Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Boca no Trombone

21/12/2018 - boca-no-trombone /Edição 1916
Denúncia
O último quiosque do Corredor Esportivo, em direção às Canárias, agora está comercializando aves. Aquele ambiente é impróprio e ninguém faz nada para impedi-lo. Carlos Alberto, via Facebook.

Picos de energia
Com essa confusão de falta de luz na Ilha, alguns sinais de trânsito ficaram apagados por um bom tempo. Virou uma bagunça no trânsito. Shirley Moura, via WhatsApp.

Falta água
Na Rua Francisca Matos, nos Bancários, ficamos quase 15 dias sem água. Por ser uma rua alta, precisamos de uma bomba para que a água chegue em casa, porém ela não está funcionando. Total descaso com nossos chamados. Andrea Brelaz, via WhatsApp.

Mosquitos
Uma casa abandonada na Rua Breno Guimarães, no Jardim Guanabara em frente ao número 105, virou um criadouro de mosquitos. Com as últimas chuvas, algumas áreas ficaram cheias e aumentou a infestação de insetos na casa. Helio de Mattos, via WhatsApp.

ParCão sujo
É a segunda vez que vou no ParCão do Corredor Esportivo e encontro sacos com as fezes dos cachorros pendurados na árvore, sendo que tem uma lixeira logo atrás. Precisamos ter conscientização, deixar o local limpo para o próximo. Beatriz Mosquera, via Facebook.

Sujeira na Colina
Um local no terreno do Centro Comercial da Rua Colina virou uma lata de lixo. Apesar da placa proibindo este ato, o condomínio deveria limpar com mais frequência e fazer vista grossa. Tem de tudo, até restos de comida e roupas. O lugar fede. João Inácio, via WhatsApp.

Orla suja
Já virou rotina nos depararmos com a orla da Praia da Guanabara imunda, cheia de lixo de ponta a ponta. O sistema de multas deveria agir em casos como esse. Sergio Lira, via WhatsApp.

Canal dos Bancários
O canal dos Bancários agora vive com o mato alto. Ratos se escondem lá, junto com insetos e, ás vezes, vimos até garças. Quando der a primeira chuva forte de verão, os moradores vão tomar prejuízo com a água suja invadindo seus quintais. Marcos Sales, via Facebook.

Um sinal, por favor
Na Rua Tenente Cleto Campelo, no Cocotá, próximo ao banco Bradesco, tinha que ter um sinal com faixa de pedestre. É um local muito movimentado, por conta das escolas nas redondezas. O trânsito ali é uma bagunça por causa das vans paradas, ônibus e moto taxistas que não respeitam ninguém. Marlene Figueira, via WhatsApp.

Mais fiscalização
Não precisa ficar nem cinco minutos em frente ao Mundial do Cacuia para ver motoristas avançando o sinal. Algumas vans param em cima da faixa para deixar passageiros, já que o ponto sempre está cheio. O fluxo de carros é grande e todos sabem disso. Tem que colocar um guarda organizando a via. Antonio José, via WhatsApp.

Desorganização
Sou moradora do Cocotá e frequento a feirinha todos os domingos, mas quem depende do carro para ir até o local fica na mão. Muita desorganização, carros ficam parados no retorno e não tem como ver quem vem do Tauá. As vans tomam conta do ponto e param o trânsito. Fica insuportável. Fabiola Amorim, via Facebook.

Praia da Bandeira
Fico indignada quando vou fazer minha caminhada e me deparo com as calçadas todas quebradas na Praia da Bandeira e nas Pitangueiras. A cena é de descaso e destruição. Espero que ninguém se machuque ao praticar seus exercícios lá. Marta Gomes, via WhatsApp.
 
Passarela suja
Alguns moradores de rua estão criando “acampamentos” na passarela em frente ao Casa Show. Além da sujeira e restos de comida, a passarela fica com muito mau cheiro. Alguém deveria leva-los para um abrigo urgente. Vania Marques, via Facebook.

Espaço dengue
Em frente à Casa de Saúde São Bento, no Zumbi, existia uma clínica veterinária que atualmente está fechada. O problema é que o lugar está abandonado há anos, e é um lugar perfeito para o mosquito da dengue se desenvolver. Neide Ferreira, via Facebook.





Edição 1919
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras