Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Boca no Trombone

13/10/2017 - boca-no-trombone /Edição 1854
Insatisfação
Na segunda (9), ao embarcar no frescão da Ideal (B28719), por volta das 7h, no ponto do Casa Show, fui desrespeitada por não ter dinheiro trocado. Tentei pagar com uma nota de 50, mas o motorista foi arrogante dizendo que eu precisava facilitar a vida dele por conta do horário e queria que eu descesse do ônibus. Pagamos 11,50 por uma passagem e ainda somos tratados com falta de respeito pelos motoristas. Luane Santana, via Facebook.

Resposta da ideal: A empresa informou que todos os seus motoristas são orientados a manterem disponível o valor para troco e que o motorista em questão será identificado e orientado para o treinamento de reciclagem quanto ao atendimento.

Eutíquio Soledade
Diversos motoristas que trafegam na Rua Eutíquio Soledade, no Tauá, não estão respeitando o sinal do cruzamento que fica próximo ao número 484. Eu quase fui atropelada ali. Maria Silva, via Facebook.  

Desordem
É impressionante a desordem que fica no Aterro do Cocotá aos finais de semana. O ponto de ônibus, próximo à biblioteca, fica cheio de carros estacionados na baia, atrapalhando o embarque e desembarque de passageiros no local. Precisamos de um choque de ordem urgente no local. Michael Baptista, via Facebook. 

Esburacada 
A calçada da Rua Haroldo Lobo, próximo a Escola Municipal Maestro Francisco Braga, na Portuguesa, está precisando de uma manutenção urgente. Está cheia de buracos por toda a sua extensão, fazendo com que se torne um perigo para os pedestres, principalmente os idosos, que transitam pelo local. Elisabeth Zeller, via Facebook. 

Perigo 
Um semáforo na Estrada Rio Jequiá, próximo a Colônia Z-10, no Zumbi, está com defeito há mais de duas semanas, colocando em risco a vida de pedestres que atravessam no local diariamente. Peço para que o órgão responsável resolva o problema urgente antes que aconteça uma tragédia. Stefany Lopes, via Facebook. 

Esgoto na Agenor
Um esgoto está transbordando há semanas na Avenida Agenor Almeida Loiola, próximo ao número 945, nos Bancários. Crianças acabam tendo que caminhar pela rua, dividindo espaço com carros e vans, já que se trata de uma rua de grande movimento de veículos. Isso é um absurdo porque pagamos pelo serviço de esgoto e não temos o atendimento quando necessário. Flávia Corpes, via Facebook. 

Praça abandonada
Na esquina das Ruas Zurique com Itaguaí, Jardim Carioca, uma praça está abandonada. O mato está alto e os brinquedos estão quebrados e enferrujados. Precisa urgente de uma reforma no local. Victor Hugo, na redação.

Contaminação
Ao caminhar pela Praia da Guanabara, na Freguesia, quase pisei em um tubo de ensaio com sangue dentro, que estava no meio dos resíduos oriundos da poluição. É um descaso com o meio ambiente a falta de fiscalização em relação aos resíduos contaminantes que são descartados de forma indevida. Ana Paula, via Facebook. 

Assalto no frescão
Na sexta-feira passada (6), por volta das 7h da manhã, um frescão da linha Bananal x Castelo foi assaltado novamente na região. Da mesma forma que os outros casos recentes, os assaltantes embarcaram no ponto do Casa Show e anunciaram o assalto depois da Base Aérea do Galeão e saltaram no último ponto antes da ponte velha. Amanda Calçada, via Facebook.
Criança no sinal 
Todos os dias uma senhora fica pedindo dinheiro com a sua filha no sinal da Rua Luis Sá, no Village, próximo ao Ilha Plaza. A criança que aparenta ter mais ou menos 3 anos fica solta na divisão da rua, podendo sair correndo a qualquer momento e ser atropelada. Fico desolada todos os dias vendo esta cena. Alice Fátima, via Facebook. 

Linha 323
Na segunda (9), passei por uma situação horrível em um ônibus da linha 323 da empresa Paranapuan. Como se já não bastasse o ônibus estar muito cheio, baratas estavam saindo pela borracha da janela. Isso é um desrespeito com os usuários. Ana Wendhausen, via Facebook.

Bilhete único, não! 
Diversos motoristas de vans insistem em não aceitar o bilhete único como pagamento da passagem. É um grande desrespeito com os usuários, sem contar que o bilhete único é um direito nosso. Alexandre Rocha, via Facebook.

Caos 
O trânsito na Estrada da Cacuia, em frente ao Colégio MV1, Cocotá, é um caos. Os motoristas largam seus carros de qualquer forma, muitas vezes no meio da rua para buscarem seus filhos no colégio e acabam atrapalhando a circulação de carros e pedestres no local. Luiza Carvalho, na redação. 

Assalto no Tauá
Infelizmente a onda de assaltos tomou conta da Ilha. Minha filha foi assaltada semana passada saindo do pré-vestibular na Igreja Batista do Tauá. Camila Nunes, via Facebook. 

Medo no BRT
A estação do BRT do Fundão está às escuras há meses. Muitos trabalhadores e alunos temem serem  abordados por assaltantes. Infelizmente somos obrigados a conviver com esse medo. Gabriela Pacheco, via Facebook.  

Sem grades
As grades de contenção na orla da Estrada Rio Jequiá, na altura da ACM, na Ribeira, estão danificadas, trazendo riscos aos pedestres que utilizam a calçada da orla. Vitória de Moraes, via Facebook. 

Constatação
Estamos abandonados, seja com precariedade dos transportes públicos, seja com a violência diária na região. Cadê as autoridades para nos socorrerem? Fátima Louzada, via Facebook. 



Veja Também

Boca no Trombone - Longa espera Pegar condução de noite está cada vez mais difícil. Outro dia por volta da meia noite, fiquei mais de 40 minutos sozinha no ponto esperando que alguma van ou ônibus passasse. Suellen Oliveira, via Facebook.

Boca no Trombone - Assalto no frescão Na semana passada, por volta de 11h30, o ônibus frescão da linha Ilha x Castelo foi assaltado no sentido Centro. Os assaltantes embarcaram no ponto do Casa Show, anunciaram o assalto logo depois da peixaria e desceram no ponto antes da ponte velha. Estavam armados, levaram celulares e algumas carteiras. Às vezes fazemos um sacrifício pagando a passagem mais cara para ir num ônibus mais rápido e confortável, mas temos que lidar com esse tipo de situação horrível. Carla Lopez, via Facebook.

Boca no Trombone - Dois rapazes em uma moto tem assaltado constantemente nas esquinas das ruas Apaporis com Bacuruá, na Praia da Bandeira. As vítimas costumam ser mulheres e menores de idade. As pessoas vêm descendo e eles aparecem de repente e levam os pertences das vítimas. Estamos precisando de policiamento no local. Normanda Siqueira, via Facebook.

Boca no Trombone - Cheiro de gás Moro na Ribeira e constantemente tenho sentido um cheiro insuportável de gás. Toda vez que o cheiro está forte eu passo mal, sinto dor de cabeça, enjoo e até tem atrapalhado a minha respiração. Está muito difícil conviver com esse cheiro. Rosy Sarah, via Facebook.

Boca no Trombone - Os assaltos aqui no Village continuam frequentes. No domingo (10), minha mãe foi assaltada em plena luz do dia, por volta das 14h, próximo ao Restaurante Brazuca. Falta segurança! Paula Rodrigues, na redação.


Edição 1855
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras


 

Copyright© 2010 Ilha Notícias. Todos os Direito Reservados.
Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.