Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
orkut
blogger

Tauá ganha Paróquia de Santo Antônio

06/09/2012 - noticias /Edição 1588

 

Há 74 anos na região, a capela de Santo Antônio no Tauá foi promovida a condição de Paróquia da Arquidiocese do Rio. A cerimônia solene de instalação da paróquia foi realizada pelo padre Álvaro Inácio na última sexta-feira (31), que tomou posse como o primeiro pároco. A missa foi celebrada pelo arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta e teve a presença da comunidade que conta com mais de mil fiéis.

A nova paróquia é a sétima da região e fica na Rua Capanema, 34, quase esquina com a Avenida Paranapuã, no Tauá.  Segundo a Arquidiocese do Rio, a comunidade de Santo Antônio cresceu e para dar melhor atendimento espiritual e realizar um trabalho de evangelização mais adequado, houve a decisão de transformar a capela em paróquia. A notícia foi comemorada pelos membros que antes funcionava como capela da igreja e Nossa Senhora D’Ajuda, na Freguesia.

– Nós só temos a agradecer esse reconhecimento de se tornar uma paróquia matriz com uma festa tão bonita. É um momento de renovação da nossa fé – disse Maria Gonçalves, moradora do Tauá.

A expectativa do padre Álvaro Inácio, que assume a sua primeira paróquia, é de que a quantidade missas realizadas aumente e que mais pessoas se aproximem da igreja. Atualmente são cinco missas por semana. “Estou preparado para esta nova caminhada e muito feliz em realizar o trabalho com esta comunidade que cresce a cada dia. Santo Antônio certamente vai me guiar neste trabalho”, diz.

A história da paróquia começou em 1938, quando um grupo de moradores começou a se reunir em uma casa simples com bancos de madeira e um altar com a imagem de Santo Antônio. No ano seguinte, a Igreja Nossa Senhora D’Ajuda doou um terreno, onde teve início a construção da capela que contou com a ajuda de comerciantes locais e moradores para dar sequencia ao projeto da obra.

As festas da capela de Santo Antônio se tornaram tradição na região. As procissões são sempre cheias e as barraquinhas ocupam quase toda a Rua Capanema. Com o passar dos anos, a capela foi ampliada e cresceu juntamente com a população do Tauá. No final do ano de 1999, devido à fragilidade da antiga estrutura, o antigo prédio precisou ser demolido. A comunidade se uniu e, durante dois anos, contribuiu para finalizar a obra comandada por Alfredo Machado, que foi uma espécie de engenheiro e mestre de obras.  Em 13 de junho de 2001, o novo templo foi reinaugurado durante uma grande festa no dia do padroeiro.

Membro da comunidade desde 1994, o professor e historiador Juberto Santos conta que ficou muito feliz e emocionado com a celebração que transformou a capela em paróquia.

– Nosso antigo padre Celso Sehn sempre dizia que a capela ainda se tornaria a Catedral de Santo Antônio! Bem, já somos paróquia quem sabe isso não ocorrerá um dia? – sonha Juberto.

Neste sábado (8), o padre Álvaro Inácio realiza missa às 17h e no domingo (9), às 8h e às 18h. Informações: 3396-1058.



Veja Também

Aeromodelistas dão show no Fundão - A Ilha do Fundão aos fins de semana é ponto de encontro dos apaixonados por aeromodelos e conta com dois terrenos reservados para aficionados praticarem aeromodelismo com segurança e confraternizar.

Escola Pública forma novos talentos - O Projeto Ocupa Escola que estimula a participação em atividades culturais entre os alunos é uma iniciativa da Associação Casa das Artes de Educação e Cultura em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. A iniciativa pretende criar intercâmbio com outras atividades e ações culturais que acontecem nas escolas públicas como os projetos “Mais Educação”, “Segundo Turno Cultural”, “Festival de Canções das Escolas Municipais”, “Mostra de Dança” e “Escola Aberta.”

Paulo Guimarães recebe homenagem na Câmara dos Vereadores do Rio - O industriário do setor de petróleo (Petrobras), técnico de petróleo, gerente de contrato e auditor, Paulo Cesar Paes Guimarães, 65, morador da Ilha há mais de 60 anos e grande entusiasta do desenvolvimento da região, recebeu da Academia Brasileira de Honrarias ao Mérito uma das mais altas condecorações da sociedade brasileira: a Cruz do Mérito do Empreendedor Juscelino Kubitscheck, no Grau Cavalheiresco de Comendador.

Feirinha pode ser Patrimônio Cultural - Há mais de 20 anos fazendo parte da programação de domingo de muitos insulanos, a Feirinha do Cocotá, está prestes a ser declarada Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial da Cidade do Rio de Janeiro. A feira reúne mais de 300 expositores que atuam em vários segmentos como gastronomia, vestuário, cosméticos, artesanato, lazer, entretenimento e cultura.

Faltam professores na Tia Lavor - Alunos do Colégio Estadual Professora Maria de Lurdes de Oliveira Tia Lavôr, no Jardim Carioca, estão desde o início do ano com falta de professores. O caso é mais grave para as turmas do primeiro ano do ensino médio.

Paulo Amargoso completa 92 anos - Paulo Amargoso é o único fundador vivo da União da Ilha. Há 62 anos ele e mais três amigos: Maurício Gazelle, Joaquim Lara de Oliveira (Quincas) e Orphilo Bastos fundaram a escola que atualmente desfila no Grupo Especial e é uma das grandes do carnaval carioca.


Edição 1735
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

As vans foram proibidas de fazer o trajeto Ilha x Centro. O que você acha dessa medida?

Concordo. O trânsito precisa ser organizado.
Discordo. O serviço que as vans prestam é essencial.
Já tinham que ter feito isso há muito tempo.
É um absurdo. Os ônibus não dão conta da demanda.


Visualizar Resultados


 

Copyright© 2010 Ilha Notícias. Todos os Direito Reservados.
Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.