Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Boca no Trombone

16/06/2017 - boca-no-trombone /Edição 1837
Tijolinhos
Na segunda (5), por volta das 5h20, na Rua Altinópolis, dois homens em uma moto abordaram duas mulheres, levando a bolsa de uma delas. É uma situação antiga na área dos Tijolinhos, e até agora sem solução. Solicitamos uma ação urgente e efetiva do 17ºBPM. Emmanuel Cavalcanti, via WhatsApp.

Assaltos no Extra
Na madrugada de quarta (7), o Petshop da galeria do Hipermercado Extra foi assaltado e no mesmo dia, um morador de rua entrou em um quiosque de empada e roubou a bolsa da moça que trabalha no local. Até quando vamos conviver com essa falta de segurança? Janete Barboza, via WhatsApp.

Vans no ponto
Eu fico indignada quando os motoristas de ônibus são obrigados a deixar os passageiros no meio da rua, porque os pontos de ônibus ficam cheios de vans. Nossa vida fica em risco pela falta de respeito de terceiros. Douglas Carneiro, via Facebook.

Itapissuma
Estamos sofrendo com a falta d’água na Rua Itapissuma no Jardim Carioca, há aproximadamente dois meses. Já fizemos contato com a Cedae diversas vezes, mas não tivemos solução. Vamos ficar sem água até quando? Maura Porto, na redação.

RIOgaleão
Acho um absurdo os ônibus da Ilha não passarem no terminal 2, e apenas no terminal 1. A maior parte do fluxo do aeroporto encontra-se no terminal 2, que é bem distante do outro. Sou obrigado, todos os dias, a fazer uma longa caminhada até chegar ao trabalho. Pedro Veras, via Facebook.

Colchão na praia
Cena deprimente que eu presenciei no dia 12, simplesmente um colchão estava boiando na Praia da Bica, na altura da Praça Jerusalém. É um absurdo que as autoridades não tomem providencias a cerca da despoluição da nossa Baia de Guanabara. Rodrigo Falleiro, via Facebook
Vandalismo
Na ultima quarta (7), estava voltando no ônibus da linha 922, quando fui surpreendida com a falta de educação de um rapaz que, sem motivo, tacou uma pedra que acabou quebrando o vidro traseiro do veículo, atingindo a mim e mais uma passageira. Espero que não retirem o transporte que é tão precário em Tubiacanga, por causa dos erros de algumas pessoas. Katharine Baptista, via Facebook.
Indignação
Estou indignada com o táxi que peguei na ultima quinta (8), em frente ao Supermercado Mundial do Cacuia até a Rua Pajeú, Jardim Carioca. Durante o curto trajeto ele ficou reclamando comigo e disse que aquele ponto é para clientes do Mundial, além de dizer que era para eu ter o bom senso de não pegar táxi em distancias curtas porque a corrida é pouca. Luciana Pereira, via Facebook.
Santander
Fui muito mal recebido na agência do Santander, Jardim Guanabara, na sexta (9), ao tentar entrar na agência, a porta travou várias vezes e mesmo após tirar tudo da mochila, o segurança foi muito grosso. Miguel Vasconcelos, via WhatsApp.

Posto Shell
O posto Shell que fica na Estrada do Galeão, 2540, ao lado do Habibs, é um problema para o trânsito. Os motoristas fazem filas enormes para abastecer e acabam atrapalhando o trânsito. Peço para que a administração do posto resolva essa situação. Rose Dantas, via redação.

Village
A Guarda Municipal, sem consultar os moradores da Rua Fernando de Azevedo, Village, proibiu o estacionamento de carros no lado esquerdo da rua, onde estão as casa, permitindo somente no lado direito onde se encontra uma calçada com ferros, com isso os moradores não podem estacionar na porta de casa. Rhuan Sartore, via Facebook.
Perigo na calçada
Na calçada em frente ao Casa Show, na Portuguesa, tem um bueiro que está há dias quebrado. Será que alguém poderia nos ajudar antes que aconteça um acidente? Letícia Rocha, na redação.

Calçada
A calçada da orla da Praia da Bica, que fica próximo ao Quiosque Cabana do Alemão, está totalmente esburacada. Passar ali com cadeira de rodas ou carrinho de bebê é impossível. Gustavo Reis, na redação.

Aylton Vasconcelos
Na Rua Aylton Vasconcelos, Jardim Guanabara, tem um poste todo deteriorado ameaçando cair, além dos buracões na via que colocam pedestres e carros em perigo. Isabela Leocadio, via Facebook.

Caminhão
Um caminhão está parado em cima da calçada, atrapalhando a circulação de pedestres, na esquina da Rua Pio Dutra com Av. Paranapuã  na Freguesia desde quinta (7). Marco Pereira, via WhatsApp.



Veja Também

Boca no Trombone - Assalto na Uçá Na quinta (9), por volta das 22h, fui assaltado por dois caras em um Chevrolet Astra preto de vidros escuros no cruzamento da Rua Engenheiro Rozauro Zambrano com a Rua Uça, no Jardim Guanabara. Os bandidos ficaram com o veículo ligado aguardando alguém passar e me ameaçaram com uma pistola pedindo meus pertences. Parece que essa localização é ótima estrategicamente porque eles conseguem pegar rapidamente a Cambaúba. Cristian Soriano, via Facebook.

Boca no Trombone - tomam providência para resolver isso. Lucio Bernardo, via WhatsApp. Vans & Idosos As vans das linhas do Zumbi e Ribeira nunca tem vaga para os idosos. Um descaso total. Parece que eles não pensam que um dia também serão idosos? Lúcia Maria, via WhatsApp.

Boca no Trombone - Gás na Engenhoca O cheiro de gás na região da Praia da Engenhoca continua forte, principalmente quando tem movimentação de embarcações. De noite parece que o cheiro piora. Precisamos da fiscalização da Marinha nessas embarcações, não é possível que sejamos obrigados a conviver todos os dias com isso! Cleide Soares, via Facebook.

Boca no Trombone - Passagem perigosa Passo todos os dias pelo acesso que liga o Condomínio Santos Dumont com a Aerobitas e realmente é um problema para os pedestres, já que a circulação do número de motos é grande. Alguns motociclistas ainda olham de cara feia se você não dá passagem pra eles. Eliana Matos, via Facebook.

Boca no Trombone - Longa espera Pegar condução de noite está cada vez mais difícil. Outro dia por volta da meia noite, fiquei mais de 40 minutos sozinha no ponto esperando que alguma van ou ônibus passasse. Suellen Oliveira, via Facebook.

Boca no Trombone - nsatisfação Na segunda (9), ao embarcar no frescão da Ideal (B28719), por volta das 7h, no ponto do Casa Show, fui desrespeitada por não ter dinheiro trocado. Tentei pagar com uma nota de 50, mas o motorista foi arrogante dizendo que eu precisava facilitar a vida dele por conta do horário e queria que eu descesse do ônibus. Pagamos 11,50 por uma passagem e ainda somos tratados com falta de respeito pelos motoristas. Luane Santana, via Facebook. Resposta da ideal: A empresa informou que todos os seus motoristas são orientados a manterem disponível o valor para troco e que o motorista em questão será identificado e orientado para o treinamento de reciclagem quanto ao atendimento.


Edição 1859
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras


 

Copyright© 2010 Ilha Notícias. Todos os Direito Reservados.
Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.