Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Boca no Trombone

12/05/2017 - Boca no Trombone /Edição 1832
Linha 327
É um absurdo pegar diariamente ônibus da empresa Paranapuã em péssimo estado de conservação. No domingo (7), peguei um da linha do 327 que estava cheia de baratas. Falta de respeito com os passageiros. Fernando Costa, na redação.

Moscas no Tauá
Os moradores da Rua Domingos Mondim, no Tauá, vem sofrendo com a quantidade de moscas. Nem usando veneno ou papel pega-mosca conseguimos nos livrar dessa praga. Está ficando difícil cozinhar, ver televisão ou ficar no jardim, porque a quantidade é grande e elas incomodam muito. Denise Magioli, via Facebook.

Estudantes ao léu
Vários alunos de escolas municipais não estão conseguindo chegar às escolas, pois muitos motoristas das linhas da Ilha não estão parando nos pontos para o embarque dos alunos. Na Estrada do Dendê, no Tauá, quase todo o dia acontece a mesma coisa, nos dois turnos. Triste rotina. Algo precisa ser feito para resolver isso. Juberto Santos, via Facebook.

Escuridão
Na entrada da Estrada de Tubiacanga existem dois postes que estão com as lâmpadas queimadas.  Fernando Chaffin, via Facebook.

Contramão
Diversos motoristas entram na contramão da Rua Pio Dutra, na Freguesia, ignorando qualquer placa no local. Se colocar uma câmera ali, vão ver que entram mais de 500 carros por dia. Existem escolas na via e acidentes podem acontecer por conta disso. É uma vergonha e ninguém fiscaliza esse problema que já acontece há anos. Leandro Salvador, via Facebook.
 
Vagas de idosos
No Hipermercado Extra praticamente não existem vagas de estacionamento para os idosos e deficientes. As poucas que tem são ocupadas por varias máquinas e equipamentos do próprio mercado. Isto é uma vergonha! Paulo Alves, via Facebook.

Multa neles
Há alguns meses carros tem estacionado na porta das residências no Condomínio Verde Morada, no Jardim Carioca, atrapalhando a entrada e saída de moradores. Peço ajuda as autoridades que multem esses carros. Márcia Toledo, via Facebook.

Congestionamentos
Um dos principais motivos de retenções no trânsito é a falta de sincronia nos semáforos em toda a Estrada do Galeão. Além disso, os ônibus sem trocadores atrapalham muito. Os motoristas perdem um grande tempo dando troco aos passageiros e fecham as ruas complicando ainda mais o trânsito. Roberta Chiara, via WhatsApp.

Manoel Marreiros
Nós, moradores da Rua Dr. Manoel Marreiros, nos Bancários, estamos cansados de fazer reclamações referente aos buracos da rua. Até quando vamos sofrer com esse descaso? Tatiana Rodrigues, via WhatsApp.

Tumulto 
A saída dos alunos do colégio MV1 Galeão, Jardim carioca, tem se tornado um grande problema. Muitas conduções e pais de alunos param em frente ao colégio de qualquer forma para buscá-los, e acabam atrapalhando o ponto de ônibus que tem ali, gerando engarrafamento e tumulto. Isso não pode ficar assim! Pedro Fernandes, via WhatsApp.
Comlurb
Algumas ruas de Tubiacanga foram asfaltadas, mas na Rua C o asfalto já começou a ceder. Buracos estão se formando e um motorista da Comlurb disse que não vai se arriscar com o caminhão para evitar cair nos buracos. Gláucia Almeida, na redação.

Buraco na pista
Na Estrada do Dendê, Tauá, altura do antigo Hospital Maria Madalena, um buraco atrapalha o fluxo na via. Na última quinta (4) furei o pneu do carro naquela rua, por causa do mesmo buraco. Carlos Marcos, via WhatsApp.

Ponte velha
Na ponte velha, que liga a Ilha do Governador à Ilha do Fundão, o asfalto esta cedendo. Quando passo pelo local tenho que reduzir a velocidade por causa da grande quantidade de buracos. A reforma precisa ser urgente! Marcus Vinicius, na redação.

Perigo nas ruas
Os moradores da Ilha, principalmente das áreas que abrangem a Portuguesa e Moneró, estão à mercê de assaltantes. Os roubos ocorrem a qualquer hora do dia. Cadê a PM para patrulhar a área, já que os casos estão frequentes? Será preciso alguém se ferir gravemente para que tomem uma atitude? Ricardo Farias, via Facebook.

Socorro!
Uma insulana foi assaltada em plena luz do dia, nesta terça (9), às 10h da manhã, em frente a nossa Paróquia, na Freguesia, por um motoqueiro que trazia uma criança na garupa. Precisamos de mais policiais aqui no bairro. Regina Chaves, via e-mail.




Veja Também

Boca no Trombone - A Vivo é zero A operadora de telefonia Vivo coloca seus clientes em planos sem que os mesmos deem permissão e a cobrar. Me colocaram na caixa postal sem minha autorização e as pessoas que queriam falar comigo diretamente não conseguiam, além de cobrarem pelo tal serviço. E o pior, eu que tenho que pedir para tirar. Acho um absurdo. Na minha opinião todas as operadoras teriam que, a cada ligação, informar o tempo e o valor que foi gasto, para que o cliente confiasse na mesma. Maurício Moreira, via e-mail.

Boca no Trombone - Dois homens me assaltaram a pé, próximo ao cruzamento da Rua Cambaúba com a Colina, Jardim Guanabara, na segunda (9), por volta de 10h. Levaram meu celular e minha carteira. Um absurdo sem fim. Alexandre Ramos, via WhatsApp.

Boca no Trombone -

Boca no Trombone - Os Guardas Municipais estão multando todos os carros que estacionam com as duas rodas em cima da calçada da Rua Morávia, no Cocotá. A rua possui apenas duas faixas estreitas, além da calçada pequena, e se estacionarem os carros na rua, fica impossível passar por ali porque passam veículos na outra mão e acabam tendo que dar ré para o outro passar. João Souza, via Facebook.

Boca no Trombone - Na Rua Euzébio de Farias, próximo ao número 73, na comunidade da Praia da Rosa, marimbondos construíram um ninho e estão atacando os moradores, principalmente as crianças. Precisamos que os órgãos competentes venham resolver esse problema. Já estamos pedindo ajuda há mais de um mês. Enir Santos, via Facebook.

Boca no Trombone -


Edição 1881
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras