Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Paulinho Poeta disputa samba enredo na União

14/09/2012 - noticias /Edição 1589

 

Com dez livros de poesias publicados e letras de samba gravadas no Brasil e no exterior, o insulano Paulo George teve um motivo especial para voltar a compor músicas. O tema do enredo da União da Ilha para o carnaval de 2013 sobre a vida e a obra de Vinícius de Moraes foi uma inspiração para misturar poesia e samba e entrar na disputa no concurso de sambas-enredo da agremiação. O samba escrito em parceria com Paulo Feital, J. Maranhão, Bujão, Niva e Carapiá está entre os oitos finalistas que se apresentam neste sábado (15), na quadra da escola. Para o escritor, conhecido como Paulinho Poeta, só de ter tido a oportunidade de compor sobre a vida do poeta que tanto admirou já é razão para se sentir vitorioso. 

Foram dois meses de reuniões com os parceiros e frequentando os encontros com o carnavalesco Alex de Souza para compor a obra. Paulo conta que além da sinopse do samba, buscou informações em livros de Vinícius que tinha e reestudou as obras e a carreira do homenageado.
– O carnavalesco e o presidente da escola queriam que a obra mostrasse o Vinicius boêmio, poeta, homem e músico, que viveu anos na Ilha e era um apaixonado pelo Rio. A disputa está muito equilibrada com sambas ótimos e feita de maneira muito leal com oportunidades para todos. Acho que o tema é a cara da União da Ilha e o vencedor vai representar muito bem a escola – explica.

 Com 40 anos de carreira, Paulo começou a se aventurar no ramo da música nos anos 90 quando compôs canções como “Navio Desengano”, “Desafio” e “Por do Sol”. A música mais famosa foi gravada por Dona Ivone Lara “O samba não pode parar” composta em parceria com Fabrício do Império. “Até hoje é um hit nas rodas de samba. Antes da festa terminar esta música é sempre cantada”, diz. 

Como poeta, Paulo já conquistou diversos prêmios como o primeiro lugar no concurso “Uma das sete maravilhas do mundo” com o pôster poema “O Redentor” que falava sobre a beleza e a história do Cristo Redentor. Também foi vencedor do concurso do Ministério da Poesia de Portugal, com o livro sobre questões ambientais “O Parto das Mágoas” e foi indicado pelo poeta Ledo Ivo, membro da Academia Brasileira de Letras para participar do maior prêmio literário da América latina, o concurso Casa de Las Américas, em 2010.



Veja Também

Lusa é destaque nacional no futmesa - A Associação Atlética Portuguesa é referência nacional quando se trata de Futebol de Mesa. Fundado em 1990, o departamento completa 26 anos em dezembro. São dezenas de títulos regionais e nacionais que consagram a Lusa no esporte.

Serviço lançado pela Ideal garante viagens mais tranquilas e seguras - A empresa Ideal lançou uma plataforma que permite ao usuário programar sua viagem com praticidade, segurança, agilidade e exclusividade, além de três opções de pagamento: cartão de crédito, dinheiro ou bilhete único.

Trailers de São Bento estão sob risco - Os trailers da Praia de São Bento estão com os dias contados, segundo informações da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop). O órgão justifica a ação porque as construções estão instaladas em área pública e sem autorização.

Ilha Plaza adere à moda Pet Friendly - Um novo serviço está funcionando há cerca de uma semana no Ilha Plaza Shopping e está fazendo a alegria de insulanos amantes de pets. Trata-se do Pet Friendly, serviço que permite aos clientes levar seus bichos de estimação para passear nas dependências do shopping e, até mesmo, tirar fotos com o Papai Noel.

Evento aponta barcas como solução - Uma palestra mediada pelo Gerente de Competitividade Industrial e Investimentos da Firjan, Riley Rodrigues, abordou questões como a implantação de novas linhas hidroviárias ligando a Ilha do Governador à Ilha do Fundão, Aeroporto Santos Dumont e os municípios de Magé e São Gonçalo.

Flanelinhas ilegais agem na Ilha - Há anos a Ilha sofre com um problema crônico: os “flanelinhas”. Entra comando, sai comando e eles continuam a dominar os espaços da região, sobretudo em locais de comércio e polos gastronômicos.


Edição 1809
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras


 

Copyright© 2010 Ilha Notícias. Todos os Direito Reservados.
Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.