Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Boca no Trombone

03/11/2017 - boca-no-trombone /Edição 1857
Gás na Engenhoca
O cheiro de gás na região da Praia da Engenhoca continua forte, principalmente quando tem movimentação de embarcações. De noite parece que o cheiro piora. Precisamos da fiscalização da Marinha nessas embarcações, não é possível que sejamos obrigados a conviver todos os dias com isso! Cleide Soares, via Facebook.

Entulho na calçada
Na Rua Praça Ilha Brocoio, nos Bancários, ao lado do Colégio Municipal Jornalista Orlando Dantas, estão fazendo uma reforma em uma casa e o responsável está jogando entulho de forma irregular na rua. Pedestres têm que caminhar pelo meio da rua, pois as calçadas estão extremamente sujas, colocando-os em risco por terem que dividir espaço com os carros na rua. Lucas Cesar, via Facebook.

Álcool
É um absurdo que alguns quiosques da Praia da Bica insistam em vender bebidas alcoólicas para menores de idade. Até quando as autoridades vão ser omissas a isso? Juliana Faria, via Facebook.

Desperdício 
Algumas lâmpadas de postes na Estrada do Galeão, ficam acessas durante o dia. É um desperdício de energia pública enquanto outras regiões da Ilha sofrem com pouca iluminação durante a noite. Alô, Rio Luz! Renata Feliciano, via WhatsApp.

Bandidos na moto
Na segunda (30), por volta das 6h, bandidos tentaram assaltar minha esposa na Rua Carlos Meziano, na Portuguesa, altura do número 200. Eram dois rapazes em uma moto amarela e na terça (31), no mesmo horário, os mesmos rapazes na moto fizeram outra vítima próximo ao Condomínio Santos Dumont. São vários os relatos de que esses caras estão agindo sempre pela manhã nas ruas Haroldo Lobo e Carlos Meziano. Fiquem ligados. Junior barros, via Facebook.

Desrespeito
É impressionante que as vans das linhas do Zumbi e Ribeira nunca têm vaga para os idosos. Um total descaso e falta de compaixão. Será que os motoristas dessas vans não têm pai e mãe? Lúcia Maria, via WhatsApp.
Carros na rua 
Diversos carros à venda estão estacionados de forma desordenada na Estrada do Dendê, esquina com a Aristarco Ramos. O dono coloca os carros bem na esquina, atrapalhando a visão de quem vai cruzar a via. Carlos Alberto, via Facebook.

Perigo na praça
Uma placa de sinalização que fica na Praça Jerusalém, na Praia da Bica, está encostando nos fios de energia. É necessário verificar se eletrificou o poste, que é de metal. O local é muito frequentado, inclusive por crianças. Precisamos que esse problema seja resolvido antes que pessoas se acidentem no local. Verri Garcia, via Facebook.

Poda urgente!
Tem um ano que peço para podar as árvores que ficam aqui na Rua Paramopama, na Ribeira, mas o órgão responsável não atende a minha solicitação. As árvores estão podres colocando em risco quem passa pela rua. Faby Lopes, via Facebook.

Vans do shopping
A bagunça das vans que ficam todo dia na saída principal do Ilha Plaza está cada vez maior. Na segunda (30), fui ao shopping e ao sair pela porta principal fui abordada por mais de 5 trocadores de vans e vi que ao longo da rua tinham várias vans paradas desordenadamente. Como se já não bastasse isso, quase todas não aceitavam bilhete único. Claudia Cruz, via Facebook.

Lombadas
Sou comerciante da Rua Fernandes da Fonseca, na Ribeira, e já vi vários atropelamentos no local. Poderiam colocar lombadas ou redutor de velocidade já que carros e, principalmente ônibus e caminhões, passam em alta velocidade no local. Sou prova de que alguns caminhões passam voados ali. Meu carro já teve a lateral arrancada por estar estacionado nas vagas do lado esquerdo da rua. Juliana Siqueira, via Facebook.

Buraco
O remendo constante que cismam de fazer no asfalto que fica atrás do Hortifrúti, próximo ao ponto de ônibus em frente ao Supermercado Assaí, na Estrada do Galeão, já está em péssimo estado de novo. Marcus Vinicius, via Facebook.

Descida da ponte
A emenda do asfalto no fim da descida da ponde nova sentido Ilha, está cada vez maior e com deformidades que danificam a suspensão do carro. A manutenção precisa ser feita urgente antes que aconteça um grave acidente no local. Marcus de Paoli, via Facebook.

Roubo no cemitério
Minha tia toma conta da cantina do cemitério do Cacuia e na segunda (30), bandidos pularam o muro do cemitério e arrombaram a porta de vidro da lanchonete. Eles levaram refrigerantes, balas e o dinheiro do caixa. A Ilha tá um absurdo. Nem o cemitério está escapando. Jonathan Alves, via Facebook.




Veja Também

Boca no Trombone - Moradores de rua e viciados se alojam pelo Parque Marcelo de Ipanema e fazem uso de drogas, deixando sujeira e mau cheiro na área. Isso precisa ser mudado porque infelizmente algumas pessoas estão deixando de frequentar o lugar. Claudia Cardozo, via WhatsApp.

Boca no Trombone - Motoristas estacionam por toda a calçada na Praia da Bica e os pedestres que passam pela rua. Quando meu filho era bebê, todos os dias eu tinha que passar com o carrinho de bebê pela rua por conta destes motoristas mal educados. Detalhe: os anos se passaram, mas o problema continua o mesmo. Renata Dias, via Facebook.

Boca no Trombone - Nós, moradores da Rua Ebro, no Jardim Carioca, estamos sem os funcionários da Light que fazem a leitura dos relógios. O antigo marcador, que sempre trabalhou com eficiência e pontualidade, se afastou e parece que a situação por lá virou uma bagunça. O que está acontecendo? Preguiça de subir o morro? Depois não venha nos cobrar por não termos pago a conta. Antônio Luiz, na redação.

Boca no Trombone - Segue a degradação da Baía da Guanabara. Uma tartaruga marinha morta apareceu na Praia da Bandeira, na manhã da quarta, dia 20. Populares ainda tentaram recolocá-la na água para reanimar, sem sucesso. Poluição + Sujeira = morte de espécies marinhas na Baía da Guanabara. Até quando? Não se observa nenhuma ação concreta para preservação de nossas águas. Daniel Elias Duarte, via Facebook

Boca no Trombone - Desisti da 910 A linha 910 (Bananal x Largo do Bicão) já não circula sem greve, com greve, então, piorou. É uma vergonha o que a empresa Paranapuan faz com o insulano. Sinceramente? Eu já perdi as forças para reclamar. Na quarta (13), sem greve, fiquei esperando por meia hora. Desisti. Leandro Oliveira, via Facebook.

Boca no Trombone - Cadê os ônibus? Incrível como a empresa Paranapuan se aproveitou da crise devido à greve dos caminhoneiros e simplesmente acabou com todas as linhas que passam pelo Zumbi, Pitangueiras e Praia da Bandeira. Moro nas Pitangueiras e não tenho visto passar ônibus, principalmente as linhas 327, 322 e 901. Absurdo! Quem depende de ônibus como eu, e ainda tenho limitação física, fica a mercê da vaga gratuita das vans, que quase nunca tem. André Luiz, via WhatsApp.


Edição 1893
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras