Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Boca no Trombone

02/02/2018 - boca-no-trombone /Edição 1870
Choque de ordem
A situação da Praia da Bica, aos finais de semana está cada vez pior. Jovens e crianças ficam bebendo no meio da rua, em frente ao quiosque Boteco de Grife. Além disso, alguns motoristas largam suas motos e carros no meio da rua com o som alto. Absurdo! Luan Paiva, via WhatsApp.

Aterro 
Sempre que vou passear com a minha filha no Aterro do Cocotá me deparo com o abandono e muitos usuários de drogas que circulam pelo local, sem contar o péssimo estado de conservação dos brinquedos. Carlos Lopes, via WhatsApp.

Desrespeito
Diversas calçadas da região não são devidamente adaptadas para o acesso de cadeirantes, e as poucas que são, geralmente, alguns motoristas acabam estacionando seus carros, impossibilitando a utilização. Na terça (30), presenciei um senhor de cadeira de rodas tentando passar pelo acesso da Rua Graná, mas um carro estava obstruindo a passagem. Um desrespeito! Jurema Travessos, via Facebook.

Cambaúba
Existe um buraco há meses aberto na Rua Cambaúba, próximo ao Restaurante Lagostine, no Jardim Guanabara. O asfalto está cedendo e o buraco aumentando. Os carros estão sendo obrigados a desviar pela contramão. Adriano Quaresma, via WhatsApp.

Carros na calçada
É muito difícil transitar pelas calçadas na Estrada do Dendê, por causa dos veículos que estacionam em cima das calçadas e não deixam nenhum espaço para os pedestres. Temos que caminhar quase que no meio da rua, o que representa risco de atropelamento. Vanessa Ramos, via WhatsApp.

Rua Miritiba 
As árvores da Rua Miritiba, na Freguesia, precisam urgente de poda. Como se já não bastasse a pouca iluminação na rua, diversas árvores estão tampando as poucas luminárias que ainda funcionam, e com a escuridão os ladrões estão aproveitando para assaltar. Maria Duarte, via WhatsApp.

Buracos
Passo de carro todos os dias na orla da Praia da Bica e tenho observado a grande quantidade de buracos no asfalto. Viviane Pereira, via WhatsApp.

Perigo no poste
Um poste que fica na Estrada da Porteira, próximo ao número 531, está em péssimas condições, e com os vergalhões expostos há meses. Será que a Light vai esperar causar um acidente para tomar alguma atitude? Vânia Maria, via WhatsApp.

Alagamento 
Moro na Rua Érico Coelho, no Tauá, e toda vez que chove a minha rua alaga de um jeito que me impede de sair de casa. Esse problema já vem de anos e ninguém resolve. Dalva Fernandes, via Facebook.

Lixo na Estocolmo
Na sexta (26), presenciei mais um homem despejando lixo e sacos de entulhos no terreno que fica na esquina das ruas Estocolmo e Copenhague, no Jardim Carioca. É impressionante a falta de educação de algumas pessoas. Otávio Paz, via Facebook.

Invasão
Algumas pessoas estão invadindo novamente o espaço que seria destinado ao terminal pesqueiro, na Ribeira. Os órgãos precisam agir novamente para manter o lugar livre de invasores. Bruno Lima, via Facebook.

Perigo na Canárias
Os bueiros que foram instalados na Estrada das Canárias, após o radar, estão cedendo novamente e o asfalto está esburacado. O local precisa de reparo antes que provoque um grave acidente. Vitória Lúcia, via Facebook. 

Rua Iaco
Diversos carros depenados estão abandonados na Rua Iaco, no Cacuia. Será que alguém pode ajudar a acabar com essa zona? Fernanda Leão, via WhatsApp.

Falta conservação
Uma praça localizada na Rua Etna, no Jardim Carioca, está com o mato alto, pouca iluminação e alguns brinquedos em péssimo estado de conservação. Sabrina Oliveira, via WhatsApp.

Praça Jerusalém
A calçada próxima da esquina da Praça Jerusalém com a Rua Uçá, na Praia da Bica, está cedendo. O local precisa urgente de reparos antes que o buraco fique maior e cause acidentes. Tânia Farias, via WhatsApp.

Escondido
O sinal de trânsito que fica na Estrada Rio Jequiá, em frente à entrada da Colônia Z-10, está totalmente coberto pelos galhos de árvores, dificultando a visualização dos motoristas. Pedro Cardozo, via Twitter.

Cambuí
Na Rua Cambuí, na Freguesia, motoristas estão estacionando seus carros na curva, que é um ponto cego e acabam prejudicando outros motoristas e pedestres. As pessoas precisam ter mais atenção. Adriana Fernanda, via Facebook.

Desnível
Há anos refizeram o asfaltamento da Estrada do Galeão e deixaram um grande desnível no asfalto que parece um quebra-molas, próximo ao sinal da Rua Colina. Paulo Dantas, via WhatsApp.

Xixi na rua
É deprimente a situação junto ao muro da empresa Ideal, no Cacuia. Por causa dos ensaios da União da Ilha, algumas pessoas transformaram o muro em banheiro público a céu aberto. Está insuportável! Tiago Vaz, via Facebook.

Uber
A Estrada de Maracajás, no Galeão, voltou a ficar lotada de carros estacionados. Alguns ficam até no meio da rua, em cima das calçadas e na porta dos moradores. Falta um choque de ordem no local! Bruna Gomes, via Facebook.







Veja Também

Boca no Trombone - Dois carros suspeitos ficaram rondando por horas a Rua Ipiru e a Estrada da Bica, no Jardim Gunabara, na madrugada de terça (15). Um carro da marca CRV prata e um da cor vinho. Atenção à segurança pública da Ilha. Esta área está muito perigosa. Tiago Nog, via Facebook

Boca no Trombone -

Boca no Trombone - Há meses um buraco de grande profundidade no meio da Rua Monsenhor Magaldi, próximo ao número 415 no Jardim Guanabara, é um perigo para quem passa pelo local, principalmente motoristas. Solicito que fechem esse buraco antes que alguém se machuque. Isabella Holanda, via Facebook.

Boca no Trombone - O mato da pracinha que fica atrás do Ilha Plaza Shopping está alto e com pouca iluminação, tornando o lugar propício a assaltos. No domingo (22), precisei passar próximo à praça por volta das 19h e homem me seguiu. Para a minha sorte a moradora de um prédio perto me abrigou. Cuidado! Vanessa Rocha, via WhatsApp.

Boca no Trombone - A Vivo é zero A operadora de telefonia Vivo coloca seus clientes em planos sem que os mesmos deem permissão e a cobrar. Me colocaram na caixa postal sem minha autorização e as pessoas que queriam falar comigo diretamente não conseguiam, além de cobrarem pelo tal serviço. E o pior, eu que tenho que pedir para tirar. Acho um absurdo. Na minha opinião todas as operadoras teriam que, a cada ligação, informar o tempo e o valor que foi gasto, para que o cliente confiasse na mesma. Maurício Moreira, via e-mail.

Boca no Trombone - Dois homens me assaltaram a pé, próximo ao cruzamento da Rua Cambaúba com a Colina, Jardim Guanabara, na segunda (9), por volta de 10h. Levaram meu celular e minha carteira. Um absurdo sem fim. Alexandre Ramos, via WhatsApp.


Edição 1885
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras