Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Fantasias para o Carnaval de 2018 deixam água na boca da comunidade

27/10/2017 - informativo-uniao-da-ilha /Edição 1865
A União da Ilha realizou na quadra, sob o comando do carnavalesco Milton Cunha, no sábado (21), a apresentação das fantasias para o Carnaval de 2018. A comunidade e convidados tiveram um gostinho do que a Ilha vai apresentar no desfile que promete ser um prato cheio. 

Com o enredo, “Brasil Bom de Boca”, que apresenta a diversidade da culinária brasileira, desenvolvido pelo carnavalesco Severo Luzardo, diversos chefs renomados levados pela chef Flavia Quaresma, subiram ao palco da escola sob os aplausos do público. 

Flavia vai trabalhar em conjunto com o carnavalesco Severo e anunciou que vai convidar para o desfile da União chefs importantes como Ana Luiza Trajano, Ajejandra Maidana, Ro Gouvêa e Roberta Sudbrack.

As características mais marcantes das fantasias apresentadas são a leveza e riqueza dos detalhes, sem perder o glamour que a escola costuma apresentar em seus carnavais. 

No final da noite, o interprete Ito Melodia assumiu o comando da festa junto com a bateria do Mestre Ciça cantando o samba que a escola vai apresentar na avenida durante o Carnaval de 2018. A noite terminou de modo emocionante com os segmentos da escola desfilando junto das fantasias  ao lado da passarela montada no meio da quadra. 



Veja Também

Gravação do samba 2019 é sábado - Neste sábado, dia 20, a União da Ilha tem um encontro marcado na Cidade do Samba para a gravação da bateria e do coro do samba-enredo para o CD das escolas de sambas do Grupo Especial de 2019. Os segmentos da agremiação já estão com o samba na ponta da língua por conta dos ensaios que estão acontecendo às quartas-feiras na quadra.

"Vixi Maria" é o novo grito da União - Em uma noite histórica da agremiação, a União da Ilha escolheu o hino de 2019. A parceria vencedora foi de Myngal, Marcelão da Ilha, Roger Linhares, Marinho, Capitão Barreto, Eli Doutor, Fernando Nicola, e Marco Moreno. Com o enredo “A peleja poética entre Rachel e Alencar no avarandado do céu”, desenvolvido pelo carnavalesco Severo Luzardo, a escola será a quarta a desfilar na segunda-feira de carnaval. Parte da parceria também foi campeã do concurso do carnaval de 2017.

Samba será conhecido sábado - Chegou a hora da União da Ilha escolher qual será o hino para o carnaval de 2019. Neste sábado, dia 6, a partir das 18h, as parcerias de Myngal, André de Souza e Marquinhus do Banjo, se apresentam para disputar o prêmio e o direito de ser o samba da escola na Marquês de Sapucaí. A previsão é de o anúncio do samba campeão aconteça até às 2h da madrugada.

Semifinal dos sambas é neste sábado - Neste sábado (29), a União da Ilha abre as portas a partir das 18h, para mais uma noite de disputas dos sambas-enredo para o carnaval de 2019. Desta vez, as parcerias de André de Souza, Myngal, Wagner Mariano, Marquinhus do Banjo e Paulinho Poeta sobem ao palco em busca de conquistar uma vaga na grande final que acontece no sábado (6).

Seis sambas disputam neste sábado - Neste sábado (22), a partir das 18h, haverá nova apresentação dos segmentos e depois, por volta das 21h, seis parcerias (André de Souza, Myngal, Wagner Mariano, Marquinhus do Banjo, Fuzileiro e Paulinho Poeta), sobem ao palco para concorrer as vagas da seminal que acontece no dia 29. A final está marcada para 6 de outubro, véspera de eleição. O presidente de honra da escola Ney Filardi, que ficou na presidência da agremiação durante 10 anos, esteve presente no concurso do último sábado (15), e foi recebido com carinho pelos integrantes e público.

Disputa do samba continua sábado - Com a quadra cheia, a União da Ilha realizou mais uma noite do concurso de sambas-enredos para 2019, no sábado (8). A festa que teve início com a apresentação do grupo Samba do Amigo Meu, foi um sucesso. Nesta segunda noite, os 14 sambas inscritos se apresentaram e ao final houve a eliminatória de seis sambas. A rainha de bateria da Estação Primeira de Mangueira, Evelyn Bastos, também esteve presente e caiu no samba junto da baterilha.


Edição 1907
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras