Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Boca no Trombone

29/12/2017 - boca-no-trombone /Edição 1865
Crise nos ônibus? 
No dia 26, fiquei mais de 30 minutos no ponto de ônibus aguardando o ônibus que faz a linha 321 (Bancários x Castelo). Nesse meio tempo de espera, passaram quatro ônibus tipo frescão que a tarifa custa R$ 11,50. Uma falta de respeito com os moradores. Camila Fontoura, via Facebook. 

Vandalismo
A onça da Pedra da Onça, no Bananal, está precisando urgente de uma reforma. O fucinho dela encontra-se quebrado. Joás Cassimiro, via Facebook. 

Rua desnivelada
Na Rua Cambaúba, próximo ao Restaurante Lagostine, um desnível na pista aumenta a cada dia, podendo causar acidentes. O asfalto precisa de conserto antes que piore a situação. Larissa Campos, via Facebook. 

Sem sentido
No dia 24, um rapaz de uns 22 anos estacionou na vaga de idoso. Meu amigo chamou sua atenção, dizendo-lhe que um senhor de idade tinha acabado de perder esta vaga. O jovem respondeu que era problema dele. Uma covardia! Kátia Vasconcelos, via WhatsApp. 

Alô, Mileto Maciel!
Quase fui assaltado no dia 25 por volta de 14h45, na Rua Mileto Maciel, próximo ao cemitério do Cacuia, por um rapaz mulato forte. Ele parecia ter problemas mentais, e tentou me assaltar na mão grande. Para a minha sorte, ele não estava armado. Wagner Ferreira, via Facebook.

Limpeza no valão
O valão da Rua Engenheiro Rozauro Zambrano, na altura da esquina com a Rua Uça, no Jardim, transbordou com a chuva do dia 21. Precisamos da limpeza do valão urgente. Carlinhos Júnior, via Facebook. 

Bueiro na Abélia
Um bueiro está sem tampa na Rua Abélia, em frente à Escola Municipal Álvaro Moreira, no Jardim Guanabara. É um perigo para os pedestres que passam pelo local diariamente, que podem não ver o buraco e se acidentarem. Patrícia Travesso, via WhatsApp. 

Reforma na praça
A Praça da Freguesia, que fica em frente à Igreja Nossa Senhora da Ajuda, precisa de obras urgente. Os brinquedos e bancos estão quebrados e enferrujados. É triste porque nessa época de férias quero levar minha filha para brincar, mas não consigo por causa da situação precária. Cristiane Santos, via WhatsApp.  
Denúncia
Uma construção irregular sobre as águas da Baía de Guanabara ao lado do Jequiá Iate Clube, está degradando o meio ambiente e a paisagem. Cadê a fiscalização do órgão responsável? Leonardo Pereira, via Facebook.

Galeão & Açaituba
O sinal do cruzamento da Estrada do Galeão com Açaituba, no Jardim Carioca, é cada vez mais desrespeitado. De noite, os pedestres precisam correr para não serem atropelados, mesmo com o sinal aberto para eles. O desrespeito com sinais parece ser coisa normal aqui na Ilha. Bruna Gring, via WhatsApp. 

Mais barcas!
A população insulana precisa urgente de mais barcas modernas e rápidas, além de intervalos das viagens menores. É um grande descaso que a empresa administradora das barcas faz com a população. Estamos cansados! Pedro Espolei, via WhatsApp. 

Cadê os ônibus?
É um absurdo a longa espera por ônibus para o Galeão. O principal aeroporto do estado conta com ônibus caquéticos e em pouca quantidade. Nem todos têm condições de andar de Uber ou táxi para cima e pra baixo.  Verônica Cerqueira, via Facebook. 

Poda, já!
Como se não bastasse o desrespeito dos motoristas avançando o sinal da Rua Professor Hilarião da Rocha, próximo ao número 300, no Tauá. Há meses, uma árvore está tampando toda a visão do sinal do cruzamento com a Rua Domingos Mondim. Alô autoridades responsáveis pela poda! Luiza Ramos, via WhatsApp. 

Velho problema
Os bueiros da Rua Abélia, próximo ao Corpo dos Bombeiros, precisam ser limpos urgente porque com as chuvas, não tem como água escoar, fazendo com que alague a rua. Regina Carvalho, via Facebook.  

Mau cheiro
A Comlurb precisa tomar providências para acabar com o mau cheiro que fica no Corredor Esportivo, próximo do campo de futebol. Muitas famílias frequentam o local e não suportam o péssimo cheiro. Claudio Dutra, via Facebook. 

Cleto com Graná
O cruzamento da Rua Tenente Cleto Campelo com a Graná, no Cocotá, é um perigo para motoristas e pedestres que passam pelo local. Um semáforo precisa ser instalado no local. Diversos carros já se envolveram em acidentes. Alguma atitude precisa ser tomada, para evitar novos acidentes. Paula Fraga, via WhatsApp. 

Risco na Dendê
Na Estrada do Dendê, em frente à escola de samba Acadêmicos do Dendê, diariamente motoristas estacionam seus carros em cima da calçada atrapalhando a circulação dos pedestres. Você se vê obrigado a andar pela beira da rua correndo o risco de ser atropelado. Andressa Veras, via WhatsApp. 

Irregularidade
É um absurdo que muitos motoristas ainda insistem em fazer irregularmente o retorno que tem em frente ao Banco do Brasil, no Jardim Carioca. Outro dia, um carro quase bateu no meu porque tentou fazer este retorno irregular. Larissa Oliveira, via Facebook.

Ciclovia estreita
Outro dia na Praia da Bica, um homem jogou o carro na faixa vermelha derrubando meu pai que estava de bicicleta, e nem parou pra ver se estava tudo bem. A faixa dos ciclistas é muito estreita e, infelizmente, temos que dividir espaço com os carros, de forma arriscada. Marina Gomes, via WhatsApp.  




Veja Também

Boca no Trombone - A Vivo é zero A operadora de telefonia Vivo coloca seus clientes em planos sem que os mesmos deem permissão e a cobrar. Me colocaram na caixa postal sem minha autorização e as pessoas que queriam falar comigo diretamente não conseguiam, além de cobrarem pelo tal serviço. E o pior, eu que tenho que pedir para tirar. Acho um absurdo. Na minha opinião todas as operadoras teriam que, a cada ligação, informar o tempo e o valor que foi gasto, para que o cliente confiasse na mesma. Maurício Moreira, via e-mail.

Boca no Trombone - Dois homens me assaltaram a pé, próximo ao cruzamento da Rua Cambaúba com a Colina, Jardim Guanabara, na segunda (9), por volta de 10h. Levaram meu celular e minha carteira. Um absurdo sem fim. Alexandre Ramos, via WhatsApp.

Boca no Trombone -

Boca no Trombone - Os Guardas Municipais estão multando todos os carros que estacionam com as duas rodas em cima da calçada da Rua Morávia, no Cocotá. A rua possui apenas duas faixas estreitas, além da calçada pequena, e se estacionarem os carros na rua, fica impossível passar por ali porque passam veículos na outra mão e acabam tendo que dar ré para o outro passar. João Souza, via Facebook.

Boca no Trombone - Na Rua Euzébio de Farias, próximo ao número 73, na comunidade da Praia da Rosa, marimbondos construíram um ninho e estão atacando os moradores, principalmente as crianças. Precisamos que os órgãos competentes venham resolver esse problema. Já estamos pedindo ajuda há mais de um mês. Enir Santos, via Facebook.

Boca no Trombone -


Edição 1881
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras