Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Boca no trombone

23/06/2017 - boca-no-trombone /Edição 1838
Caos na De Lamare
A Rua Visconde De Lamare, Cacuia, é mão dupla, mas em alguns trechos, apenas um carro consegue passar. A quantidade de carros estacionados irregularmente ao longo da via é grande, atrapalhando a circulação de carros e pedestres no local. A GM deveria impedir que os carros fossem estacionados dos dois lados da rua. Pedro Thompson, via Facebook.

Pichadores
É difícil andar pela Ilha e não encontrar pichações por todo lado. Na segunda (19), vi três jovens pichando o muro de uma casa no Cacuia, na maior cara de pau. Fernando Lopes, via Facebook.

Falta iluminação 
A Rua Haroldo Lobo, na Portuguesa, tem andado muito escura. As árvores cobrem toda iluminação da via, que fica um verdadeiro breu. Larissa Santos, via Facebook.

Praia da Bica
Aos finais de semana, a Praia da Bica fica cheia de carros estacionados irregularmente. Na esquina com a Rua Henrique Lacombe, os veículos ficam parados ocupando quase a metade da rua. Mateus Ribas, na redação.

Sujeira no Cocotá
O Aterro do Cocotá virou um grande banheiro público. O local fede a urina e a cada dia piora. Somos obrigados a frequentar o lugar sentindo o péssimo odor. José Victor, via redação.

Poda urgente!
Uma árvore situada na Rua Carmem Miranda, no Jardim Guanabara, está necessitando urgentemente de poda. Toda hora os galhos caem no meio da rua. Precisamos de ajuda, porque isso pode ocasionar um acidente se cair em um carro ou sobre alguém. Adriana Santos, via WhatsApp.

Insistentes
É muito perigoso para a vida desses pescadores que ficam na ponte da entrada da Ilha. Essa situação é uma tragédia anunciada. As autoridades responsáveis poderiam fiscalizar mais o local para evitar acidentes. Giselle Costa, via Facebook.
Assaltos da moto
Motoqueiros estão assaltando na Estrada do Dendê à noite. Na semana passada, meu primo foi assaltado em frente ao Banco Bradesco. Os bandidos estavam armados e agressivos. Eles cobrem a placa das motos para não serem identificados. A polícia precisa urgente prender esses marginais. Cleide Gama, via Facebook.
Abuso da van
É um absurdo pegar a van para os Bancários, onde moro, e ser obrigado a saltar antes do meu ponto, porque muitas vezes sou o único passageiro que vai para o ponto final, e o cobrador prefere começar outra corrida. O pior é que eu pago o valor inteiro da passagem e fico no meio do caminho. Um abuso! Junior Campos, via Facebook. 
Cadê a polícia?
Sempre que eu passo em frente à cabine da polícia que fica próximo ao Ilha Plaza Shopping, ela está abandonada. A falta de policiamento no local deixa um clima de insegurança. Cassiano Flores, via redação.

Lixo na Joaniza
Nós moradores da Vila Joaniza, Galeão, estamos há meses sofrendo com a falta de lixeiras. É um absurdo! Temos que jogar o lixo em lugares impróprios, acumulando muita sujeira, ratos e baratas. Precisamos que a Comlurb nos ajude! Cristina de Souza, via Facebook.

Descaso
Os ônibus não estão parando para os idosos, mas liberam para alunos da rede pública entrar pelas portas de trás e ambos possuem cartões. É uma falta de respeito com o idoso. Millena Reis, na redação.

Uber no Galeão
Com a chegada dos motoristas da Uber na Estrada dos Maracajás, no Galeão vários vendedores ambulantes estão no local atrapalhando a circulação de carros e pedestres. O que já estava ruim ficou pior ainda. Denise Hernes, via Facebook.

Parque Royal
Está precária a situação em alguns pontos do Parque Royal. A iluminação está péssima e o lixo não é recolhido. Carlos Dantas, via WhatsApp.

Bancos quebrados
Alguns bancos no calçadão das óticas na Portuguesa estão quebrados ou em falso dificultando o uso e podendo causar acidentes. Precisam de manutenção urgente. Eliane Vieira, via WhatsApp.

Falta de polícia
Na segunda (19), fui ao Centro da Cidade e em todo nosso trajeto, da Ilha até lá e também no retorno, não vi nenhuma viatura da PM. Nem baseada e muito menos efetuando visibilidade. Enfim, um absurdo! Estamos jogados e sem ter a quem pedir socorro. Sandra Tavares, via redação.




Veja Também

Boca no Trombone - Assalto na Uçá Na quinta (9), por volta das 22h, fui assaltado por dois caras em um Chevrolet Astra preto de vidros escuros no cruzamento da Rua Engenheiro Rozauro Zambrano com a Rua Uça, no Jardim Guanabara. Os bandidos ficaram com o veículo ligado aguardando alguém passar e me ameaçaram com uma pistola pedindo meus pertences. Parece que essa localização é ótima estrategicamente porque eles conseguem pegar rapidamente a Cambaúba. Cristian Soriano, via Facebook.

Boca no Trombone - tomam providência para resolver isso. Lucio Bernardo, via WhatsApp. Vans & Idosos As vans das linhas do Zumbi e Ribeira nunca tem vaga para os idosos. Um descaso total. Parece que eles não pensam que um dia também serão idosos? Lúcia Maria, via WhatsApp.

Boca no Trombone - Gás na Engenhoca O cheiro de gás na região da Praia da Engenhoca continua forte, principalmente quando tem movimentação de embarcações. De noite parece que o cheiro piora. Precisamos da fiscalização da Marinha nessas embarcações, não é possível que sejamos obrigados a conviver todos os dias com isso! Cleide Soares, via Facebook.

Boca no Trombone - Passagem perigosa Passo todos os dias pelo acesso que liga o Condomínio Santos Dumont com a Aerobitas e realmente é um problema para os pedestres, já que a circulação do número de motos é grande. Alguns motociclistas ainda olham de cara feia se você não dá passagem pra eles. Eliana Matos, via Facebook.

Boca no Trombone - Longa espera Pegar condução de noite está cada vez mais difícil. Outro dia por volta da meia noite, fiquei mais de 40 minutos sozinha no ponto esperando que alguma van ou ônibus passasse. Suellen Oliveira, via Facebook.

Boca no Trombone - nsatisfação Na segunda (9), ao embarcar no frescão da Ideal (B28719), por volta das 7h, no ponto do Casa Show, fui desrespeitada por não ter dinheiro trocado. Tentei pagar com uma nota de 50, mas o motorista foi arrogante dizendo que eu precisava facilitar a vida dele por conta do horário e queria que eu descesse do ônibus. Pagamos 11,50 por uma passagem e ainda somos tratados com falta de respeito pelos motoristas. Luane Santana, via Facebook. Resposta da ideal: A empresa informou que todos os seus motoristas são orientados a manterem disponível o valor para troco e que o motorista em questão será identificado e orientado para o treinamento de reciclagem quanto ao atendimento.


Edição 1859
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras


 

Copyright© 2010 Ilha Notícias. Todos os Direito Reservados.
Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.