Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Carlos é um exemplo de empreendedor

28/04/2017 - gente-da-ilha /Edição 1830
Nascido em Volta Redonda, Carlos Alberto, 57, é o único brasileiro nato em uma família tradicionalmente portuguesa. Chegou com poucos meses à Ilha do Governador, junto dos pais e seus dois irmãos, nos idos de 1961. 
 
Seu pai, Aníbal, muito conhecido pelos moradores mais antigos do Jardim Guanabara, alugou um espaço que logo mais, se tornaria uma das padarias mais tradicionais da região. 
 
Através de muito trabalho e dedicação, a padaria prosperou e a família engajada no mesmo ideal foi consolidando a Panificação Jardim Guanabara na Ilha, que mais tarde ficou conhecida como a “Padaria do Aníbal”.
 
Visionário, Carlos também investiu no mercado imobiliário e fala com orgulho dos imóveis que construiu com o irmão Antônio. “Não ficamos apenas no ramo alimentício, junto com meu irmão, abrimos uma construtora e fizemos uma vila na Freguesia, além de construirmos vários prédios pelo Jardim Guanabara.”
 
Envolvido em causas sociais na região, o insulano é um dos colaboradores que ajuda a organizar toda segunda-feira a distribuição de sopa para moradores de rua. 
 
— A idéia surgiu a partir de uma ONG que me procurou pedindo ajuda e prontamente, eu e meu irmão abraçamos a causa e nos envolvemos totalmente com a instituição e passamos a ajudar semanalmente.
 
Referência para os filhos Matheus (23), Lucas (22) e Gabriela (17), Carlos se sente realizado. “Trabalhei com meu pai e meus irmãos nesta padaria e hoje meus filhos trabalham comigo, seguindo o legado do velho Aníbal”, disse emocionado.
 
— Meu pai é meu maior exemplo. Um cara trabalhador, paciente e que não desiste das coisas sem perseverar. Ele sempre vai até o fim para realizar seus projetos e sonhos. Exemplo de caráter íntegro e sério — afirmou o filho Matheus.
 
Generoso e educado, são marcas desse empreendedor cujo sonho é viver muitos anos para acompanhar o crescimento de suas netas. De temperamento calmo, porém personalidade forte, Carlos é querido por seus clientes e funcionários. Um genuíno perfil de Gente da Ilha, atuante e que faz a diferença onde participa.




Veja Também

Sua bandeira é a luta pela ecologia - Sérgio Ricardo, 50, é um insulano engajado nas causas ecológicas e sociais da região e coordenador de diversos projetos em defesa da Baía de Guanabara, além de promover as feiras agroecológicas da Praia da Bica e da Igreja Batista no Moneró.

Ana Paula dá alma às bijuterias - Ana Paula, 49, nasceu na cidade de Miraí, zona da mata de Minas Gerais, e se considera uma mineira de alma insulana. Aos 18 anos veio para a Ilha do Governador e daqui não saiu mais, e nem pensa em sair. Ana é conhecida na região por participar de diversas ferinhas vendendo bijuterias artesanais. Em abril deste ano abriu uma loja física no Ilha Plaza Shopping.

Orgulho de ser insulano da gema - Paulo Henrique, 46, é morador da comunidade do Guarabu, e ganha a vida, há mais de quinze anos, vendendo deliciosas pipocas, na Rua Sargento João Lopes, em um ponto quase esquina com a Estrada da Cacuia, na calçada ao lado da loja Kazinha. O segredo do sucesso da sua pipoca ele não guarda. ”Tudo que é feito com amor é bom. E na minha pipoca esse ingrediente nunca falta”.

Antônio foi à guerra e venceu - Antônio é um empreendedor nato. Primeiro filho do casal Anibal Soares e Maria Augusta, ele herdou da família a Panificação Jardim Guanabara, a famosa Padaria do Anibal. Embora a relação com os pais fosse muito boa, a infância foi vivida em Portugal ao lado dos avós Abraão e Maria Augusta em uma aldeia.

Manoel Ormond, um engenheiro de sucesso - Manoel Ormond, 72, é um engenheiro gabaritado. Há mais de 45 anos possui um escritório na Rua Colina, no Jardim Guanabara, e já realizou centenas de obras importantes ao longo de sua carreira, inclusive foi um dos engenheiros da construção do Parque Aquático Rio Water Planet, em Vargem Grande.

Luiz transforma o vime em arte - Luiz Antônio Nunes, 61, é um artesão de mão cheia. Nascido em Teresópolis, Luiz trouxe da cidade serrana o aprendizado e a paixão pelos móveis feitos de vime, junco e ratan. Hoje é um dos poucos profissionais da região que ainda trabalha com esses materiais.


Edição 1889
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras