Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Boca no Trombone

01/09/2017 - boca-no-trombone /Edição 1848
Cães perigosos
Alguns cachorros estão soltos e avançando nos pedestres que transitam pela Estrada Governador Chagas Freitas, próximo ao Parque Royal. Eu e alguns moradores da região já fomos atacados. Precisamos da ajuda dos órgãos competentes para tirar esses cães das ruas e dar o tratamento adequado. Luiz Claudio, na redação.

Mangue
O mangue do Zumbi, próximo ao batalhão, está largado e precisando de mais atenção das autoridades. As plantas e árvores existentes no local estão secando e tombando. Danielle Menezes, via Facebook.

Cães abandonados
Na Rua Carlos Ilidro, na Cova da Onça, alguns cachorros estão abandonados no quintal de uma casa, sem água e comida. Eles choram todos os dias. Desconfio que eles andam comendo as próprias fezes. O ambiente tem um mau cheiro muito forte, além da grande quantidade de fezes espalhadas. Patrícia Oliver, via Facebook.

Escuridão
A Rua Paramopana, na Ribeira, está uma escuridão total. Diversos postes estão apagados. Por quê? Lopes Faby, via Facebook.

Longa espera
A espera pelos ônibus que seguem pela Linha Vermelha é absurda comparada aos outros que vão pela Av. Brasil. Precisei mudar meu trajeto e descer alguns pontos antes na Presidente Vargas para conseguir embarcar. Patricia Correa, via Facebook.

Vans
Muitos ônibus não conseguem parar no ponto que fica em frente ao Mundial do Cacuia por causa das vans. Elas param de forma desordenada no meio da rua, fazendo com que o trânsito fique caótico. João Bosco, via Facebook.

Absurdo!
Na terça (29), peguei uma van por volta das 10h, e para a minha surpresa, o cobrador se recusou a passar o meu bilhete único mesmo com a máquina ligada e funcionando. Após eu reclamar, ele cobriu a máquina com um pano, e disse que ela estava com defeito. Um absurdo! Luiza Laure, via Facebook.

Destruidores
Realmente é um absurdo o que alguns passageiros fazem nos ônibus, destruindo bancos. Deveria ter uma maior fiscalização para punir esses destruidores. Não podemos aceitar esse tipo de comportamento. Claudia Maria, via Facebook.
Caos na rua 
Precisamos da atuação da Guarda Municipal na Estrada da Cacuia, pois carros de pais e conduções escolares insistem em parar no meio da rua para buscar os filhos no colégio MV1. É impressionante a falta do bom senso das pessoas. A rua fica um caos. Tamires Klay, via Facebook.

Lixo
Pego ônibus todos os dias no ponto em frete ao Casa Show e tenho observado a falta de limpeza da calçada. Está cheia de lixo espalhado há dias. Principalmente quando tem jogo do Flamengo na Ilha do Urubu. Luan Julio, na redação.

Irresponsáveis
Muitos motoristas continuam avançando o sinal no cruzamento das ruas Comendador Bastos com a Magno Martins, na Freguesia, colocando a vida de quem atravessa neste cruzamento em risco. Um perigo! Ivana Costa, via Facebook.

Abandono
A Praça da Rua Manoel Assunção, no Jardim Guanabara, está completamente abandonada. Falta conservação. Muito triste saber que um local onde podia ser usado como lazer para as crianças está tão abandonado. Lucas Jonathan, via Facebook.

Atenção!
O trecho da orla da Praia da Bica próximo do quiosque Kabana do Alemão, está destruído por uma raiz de árvore, impedindo as pessoas de passarem com carrinhos de bebê e cadeira de rodas, já que é estreito e desnivelado. Ricson Chagas, via Facebook.

Medo
O Corredor Esportivo precisa urgentemente de melhorias na iluminação e no policiamento na parte da noite. Os moradores querem usar o lugar para lazer, caminhar e passear, mas não podem, porque têm medo de serem assaltados. Diógines Ramos, via Facebook.

Acessibilidade 
A maioria das calçadas da região não são adaptadas para o acesso de cadeirantes e as que são, geralmente, motoristas mal educados acabam estacionando seus carros, impossibilitando a utilização. É um enorme desrespeito com quem depende da cadeira para se locomover. Paulo Luiz, na redação. 




Veja Também

Boca no Trombone - A Vivo é zero A operadora de telefonia Vivo coloca seus clientes em planos sem que os mesmos deem permissão e a cobrar. Me colocaram na caixa postal sem minha autorização e as pessoas que queriam falar comigo diretamente não conseguiam, além de cobrarem pelo tal serviço. E o pior, eu que tenho que pedir para tirar. Acho um absurdo. Na minha opinião todas as operadoras teriam que, a cada ligação, informar o tempo e o valor que foi gasto, para que o cliente confiasse na mesma. Maurício Moreira, via e-mail.

Boca no Trombone - Dois homens me assaltaram a pé, próximo ao cruzamento da Rua Cambaúba com a Colina, Jardim Guanabara, na segunda (9), por volta de 10h. Levaram meu celular e minha carteira. Um absurdo sem fim. Alexandre Ramos, via WhatsApp.

Boca no Trombone -

Boca no Trombone - Os Guardas Municipais estão multando todos os carros que estacionam com as duas rodas em cima da calçada da Rua Morávia, no Cocotá. A rua possui apenas duas faixas estreitas, além da calçada pequena, e se estacionarem os carros na rua, fica impossível passar por ali porque passam veículos na outra mão e acabam tendo que dar ré para o outro passar. João Souza, via Facebook.

Boca no Trombone - Na Rua Euzébio de Farias, próximo ao número 73, na comunidade da Praia da Rosa, marimbondos construíram um ninho e estão atacando os moradores, principalmente as crianças. Precisamos que os órgãos competentes venham resolver esse problema. Já estamos pedindo ajuda há mais de um mês. Enir Santos, via Facebook.

Boca no Trombone -


Edição 1881
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras