Sargento Dantas.




Veja Também

Aeromodelistas dão show no Fundão - A Ilha do Fundão aos fins de semana é ponto de encontro dos apaixonados por aeromodelos e conta com dois terrenos reservados para aficionados praticarem aeromodelismo com segurança e confraternizar.

Escola Pública forma novos talentos - O Projeto Ocupa Escola que estimula a participação em atividades culturais entre os alunos é uma iniciativa da Associação Casa das Artes de Educação e Cultura em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. A iniciativa pretende criar intercâmbio com outras atividades e ações culturais que acontecem nas escolas públicas como os projetos “Mais Educação”, “Segundo Turno Cultural”, “Festival de Canções das Escolas Municipais”, “Mostra de Dança” e “Escola Aberta.”

Paulo Guimarães recebe homenagem na Câmara dos Vereadores do Rio - O industriário do setor de petróleo (Petrobras), técnico de petróleo, gerente de contrato e auditor, Paulo Cesar Paes Guimarães, 65, morador da Ilha há mais de 60 anos e grande entusiasta do desenvolvimento da região, recebeu da Academia Brasileira de Honrarias ao Mérito uma das mais altas condecorações da sociedade brasileira: a Cruz do Mérito do Empreendedor Juscelino Kubitscheck, no Grau Cavalheiresco de Comendador.

Feirinha pode ser Patrimônio Cultural - Há mais de 20 anos fazendo parte da programação de domingo de muitos insulanos, a Feirinha do Cocotá, está prestes a ser declarada Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial da Cidade do Rio de Janeiro. A feira reúne mais de 300 expositores que atuam em vários segmentos como gastronomia, vestuário, cosméticos, artesanato, lazer, entretenimento e cultura.

Faltam professores na Tia Lavor - Alunos do Colégio Estadual Professora Maria de Lurdes de Oliveira Tia Lavôr, no Jardim Carioca, estão desde o início do ano com falta de professores. O caso é mais grave para as turmas do primeiro ano do ensino médio.

Paulo Amargoso completa 92 anos - Paulo Amargoso é o único fundador vivo da União da Ilha. Há 62 anos ele e mais três amigos: Maurício Gazelle, Joaquim Lara de Oliveira (Quincas) e Orphilo Bastos fundaram a escola que atualmente desfila no Grupo Especial e é uma das grandes do carnaval carioca.


Edição 1735
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

As vans foram proibidas de fazer o trajeto Ilha x Centro. O que você acha dessa medida?

Concordo. O trânsito precisa ser organizado.
Discordo. O serviço que as vans prestam é essencial.
Já tinham que ter feito isso há muito tempo.
É um absurdo. Os ônibus não dão conta da demanda.


Visualizar Resultados


 

Copyright© 2010 Ilha Notícias. Todos os Direito Reservados.
Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.