Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
orkut
blogger

Tauá ganha Paróquia de Santo Antônio

06/09/2012 - noticias /Edição 1588

 

Há 74 anos na região, a capela de Santo Antônio no Tauá foi promovida a condição de Paróquia da Arquidiocese do Rio. A cerimônia solene de instalação da paróquia foi realizada pelo padre Álvaro Inácio na última sexta-feira (31), que tomou posse como o primeiro pároco. A missa foi celebrada pelo arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta e teve a presença da comunidade que conta com mais de mil fiéis.

A nova paróquia é a sétima da região e fica na Rua Capanema, 34, quase esquina com a Avenida Paranapuã, no Tauá.  Segundo a Arquidiocese do Rio, a comunidade de Santo Antônio cresceu e para dar melhor atendimento espiritual e realizar um trabalho de evangelização mais adequado, houve a decisão de transformar a capela em paróquia. A notícia foi comemorada pelos membros que antes funcionava como capela da igreja e Nossa Senhora D’Ajuda, na Freguesia.

– Nós só temos a agradecer esse reconhecimento de se tornar uma paróquia matriz com uma festa tão bonita. É um momento de renovação da nossa fé – disse Maria Gonçalves, moradora do Tauá.

A expectativa do padre Álvaro Inácio, que assume a sua primeira paróquia, é de que a quantidade missas realizadas aumente e que mais pessoas se aproximem da igreja. Atualmente são cinco missas por semana. “Estou preparado para esta nova caminhada e muito feliz em realizar o trabalho com esta comunidade que cresce a cada dia. Santo Antônio certamente vai me guiar neste trabalho”, diz.

A história da paróquia começou em 1938, quando um grupo de moradores começou a se reunir em uma casa simples com bancos de madeira e um altar com a imagem de Santo Antônio. No ano seguinte, a Igreja Nossa Senhora D’Ajuda doou um terreno, onde teve início a construção da capela que contou com a ajuda de comerciantes locais e moradores para dar sequencia ao projeto da obra.

As festas da capela de Santo Antônio se tornaram tradição na região. As procissões são sempre cheias e as barraquinhas ocupam quase toda a Rua Capanema. Com o passar dos anos, a capela foi ampliada e cresceu juntamente com a população do Tauá. No final do ano de 1999, devido à fragilidade da antiga estrutura, o antigo prédio precisou ser demolido. A comunidade se uniu e, durante dois anos, contribuiu para finalizar a obra comandada por Alfredo Machado, que foi uma espécie de engenheiro e mestre de obras.  Em 13 de junho de 2001, o novo templo foi reinaugurado durante uma grande festa no dia do padroeiro.

Membro da comunidade desde 1994, o professor e historiador Juberto Santos conta que ficou muito feliz e emocionado com a celebração que transformou a capela em paróquia.

– Nosso antigo padre Celso Sehn sempre dizia que a capela ainda se tornaria a Catedral de Santo Antônio! Bem, já somos paróquia quem sabe isso não ocorrerá um dia? – sonha Juberto.

Neste sábado (8), o padre Álvaro Inácio realiza missa às 17h e no domingo (9), às 8h e às 18h. Informações: 3396-1058.



Veja Também

Coreto ganha obras de revitalização - O jornal Ilha Notícias publicou na edição do dia 19 de dezembro do ano passado, denúncia contra as péssimas condições do coreto da Praça Manguetá, no Cacuia. A matéria aconteceu diante das reclamações que a moradora Adelaide Pontual fez ao jornal. Na ocasião, o coreto que já tem 79 anos e é uma referência no bairro, tinha problemas na sustentação da cobertura, as proteções laterais soltas e parte do teto sem telhado.

Canteiro pode virar ciclovia - Em 2012 ciclo-ativistas festejaram a aprovação de um projeto para implantar na Ilha um anel cicloviário com 18,2 km de rotas cicláveis. A expectativa era implantar uma estrutura segura e de qualidade para os ciclistas insulanos. Todavia, no desenrolar da execução do projeto, várias alterações impostas por órgãos de engenharia de tráfego limitaram a ideia a discutíveis faixas compartilhadas, modificações que provocam duras críticas da população insulana contra a subprefeitura diante do perigo que oferecem aos ciclistas e motoristas.

Basquete do Jequiá volta a brilhar - O Jequiá Iate Clube está retornando as suas raízes de formar times de basquete competitivos para alegria dos que ajudaram a fazer a história de mais de 40 anos de tradição do clube no basquete. Atletas que tiveram passagens honrosas e dignificaram o nome do Jequiá, como Fabiano Ferreira, Tiago Fernandez, Márcio Paulo e Pedro Rubem, iniciaram um projeto de recuperação do basquete do clube e já estão conseguindo resultados significativos.

Perigo na escadaria entre duas ruas - A escadaria que liga a Rua Gregório de Castro Moraes à Rua Cambaúba, no Jardim Guanabara está gera medo e constrangimento aos moradores das imediações e pessoas que utilizam a servidão. O local está com aspecto de abandonado, durante a noite a escuridão é absoluta, transeuntes que precisam passar pelo local contam que é muito arriscado utilizar o escadão.

Homem é morto após tentar assalto - Na tarde de quarta (25), uma tentativa de assalto dentro da casa de câmbio Bank Tour, na Portuguesa terminou com a morte de Cleyson Chaves Lima, 23. De acordo com policiais militares que fizeram a ocorrência, Cleysson, era morador da Nova Holanda, favela dos conjuntos da Maré e pertencia a uma quadrilha especializada em saidinhas de banco.

PM muda estratégia de segurança - Com o crescimento abrupto de ações criminosas nos meses de fevereiro e março, o comandante do 17º BPM, Tenente Coronel Wagner Nunes, iniciou uma nova estratégia de segurança para a Ilha. De acordo com o comandante uma nova modalidade delituosa começou a acontecer na região, que são os roubos de veículos com o sequestro momentâneo do proprietário.


Edição 1721
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Poll ID 0 does not exist.


 

Copyright© 2010 Ilha Notícias. Todos os Direito Reservados.
Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.