Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Boca no Trombone

27/10/2017 - Boca no Trombone /Edição 1865
Cones
Um problema recorrente na nossa região é a colocação de cones, por moradores, com o objetivo de "guardar" vagas de estacionamento. Só para lembrar, a rua é pública, vagas privativas, só dentro das garagens. Ana Antunes, via Facebook.

Lixo na praia
A Praia da Bica está precisando de mais uma atuação da Comlurb para retirar o lixo acumulado na beira da praia. Caminho todos os dias pelo local e tenho observado esse problema. Peço ajuda da Comlurb! Adriana Santos, via Facebook.

Passagem perigosa
Passo todos os dias pelo acesso que liga o Condomínio Santos Dumont com a Aerobitas e realmente é um problema para os pedestres, já que a circulação do número de motos é grande. Alguns motociclistas ainda olham de cara feia se você não dá passagem pra eles. Eliana Matos, via Facebook.

Assaltos
Diversos assaltos a pedestres estão ocorrendo nas proximidades da Associação Atlética Portuguesa e não observo nenhuma viatura de polícia rondando a área, muito menos as motos da Guarda Municipal. O descaso é tanto que ocorreu um assalto a mão armada na Praça do AeroLanches, na Aerobitas. Fernanda Queiroz, via email.

Perigoso 
Trabalho em frente ao cruzamento da Rua Praia do Cocotá com a Avenida Paranapuã e vejo ali acidentes praticamente todos os dias, dos mais leves aos mais trágicos. Este cruzamento é muito perigoso e tem que ter um sinal, radar ou até mesmo um guarda municipal, embora com tudo isso, acho que os motoristas de carros, motos, ônibus e caminhões não vão respeitar. Aline Andrade, via Facebook.

Visconde Delamare
O choque de ordem precisa verificar a Rua Visconde Delamare, no Cacuia, que está um verdadeiro caos. Diversos motoristas insistem em estacionar de maneira irregular sobre as calçadas onde o pedestre não tem como passar e, motos que circulam nas calçadas, pondo em risco a vida dos pedestres. Linor Amelia, via Facebook.

Lixo na Hilarião
A Rua Hilarião da Rocha está precisando da instalação de mais lixeiras da Comlurb. Por causa da falta delas, a rua está ficando cada vez mais suja. Se não fossem os moradores que aproveitam para limpar suas calçadas e a rua, o local viraria um lixão. Michel Serpa, via Facebook.

Carcaças
Diversas carcaças de carros abandonadas na Rua Pereira Alves, no Cocotá, estão servindo de abrigo para moradores de rua e usuários de droga, além de atrapalhar a circulação de veículos no local. Daniel Rocha, via WhatsApp.

Vans e idosos
Infelizmente é uma triste realidade o fato dos idosos serem impedidos de embarcarem nas vans por serem gratuidade. Tem alguns trocadores e motoristas que ainda debocham e dão tchau para os idosos. É um absurdo e ninguém toma uma atitude. Kelly Roberta, via Facebook.

Praias e lixo
Mesmo com a Comlurb limpando as orlas da Ilha, muito lixo continua acumulado na beira da praia. Parece até um descaso com quem frequenta e mora próximo. Liliane Carvalho, via WhatsApp.


Resposta da Comlurb: O lixo e os diversos objetos jogados nas águas da Baía de Guanabara são depositados pelas correntes marítimas nas praias, embora a limpeza seja feita diariamente nas areias.

Desordem 
O trânsito no Cocotá está indo de mal a pior, assim como no Cacuia. Ambos estão uma zona porque diversas motos, vans e carros não estão respeitando nem sinal e nem faixa de pedestres. Os pedestres que se cuidem. Doroti Fulco, via Facebook.

Assaltos no frescão 
Dois homens bem arrumados estão assaltando frequentemente os frescões. Eles entram no Casa Show, entre 9h e 12h, realizam o assalto e desembarcam próximo ao aeroporto. Conheço cinco pessoas que já foram assaltadas desse jeito e todas registraram ocorrência. Espero que esses dois criminosos sejam capturados. Bruno longo, via WhatsApp.

Praça na Amapurus
A praça que fica na Rua Amapurus, no Tauá, precisa urgente da atuação da Comlurb porque a área não está sendo limpa há meses. Se não fossem os moradores da região, a situação estaria bem pior. Precisamos da ajuda dos órgãos para a praça voltar a ser mais frequentada. Igor Dantas, via WhatsApp.

Árvores cortadas
Diversas árvores da Rua Silveira Sampaio, na Freguesia, foram cortadas quase que inteiras, restando apenas o tronco. Ninguém mais aguenta tanto desrespeito à natureza e abuso. Alessandra Canhede, via Facebook.

Carro abandonado
Na Rua Max Yantok, nos Bancários, próximo ao número 1540, um carro está abandonado há meses. Além de atrapalhar a circulação de pedestres na calçada, é criadouro de ratos e diversos insetos. Joana Lima, via Facebook.

Educação
Moro na Rua Abélia e constantemente diversos motoristas estacionam seus veículos nas calçadas dos dois lados da rua, impedindo a saída dos carros das garagens dos moradores. É muita falta de educação. Jorge Roberto, via Facebook.




Veja Também

Boca no Trombone - Assalto na Uçá Na quinta (9), por volta das 22h, fui assaltado por dois caras em um Chevrolet Astra preto de vidros escuros no cruzamento da Rua Engenheiro Rozauro Zambrano com a Rua Uça, no Jardim Guanabara. Os bandidos ficaram com o veículo ligado aguardando alguém passar e me ameaçaram com uma pistola pedindo meus pertences. Parece que essa localização é ótima estrategicamente porque eles conseguem pegar rapidamente a Cambaúba. Cristian Soriano, via Facebook.

Boca no Trombone - tomam providência para resolver isso. Lucio Bernardo, via WhatsApp. Vans & Idosos As vans das linhas do Zumbi e Ribeira nunca tem vaga para os idosos. Um descaso total. Parece que eles não pensam que um dia também serão idosos? Lúcia Maria, via WhatsApp.

Boca no Trombone - Gás na Engenhoca O cheiro de gás na região da Praia da Engenhoca continua forte, principalmente quando tem movimentação de embarcações. De noite parece que o cheiro piora. Precisamos da fiscalização da Marinha nessas embarcações, não é possível que sejamos obrigados a conviver todos os dias com isso! Cleide Soares, via Facebook.

Boca no Trombone - Longa espera Pegar condução de noite está cada vez mais difícil. Outro dia por volta da meia noite, fiquei mais de 40 minutos sozinha no ponto esperando que alguma van ou ônibus passasse. Suellen Oliveira, via Facebook.

Boca no Trombone - nsatisfação Na segunda (9), ao embarcar no frescão da Ideal (B28719), por volta das 7h, no ponto do Casa Show, fui desrespeitada por não ter dinheiro trocado. Tentei pagar com uma nota de 50, mas o motorista foi arrogante dizendo que eu precisava facilitar a vida dele por conta do horário e queria que eu descesse do ônibus. Pagamos 11,50 por uma passagem e ainda somos tratados com falta de respeito pelos motoristas. Luane Santana, via Facebook. Resposta da ideal: A empresa informou que todos os seus motoristas são orientados a manterem disponível o valor para troco e que o motorista em questão será identificado e orientado para o treinamento de reciclagem quanto ao atendimento.


Edição 1859
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras


 

Copyright© 2010 Ilha Notícias. Todos os Direito Reservados.
Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.