Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Festa de São Jorge lota a União

28/04/2017 - informativo-uniao-da-ilha /Edição 1830
Cerca de duas mil pessoas estiveram presentes no domingo (23), na quadra da União da Ilha para celebrar o Dia de São Jorge. Ás 11h foi realizada a missa com os párocos Vergílio Moro e Gilvan André, com o auxílio do diácono Moisés de Moura.
 
Após o ato religioso os devotos seguiram em procissão até a capela de São Jorge onde houve uma bênção especial com queima de fogos.
 
O presidente da União, Ney Filardi, disse que ter no interior de sua agremiação uma capela ao padroeiro da escola é uma bênção.
 
- Ele nos protege, nos defende dos reveses que encontramos em nossos caminhos e assim como nós, é um guerreiro – disse o presidente que em breve vai oficializar o nome da nova rainha de bateria da escola. “Já temos rainha e vou divulgar o nome à imprensa e aos segmentos da União da Ilha assim que confirmarmos uma data para a apresentação dela. O que posso dizer é que é uma personalidade do samba, carismática e muito bela”.
 
Após a missa foi servida a tradicional feijoada feita pelas baianas da escola. Os shows de música ficaram por conta da Velha Guarda Musical, Dudu Nobre acompanhado do Grupo Samba do Amigo Meu, Grupo Pique Novo e o cantor Belo. A festa terminou com os sambas inesquecíveis da tricolor insulana cantados por Ito Melodia, com o acompanhamento da bateria Estandarte de Ouro de Mestre Ciça.




Veja Também

Bom desfile da União empolga a Sapucaí - Terceira escola a desfilar na segunda (12), a União da Ilha entrou na avenida um pouco depois de meia-noite e fez o desfile em 73 minutos, sem problemas técnicos. A agremiação pisou forte na avenida e contagiou as arquibancadas ao valorizar a gastronomia brasileira, mostrando as cores, sentidos e os aromas do enredo “Brasil Bom de Boca”, desenvolvido pelo carnavalesco Severo Luzardo. A Ilha levou à Sapucaí 3,2 mil integrantes divididos em 29 alas e apresentou 5 alegorias.

União da Ilha vai ser gostosa de ver - Com o enredo “Brasil Bom de Boca” desenvolvido pelo carnavalesco Severo Luzardo, a União da Ilha promete surpreender no desfile que acontece na segunda-feira (12), na Marquês de Sapucaí. Sendo a terceira escola da noite a entrar na avenida, a tricolor insulana aposta no bom resultado que poderá fazer e participar do sábado das campeãs.

União contagia a multidão no Cacuia -

Phelipe e Dandara querem a nota 10 - Na reta final antes do desfile no Sambódromo o mestre-sala Phelipe Lemos, 28, e a porta-bandeira Dandara Ventapane, 26, ensaiam seis vezes na semana para conquistar novamente a pontuação máxima no quesito. Com o enredo gastronômico “Brasil Bom de Boca”, desenvolvido pelo carnavalesco Severo Luzardo, o casal representa as especiarias trazidas pelos portugueses, além de toda a influência de Portugal na gastronomia brasileira.

Comissão de frente prepara um espetáculo - Há poucas semanas do carnaval, o coreógrafo Márcio Moura comanda uma Comissão de Frente formada por 15 integrantes, entre eles homens e mulheres, que ensaiam muito para conquistar os 40 pontos no segmento.

Bateria inova com 10 repiques-mor - No início da tarde de quarta, dia 10, a União gravou na Cidade do Samba o quadro sobre o carnaval de 2018 com a repórter Mariana Gross, para o RJTV da Rede Globo. A escola apresentou um pouco do que levará para a avenida no desfile.


Edição 1872
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras