Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Thelmo Fernandes - Da Tia Elbe para o sucesso na TV

22/12/2017 - gente-da-ilha /Edição 1864
Foi nas ruas da Portuguesa que Thelmo Fernandes surgiu para o Brasil. Ele é um ator de sucesso prestes a completar 28 anos de carreira e tem no currículo mais de 50 trabalhos na televisão, teatro e cinema, além de ter conquistado diversos prêmios individuais.

Thelmo é um insulano que não nega suas raízes. Ele é filho único do casal Thelmo Araújo e de Cecília e relembra de sua infância com nostalgia. A Praça Stuart Angel era o point da época, local onde a criançada da vizinhança se reunia para brincar e, principalmente, jogar futebol. 

— Na década de 70, ao redor da pracinha era um enorme matagal. Para ter uma ideia nem o condomínio Rubem Berta, o Aerobitas, existia. Poucos carros passavam e eu, como todas as crianças, aproveitava o tempo tranquilo para brincar e me divertir. Foi nessas brincadeiras que fiz laços fortes de amizade que levo comigo até hoje — conta o artista. 

Thelmo estudou em duas instituições da região. O ensino fundamental fez na Escola Municipal Rodrigo Otávio e mais tarde se transferiu para o Colégio Newton Braga, onde descobriu o gosto vocação para o basquete e foi um dos destaques do time do Newton. Anos mais tarde, ele se tornaria jogador federado pelo Jequiá e ACM e disputou diversos campeonatos. 

Por iniciativa de sua prima Cecília, recebeu uma proposta que mudaria sua vida. Por ser muito comunicativo, foi convidado para integrar o Grupo Elbe de Holanda, que na época estava recrutando jovens talentos. 

Foi na casa verde da Tia Elbe, em frente a pracinha da Portuguesa que ele deu os primeiros passos para o teatro através da peça “Um amor de Espantalho”, que anos mais tarde dirigiu. 

— Toda essência do meu trabalho, às virtudes de um bom ator e de como nos devemos comportar em cena eu aprendi com a Tia Elbe. Uma mulher encantadora, que tinha o dom da arte e de ensinar. Tenho orgulho de ter começado aqui. 

Após diversas apresentações com o grupo da Tia Elbe, a carreira fluiu. Thelmo fez grandes peças até que chegou à televisão, contracenando em um episódio do programa “Você Decide”, em 1995. A partir daí teve várias participações em novelas da Rede Globo e da TV Record. Fez novelas como Capitu, Kubanacan, Senhora do Destino, Ribeirão do Tempo, José do Egito, entre outros sucessos. Seu mais recente sucesso foi no papel de Nelson, em Rock Story, onde fez par romântico com a atriz Viviane Araújo. 

No cinema ele participou com destaque em "Tropa de Elite", fazendo o papel do sargento Alves, além de brilhantes atuações nos filmes "O Divórcio" e "Sob Pressão".
Thelmo orgulha-se da família e diz que tem na esposa Renata Blasi e no filho João a fonte de inspiração para viver. Ele se dedica atualmente na produção de dois filmes: "O Chacrinha", onde representará Boni, diretor da rede globo e "A Divisão", um filme que conta a história dos sequestros no Rio. 

Ator consagrado, Thelmo tem muito talento, humildade e valor humano, sobretudo por reconhecer os primeiros passos do sucesso com a Tia Elbe, na Ilha. Hoje ele é um profissional de sucesso, com uma carreira ainda em ascensão e admirado pela comunidade da Ilha do Governador, que tem orgulho em ter um grande ator como vizinho.




Veja Também

Nascimento é exemplo de cidadão - Com oito décadas de vida, festejados no início de novembro, Jorge Nascimento é um insulano alegre, de bom coração e um grande fazedor de amigos. Casado há 52 anos com Maria Viana, ele chegou à Ilha em 1969, para morar na da Portuguesa, de onde não saiu mais, e acompanhou toda evolução do bairro durante esses anos.

O pediatra que todos gostam - O insulano de coração Joaquim Pinheiro Soares, 70, tem a sua história de vida ligada à medicina, especialmente aos cuidados com as crianças. Pediatra, Joaquim nasceu no Catumbi, onde passou 27 anos até se mudar em para a Ilha do Governador, região que ele abraçou e se dedica há mais de 20 anos, no atendimento do Hospital Paulino Werneck referência de eficiência.

Pedro, o craque no futebol de botão - Nascido em Muritiba, no interior da Bahia, desde cedo, Pedro Carlos, conhece às dificuldades impostas pela vida. Logo aos oito anos embarcou em um ônibus sozinho rumo ao Rio de Janeiro ao encontro de sua mãe Joselita Silva no carnaval de 1962. Com o endereço errado, ficou um mês na casa de um senhor que lhe acolheu perdido na rua até encontrar a mãe.

Malaguetta é referência em qualidade - Nascido e criado em Cascadura, Robson Olímpio, 43 anos, chegou à Ilha do Governador em 2002 e foi morar no Jardim Guanabara. Ele credita aos pais Romildo Cordeiro e Glória Olímpio, a postura, vontade de trabalhar e a seriedade. Não esconde as dificuldades vividas na infância ao lado dos seus irmãos mais velhos Marcelo e Márcia. Mas, determinado a vencer e com os bons exemplos de casa, estudou e se preparou para se tornar um empreendedor de sucesso.

Feijoada do Gaúcho faz a diferença - Há mais de trinta anos trabalhando no ramo de gastronomia, Ermano José, o Gaúcho, (62), garante um boa comida para os clientes do Restaurante do Gaúcho, localizado nos Bancários. Aos sábados ele prepara uma feijoada que atrai gente de outras regiões da cidade. Natural do Rio Grande do Sul, Ermano aprendeu no sul o tato para cortes de carnes macios e especiais, que garantem aquele sabor de dar água na boca.

Bendas comanda a educação na Ilha - Quando o assunto é educação na Ilha, a professora Tania Bendas, 53, ocupa uma posição de destaque. Experiente, construiu ao longo de 32 anos uma sólida carreira como professora na rede municipal de ensino, e exercendo a função de diretora da Escola Municipal Padre José de Anchieta, no Jardim Guanabara. A experiência bem sucedida, a credenciou para ocupar o cargo de Coordenadora da 11° Coordenadoria Regional de Educação (CRE) da Ilha do Governador, no atual governo da cidade.


Edição 1915
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras