Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Professor Nahum é referência na Ilha

07/07/2017 - gente-da-ilha /Edição 1840
Quando se fala em educação e esporte na Ilha, com certeza o professor Nahum (61), faz parte da história de muitos insulanos. Disciplinador, o professor de educação física há 39 anos se dedica a preparar gerações de crianças e adolescentes para o futuro.  

Nascido em Nova Iguaçu, ele tem nos seus pais Manoel Fernandes e Esmeraldina Conceição a referência das virtudes necessárias de caráter e ética que carrega pela vida. Nahum relembra a infância bem pobre que teve, onde cuidava dos três irmãos mais novos, enquanto o pai e a mãe trabalhavam. Foi através do esporte, bem cedo, que Nahum encontrou a fortaleza para guiar seus rumos. 

— Meus pais trabalhavam arduamente para manter a casa, e com muito amor eu cuidava dos meus irmãos. Tive o privilégio de estudar no Colégio Leopoldo, local que eu trabalhava como inspetor-mirim em troca da matrícula. Lá aprendi a gostar de esportes. Pratico a maioria deles, volêi, basquete, futebol, futsal, tênis e, na medida do possível, transmito esse gosto e aprendizado.

Logo aos 16 anos com o ensino médio já concluído, o professor Nahum ingressou na carreira militar cursando a escola de especialistas. Ao mesmo tempo cumpria as obrigações militares e cursava as faculdades de educação física e matemática, além de participar como atleta da seleção de vôlei da FAB. 

Em 1978, já como professor foi designado para dar aulas no Colégio Brigadeiro Newton Braga e no Cassino da Aeronáutica, no Galeão, ano em que se mudou para a Ilha e nunca mais saiu. 

No Newton Braga foram mais de 20 anos lecionando. Na época, simultaneamente, coordenava as atividades de educação física no Iate Clube Jardim Guanabara e dava aulas na ACM e Associação Atlética Portuguesa. 

— Cheguei ao Newton na década de 80 e posso falar com toda propriedade que ajudei a torná-lo um dos melhores colégios do Brasil, sempre levantando a bandeira do esporte. Saí de cabeça erguida e continuei minha carreira de professor na Ilha. Aposentei-me no Newton e dei aulas em diversos colégios da região, como Cambaúba, London, JGS, Freitas, Ponto de Partida e MV1, onde estou até hoje. 

Cristão, Nahum tem na família seu alicerce. Afirma que com amor e disciplina educou os filhos Felipe e Camila, que seguirão a carreira de médico e engenharia, respectivamente. Sobre o futuro das pessoas, acredita que tudo começa na educação infantil, período da vida que determina o processo de formação perfeita ou imperfeita. 

— É preciso que cuidemos muito bem das nossas crianças e adolescentes. Eles são o Brasil do amanhã. A educação dada aqui de maneira equivocada pode ser maléfica lá na frente. Com uma educação de respeito e projetos de inclusão ligados ao esporte garantiremos o futuro deles com sustentabilidade e segurança.
 
Virtudes como trabalhador, líder e disciplinador, são suas principais marcas. Além disso, o professor é um cidadão cujo rosto e atitudes transmitem tranquilidade e confiança, como garantem aqueles que já tiveram o privilégio de tê-lo como professor. De opinião forte e respeitada, vive uma carreira profissional ascendente e é referência para outros profissionais. Além de ser uma figura simpática e afável, Nahum tem um sorriso amável e está sempre pronto a orientar e ajudar quem busca seus conselhos. 






Veja Também

Ele é o técnico campeão da Copa Rio - A Ilha é referência em lançar craques no esporte. Um desses nomes é Eduardo Allax Scherpel, 40, que jogou em diversos clubes brasileiros e atualmente é técnico do Boa Vista.

Jaime, o mestre da história da Ilha - Morador dos Bancários, ele chegou à Ilha na década de 50 e se encantou pelo clima de paz e se fez um amante da história da região. Hoje ele ajuda a contar um pouco das experiências estudadas e vividas com seu acervo com mais de 3,5 mil fotos e 6 mil recortes de jornais.

Opinião - A existência do aeroporto do Galeão no território da Ilha do Governador dá à região o status de ser o cartão de visitas da cidade do Rio de Janeiro e referência para passageiros de todos os países do mundo. Afinal, o estrangeiro que chega de avião à Ilha chega ao Brasil.

Celso Celli é um talento do rock - Celso Celli é um desses casos de amor com o mundo da música que desde os cinco anos de idade já chamava atenção pela afinidade com instrumentos musicais e a voz afinada.

O professor Luiz Bicudo é 10 - Luiz Fernando é conhecido pelos alunos do Colégio Paranapuã como professor Bicudo e é muito querido, principalmente por quem já o teve como mestre. Professor de matemática, Bicudo, segundo seus alunos, tem a capacidade incrível de tornar os mais difíceis problemas matemáticos em contas simples.

O carnaval é a grande paixão de Almira - Natural da cidade de Natal, a carnavalesca Almira Paz chegou a Ilha do Governador e foi morar na Praia da Bica. Desde então, sua história de amor e paixão com a Ilha tem transformado sua vida. Apaixonada por samba carrega com orgulho o pavilhão do Bloco Batuke de Batom.


Edição 1859
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras


 

Copyright© 2010 Ilha Notícias. Todos os Direito Reservados.
Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.