Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Boca no Trombone

03/11/2017 - boca-no-trombone /Edição 1857
Gás na Engenhoca
O cheiro de gás na região da Praia da Engenhoca continua forte, principalmente quando tem movimentação de embarcações. De noite parece que o cheiro piora. Precisamos da fiscalização da Marinha nessas embarcações, não é possível que sejamos obrigados a conviver todos os dias com isso! Cleide Soares, via Facebook.

Entulho na calçada
Na Rua Praça Ilha Brocoio, nos Bancários, ao lado do Colégio Municipal Jornalista Orlando Dantas, estão fazendo uma reforma em uma casa e o responsável está jogando entulho de forma irregular na rua. Pedestres têm que caminhar pelo meio da rua, pois as calçadas estão extremamente sujas, colocando-os em risco por terem que dividir espaço com os carros na rua. Lucas Cesar, via Facebook.

Álcool
É um absurdo que alguns quiosques da Praia da Bica insistam em vender bebidas alcoólicas para menores de idade. Até quando as autoridades vão ser omissas a isso? Juliana Faria, via Facebook.

Desperdício 
Algumas lâmpadas de postes na Estrada do Galeão, ficam acessas durante o dia. É um desperdício de energia pública enquanto outras regiões da Ilha sofrem com pouca iluminação durante a noite. Alô, Rio Luz! Renata Feliciano, via WhatsApp.

Bandidos na moto
Na segunda (30), por volta das 6h, bandidos tentaram assaltar minha esposa na Rua Carlos Meziano, na Portuguesa, altura do número 200. Eram dois rapazes em uma moto amarela e na terça (31), no mesmo horário, os mesmos rapazes na moto fizeram outra vítima próximo ao Condomínio Santos Dumont. São vários os relatos de que esses caras estão agindo sempre pela manhã nas ruas Haroldo Lobo e Carlos Meziano. Fiquem ligados. Junior barros, via Facebook.

Desrespeito
É impressionante que as vans das linhas do Zumbi e Ribeira nunca têm vaga para os idosos. Um total descaso e falta de compaixão. Será que os motoristas dessas vans não têm pai e mãe? Lúcia Maria, via WhatsApp.
Carros na rua 
Diversos carros à venda estão estacionados de forma desordenada na Estrada do Dendê, esquina com a Aristarco Ramos. O dono coloca os carros bem na esquina, atrapalhando a visão de quem vai cruzar a via. Carlos Alberto, via Facebook.

Perigo na praça
Uma placa de sinalização que fica na Praça Jerusalém, na Praia da Bica, está encostando nos fios de energia. É necessário verificar se eletrificou o poste, que é de metal. O local é muito frequentado, inclusive por crianças. Precisamos que esse problema seja resolvido antes que pessoas se acidentem no local. Verri Garcia, via Facebook.

Poda urgente!
Tem um ano que peço para podar as árvores que ficam aqui na Rua Paramopama, na Ribeira, mas o órgão responsável não atende a minha solicitação. As árvores estão podres colocando em risco quem passa pela rua. Faby Lopes, via Facebook.

Vans do shopping
A bagunça das vans que ficam todo dia na saída principal do Ilha Plaza está cada vez maior. Na segunda (30), fui ao shopping e ao sair pela porta principal fui abordada por mais de 5 trocadores de vans e vi que ao longo da rua tinham várias vans paradas desordenadamente. Como se já não bastasse isso, quase todas não aceitavam bilhete único. Claudia Cruz, via Facebook.

Lombadas
Sou comerciante da Rua Fernandes da Fonseca, na Ribeira, e já vi vários atropelamentos no local. Poderiam colocar lombadas ou redutor de velocidade já que carros e, principalmente ônibus e caminhões, passam em alta velocidade no local. Sou prova de que alguns caminhões passam voados ali. Meu carro já teve a lateral arrancada por estar estacionado nas vagas do lado esquerdo da rua. Juliana Siqueira, via Facebook.

Buraco
O remendo constante que cismam de fazer no asfalto que fica atrás do Hortifrúti, próximo ao ponto de ônibus em frente ao Supermercado Assaí, na Estrada do Galeão, já está em péssimo estado de novo. Marcus Vinicius, via Facebook.

Descida da ponte
A emenda do asfalto no fim da descida da ponde nova sentido Ilha, está cada vez maior e com deformidades que danificam a suspensão do carro. A manutenção precisa ser feita urgente antes que aconteça um grave acidente no local. Marcus de Paoli, via Facebook.

Roubo no cemitério
Minha tia toma conta da cantina do cemitério do Cacuia e na segunda (30), bandidos pularam o muro do cemitério e arrombaram a porta de vidro da lanchonete. Eles levaram refrigerantes, balas e o dinheiro do caixa. A Ilha tá um absurdo. Nem o cemitério está escapando. Jonathan Alves, via Facebook.




Veja Também

Boca no Trombone - Assalto na Uçá Na quinta (9), por volta das 22h, fui assaltado por dois caras em um Chevrolet Astra preto de vidros escuros no cruzamento da Rua Engenheiro Rozauro Zambrano com a Rua Uça, no Jardim Guanabara. Os bandidos ficaram com o veículo ligado aguardando alguém passar e me ameaçaram com uma pistola pedindo meus pertences. Parece que essa localização é ótima estrategicamente porque eles conseguem pegar rapidamente a Cambaúba. Cristian Soriano, via Facebook.

Boca no Trombone - tomam providência para resolver isso. Lucio Bernardo, via WhatsApp. Vans & Idosos As vans das linhas do Zumbi e Ribeira nunca tem vaga para os idosos. Um descaso total. Parece que eles não pensam que um dia também serão idosos? Lúcia Maria, via WhatsApp.

Boca no Trombone - Passagem perigosa Passo todos os dias pelo acesso que liga o Condomínio Santos Dumont com a Aerobitas e realmente é um problema para os pedestres, já que a circulação do número de motos é grande. Alguns motociclistas ainda olham de cara feia se você não dá passagem pra eles. Eliana Matos, via Facebook.

Boca no Trombone - Longa espera Pegar condução de noite está cada vez mais difícil. Outro dia por volta da meia noite, fiquei mais de 40 minutos sozinha no ponto esperando que alguma van ou ônibus passasse. Suellen Oliveira, via Facebook.

Boca no Trombone - nsatisfação Na segunda (9), ao embarcar no frescão da Ideal (B28719), por volta das 7h, no ponto do Casa Show, fui desrespeitada por não ter dinheiro trocado. Tentei pagar com uma nota de 50, mas o motorista foi arrogante dizendo que eu precisava facilitar a vida dele por conta do horário e queria que eu descesse do ônibus. Pagamos 11,50 por uma passagem e ainda somos tratados com falta de respeito pelos motoristas. Luane Santana, via Facebook. Resposta da ideal: A empresa informou que todos os seus motoristas são orientados a manterem disponível o valor para troco e que o motorista em questão será identificado e orientado para o treinamento de reciclagem quanto ao atendimento.


Edição 1859
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras


 

Copyright© 2010 Ilha Notícias. Todos os Direito Reservados.
Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.