Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Boca no Trombone

29/06/2018 - boca-no-trombone /Edição 1891
Enguiçou
É impressionante o descaso da empresa Paranapuan com os usuários. Na segunda (25), logo pela manhã, um veículo que faz a linha 322 enguiçou na Praia da Bandeira, deixando dezenas de pessoas no meio da rua por muito tempo, até chegar outro. Uma vergonha! Diego Cavalcante, via Facebook. 

Perigo
Uma grande árvore da Rua Porto Seguro, próximo ao número 314, está prestes a cair sobre a rede de alta tensão. Já faz um tempo que a situação está assim e precisamos de uma solução urgente, porque logo pode causar um dano ou até mesmo uma morte. Raul, via E-mail. 

Posto Shell
O Posto Shell, ao lado do Habibs, precisa tomar uma atitude novamente em relação à enorme fila de carros que se forma em dias de promoção da gasolina, atrapalhando a entrada dos moradores do Condomínio Residencial 2424. Diversas vezes acabei entrando em debate com motoristas parados nessa fila irregular. Está difícil. Lúcio Mendonça, na redação. 

Cadê as barcas? 
Está muito difícil depender de qualquer transporte público na Ilha. Por onde anda o famoso poder público que não tem tomado atitude nenhuma para melhorar esse sistema falho há anos na Ilha? Uma Vergonha! O povo precisa abrir os olhos. As eleições estão chegando e muitas promessas serão feitas, mas jamais cumpridas. Therezinha Rita, via Facebook. 

Absurdo!
Todos os dias o ponto de ônibus da Peixaria fica lotado de gente, e quase todos os ônibus que passam, já vêm lotados, sem contar o longo tempo de espera. Na sexta-feira (22), cheguei no ponto por volta das 5h20 e só consegui embarcar em um ônibus que faz o percurso pela Linha Vermelha por volta das 6h10. Isso é um absurdo! Cris Nascimento, via Facebook.  

Buraco na calçada
Conforme já reclamei inúmeras vezes, as calçadas da Ilha estão mal conservadas. Na Rua Espumas, no Jardim Guanabara, em frente ao número 165, existe um grande buraco no qual semana passada me acidentei, caindo dentro dele. O médico que me atendeu disse que foi um milagre eu não ter quebrado a perna. Marta Caldeira, via Facebook. 

Protesto
Peço às autoridades que tomem uma atitude contra o péssimo atendimento de diversas farmácias da Ilha do Governador, com os idosos. A falta de respeito é geral! Em todas as lojas, existem placas de sinalização de atendimento com fila única, apenas. Quando alguém questiona a falta da fila preferencial, dizem que é por ordem de chegada. Estão ferindo o direito dos idosos. Paulo Roberto, via E-mail.

Rua Zurique
Na calçada da Rua Zurique com a Itaguaí, próximo ao número 420, duas árvores estão precisando de poda antes que elas caiam e causem um grave acidente. Anderson Faustino, via Facebook. 

Condução precaria
Não entendo porque o transporte para o aeroporto do Galeão é tão precário. Está cada vez mais difícil pegar condução para ir ao trabalho. Os serviços das vans podem até ser falho, mas ajuda bastante. Os ônibus são pouquíssimos, deixando o tempo de espera nos pontos se tornarem longo. Já fui descontado do meu salário várias vezes o tempo que cheguei atrasado devido ao péssimo serviço das empresas de ônibus. É triste! Guilherme Terra, via E-mail.

Vazamento 
Moro na Rua Noventa, casa 51, em Tubiacanga, e estou sofrendo novamente com a água suja, referente ao esgoto, entrando na minha casa, devido aos bueiros estarem entupidos. Há um tempo atrás convivi semanas com esse problema no meu quintal, mas acabou sendo resolvido. Porém, o meu quintal voltou a ser invadido pelo esgoto. Tenho criança em casa e não posso conviver com essa situação. Alba Cristina, via Facebook. 

Praça Papai Noel
A Praça Papai Noel, no Moneró, está com a iluminação precária e falta de brinquedos novos. Precisamos que o lugar volte a ser uma opção de lazer. Maria Elizete, na redação. 

Alô, Light! 
Nós, moradores da Rua Ebro, no Jardim Carioca, estamos sem os funcionários da Light que fazem a leitura dos relógios. O antigo marcador, que sempre trabalhou com eficiência e pontualidade, se afastou e parece que a situação por lá virou uma bagunça. O que está acontecendo? Preguiça de subir o morro? Depois não venha nos cobrar por não termos pago a conta. Antônio Luiz, na redação. 

Vaga de idoso
No domingo (24), um homem que aparentava ter uns 30 anos, estacionou na vaga de idoso no estacionamento próximo ao McDonalds. Eu chamei a atenção, falando que devido a essa atitude dele, um idoso tinha acabado de perder a vaga, mas ele simplesmente respondeu de forma grosseira. Socorro Cabral, na redação. 




Veja Também

Boca no Trombone - Tumulto escolar Veículos causam tumulto próximo ao Colégio Iglesias. Carros chegam da Rua Babaçu e se encontram com os carros da Rua Abélia nos horários escolares. Peço bom senso dos responsáveis para deixarem seus filhos sem atrapalhar o trajeto dos carros que necessitam transitar pelo local. Andrea Libonati, via WhatsApp.

Boca no Trombone - Precisamos de candidatos que realmente façam algo pela Ilha do Governador. Todas eleições prometem e nada muda. Como pode uma ilha não ter o transporte marítimo como seu principal modal de transporte? Não temos barcas nos finais de semanas e, durante semana, apenas seis horários. Geraldo Campos, via WhatsApp.

Boca no Trombone - Uma praça, na Estrada de Tubiacanga, virou depósito de material de construção. Inclusive, já estão levantando um muro. Estou indignada! Silvia Fonseca, via Facebook.

Boca no Trombone - Um motorista de van costuma andar com o alerta ligado e em alta velocidade na Ribeira, colocando a vida de passageiros e pedestres em risco. Nós, moradores, estamos preocupados com o que pode acontecer. Roberta, via WhatsApp.

Boca no Trombone - É complicado caminhar pelo Corredor Esportivo na parte da noite devido à iluminação precária, aumentando a sensação de insegurança das pessoas que transitam pelo local. Fernando Amorim, via WhatsApp.

Boca no Trombone - No domingo (12), estava passeando com o meu filho no Aterro do Cocotá e tinham vários homens soltando pipa no estacionamento das barcas com linha chilena e cerol. Primeiro, um pouco de linha enroscou nos meus pés e depois quando passei pelo ponto final do ônibus Reginas, a linha se enroscou na gola do casaco do meu filho de 7 anos. Inadmissível! Alguém precisa fazer alguma coisa! Zanne Coutinho, via Facebook.


Edição 1903
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras