Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Boca no Trombone

08/09/2017 - boca-no-trombone /Edição 1849
Esgoto
Estou cansado de reclamar com a Cedae sobre o esgoto que fica na esquina da Rua Gustavo Augusto de Resende com a Estrada do Galeão, na Portuguesa, e não solucionam o problema. O mau cheiro no local está cada vez mais forte, com isso muitos ratos acabam sendo atraídos. Nicholas Leme, na redação. 

Lixo na São Bento
A Praia do São Bento, no Galeão, parece que não está sendo limpa há muito tempo. Muito lixo está espalhado por toda a faixa de areia. Lais Campos, via Facebook. 

Assalto
Na sexta (1), meu carro teve o vidro quebrado por um ladrão para roubar um celular velho que eu tinha dentro dele. Foi na Rua Cambauba, em plena luz do dia. Cadê o policiamento da Ilha? Natan Lima, via Facebook.

Perigo no escuro
A Rua Haroldo Lobo, na Portuguesa está muito escura. As árvores estão atrapalhando a iluminação e isso é um risco para os moradores e trabalhadores porque os ladrões acabam se aproveitando dessas condições para assaltarem quem passa pelo local. Renata Horta, via Facebook. 

Assalto no Mundial
No dia 31, por volta das 12h, uma cliente minha foi assaltada dentro do estacionamento do Supermercado Mundial do Tauá e os bandidos levaram o carro dela. Não temos mais segurança nem para ir fazer compras no mercado. Simone Carvalho, via Facebook. 

Tubiacanga
Pessoas estão despejando lixo em um terreno de Tubianca, próximo ao bar Cura Ressaca. É muita falta de educação! Solange Rei, via Facebook. 

Corredor Esportivo 
As quadras de basquete do Corredor Esportivo estão precisando de uma reforma urgente. As tabelas estão quebradas e sem redes e algumas estão enferrujadas, podendo até machucar alguém. Nt Alves, via Facebook. 
Bagunça das vans
Não aguento mais a cara de pau desses motoristas de vans que ficam fazendo um caos no trânsito na esquina da Rua Colina, no Jardim Guanabara. Os motoristas param no meio da rua e até mesmo em cima da faixa de pedestres atrapalhando quem precisa atravessar no local. Glaucio Santos, via Facebook. 
Lixo na Maracajás
Sacos de lixo estão espalhados pela calçada na Estrada Maracajás, próximo ao número 884, Galeão. Os moradores precisam ter mais educação e parar de jogar lixo no local. Alan Oliveira, na redação. 

Abuso das vans
Os motoristas das vans que circulam em Tubiacanga estão fazendo o que querem após as 21h. Além de não aceitar o bilhete único, o tempo de espera por uma van continua sendo grande. Karina Nardacci, via Facebook. 

Maternidade já!
Nós precisamos urgente de uma maternidade na Ilha. É um absurdo não ter uma maternidade na região, tanto pública como particular. As mães acabam precisando se deslocar para fora da Ilha para conseguir atendimento. Ivone Vaz, via Facebook. 

Pipas com cerol 
O Aterro do Cocotá, aos domingos é um perigo total por causa da grande quantidade de pipas com linhas de cerol. Além de colocar a vida de quem solta pipa em risco o risco é maior para motoqueiros e pedestres que passam pelo local. Roselina Vilar, na redação. 

Zona Sul
A Ilha precisa urgente da implantação de novas linhas de ônibus. Muitos moradores da Ilha trabalham e estudam na Zona Sul e sempre precisam pegar pelo menos duas conduções para conseguir chegar até a zona sul. Natan Peres, via Facebook. 

Roubo de grades
As grades que separam o mangue da calçada, na Estrada do Rio Jequia, continuam sendo furtadas. Como pode, ladrões não pouparem nem as grades que estão ali para proteger de possíveis acidentes de quem passa no local. Luana Pessoa, na redação.  

Som alto
Na Rua Capitão Barbosa uma garagem sem a menor adaptação promove shows de rock as alturas sem respeitar os vizinhos que muitas vezes ficam sem dormir de noite por conta do som. Patrícia Freitas, via Facebook. 

Perigo no escuro
A Rua Haroldo Lobo, na Portuguesa, está muito escura. As árvores estão atrapalhando a iluminação e isso é um risco para porque os ladrões acabam se aproveitando dessas condições para assaltarem quem passa pelo local. Renata Horta, via Facebook. 




Veja Também

Boca no Trombone - Assalto na Uçá Na quinta (9), por volta das 22h, fui assaltado por dois caras em um Chevrolet Astra preto de vidros escuros no cruzamento da Rua Engenheiro Rozauro Zambrano com a Rua Uça, no Jardim Guanabara. Os bandidos ficaram com o veículo ligado aguardando alguém passar e me ameaçaram com uma pistola pedindo meus pertences. Parece que essa localização é ótima estrategicamente porque eles conseguem pegar rapidamente a Cambaúba. Cristian Soriano, via Facebook.

Boca no Trombone - tomam providência para resolver isso. Lucio Bernardo, via WhatsApp. Vans & Idosos As vans das linhas do Zumbi e Ribeira nunca tem vaga para os idosos. Um descaso total. Parece que eles não pensam que um dia também serão idosos? Lúcia Maria, via WhatsApp.

Boca no Trombone - Gás na Engenhoca O cheiro de gás na região da Praia da Engenhoca continua forte, principalmente quando tem movimentação de embarcações. De noite parece que o cheiro piora. Precisamos da fiscalização da Marinha nessas embarcações, não é possível que sejamos obrigados a conviver todos os dias com isso! Cleide Soares, via Facebook.

Boca no Trombone - Passagem perigosa Passo todos os dias pelo acesso que liga o Condomínio Santos Dumont com a Aerobitas e realmente é um problema para os pedestres, já que a circulação do número de motos é grande. Alguns motociclistas ainda olham de cara feia se você não dá passagem pra eles. Eliana Matos, via Facebook.

Boca no Trombone - Longa espera Pegar condução de noite está cada vez mais difícil. Outro dia por volta da meia noite, fiquei mais de 40 minutos sozinha no ponto esperando que alguma van ou ônibus passasse. Suellen Oliveira, via Facebook.

Boca no Trombone - nsatisfação Na segunda (9), ao embarcar no frescão da Ideal (B28719), por volta das 7h, no ponto do Casa Show, fui desrespeitada por não ter dinheiro trocado. Tentei pagar com uma nota de 50, mas o motorista foi arrogante dizendo que eu precisava facilitar a vida dele por conta do horário e queria que eu descesse do ônibus. Pagamos 11,50 por uma passagem e ainda somos tratados com falta de respeito pelos motoristas. Luane Santana, via Facebook. Resposta da ideal: A empresa informou que todos os seus motoristas são orientados a manterem disponível o valor para troco e que o motorista em questão será identificado e orientado para o treinamento de reciclagem quanto ao atendimento.


Edição 1859
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras


 

Copyright© 2010 Ilha Notícias. Todos os Direito Reservados.
Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.