Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Boca no Trombone

18/04/2017 - boca-no-trombone /Edição 1828
Calçada esburacada
A calçada da Rua Cambaúba, no Jardim Guanabara, que fica do outro lado da rua da Padaria Majestosa, está totalmente esburacada. Passar ali com cadeira de rodas ou carrinho de bebê é impossível. Precisamos que arrumem aquela área. Gustavo Espezim, na redação.

Paranapuan
A linha de ônibus 328, da empresa Paranapuan, não está parando para os idosos, mas liberam para alunos da rede pública entrarem pelas portas de trás e ambos possuem cartões. Uma falta de respeito com o idoso. Marcia Maia, na redação.

Choque na Ribeira
Assim como muitos insulanos, eu também frequento os bares da Ribeira nas noites dos finais de semana, mas a bagunça na hora de estacionar os carros é algo absurdo. Além de flanelinhas irregulares que cobram caro, ao lado da praça tem um ponto final de ônibus e vejo sempre os motoristas enfrentando problemas para sair por causa da quantidade de carros estacionados que fecham a passagem. Choque de ordem urgente! Júlio Campos, na redação.

Pio Dutra
Desde março existe um caminhão parado na calçada da esquina da Av. Paranapuan com a Rua Pio Dutra, na Freguesia. Já denunciei a prefeitura, pois o mesmo atrapalha a passagem, mas até hoje nada. No mínimo, precisa ser multado. Aguardo providências. Heitor Barros, via WhatsApp.

Praça no escuro
Na Praça da Rua Alberto Delfino, atrás do Ilha Plaza, as noites tem sido de risco. Não há iluminação e pessoas ficam usando drogas e fazendo sexo no local. Precisamos de intervenção tanto da Polícia Militar, para coibir as ações, quanto da Rioluz para iluminar o local. Fernando César, via Facebook.

Som exagerado
Aos fins de semana quiosques em frente à Praça da Freguesia colocam suas televisões e rádios no último volume até às 3h da manhã. Porque não respeitam a Lei do Silêncio? Vinícius Ornelas, via WhatsApp.

Perigo
No Moneró, um asilo precisa ter mais atenção com os seus pacientes. Inúmeras vezes alguns conseguem sair para a rua, as vezes sem roupas, correndo grande risco de sumirem ou se machucarem, pois a maioria são doentes. Fica o alerta! Flávio Carlos, via Whatsapp.

Esgoto
No início da Estrada do Galeão, no acesso que dá para a ponte velha, altura da Base Aérea do Galeão, um bueiro jorra esgoto há dias. Um vazamento que toma conta da pista e fica até parecendo que choveu recentemente. Cedae, medidas rápidas! Marta Ferreira, na redação. 

Praia da Bica
Cada dia o descaso dos insulanos com a Praia da Bica aumenta. Constantemente pessoas sem educação despejam lixo pelo local. É uma vergonha. O povo que deveria cuidar, só piora a situação. Flávia Monteiro, via WhatsApp.

Urgente!
Um buraco está se abrindo entre a Ponte Nova e o início da Estrada do Galeão, no sentido entrada da Ilha. A cada vez que passamos com carro sentimos o impacto mais forte. Diariamente inúmeras pessoas entram na Ilha para acessar ao aeroporto, precisamos manter a conservação do local. Pedro Farias, via WhatsApp.

Congonhas
Na Praia Congonhas do Campo, na Freguesia, próxima a ponte da Petrobras, galhos imensos caem das árvores a todo o momento no meio da via, causando muito transtorno e risco aos motoqueiros que ali passam. João Apolinário, via Facebook.

Cadê a Light?
Na Rua Juraci Camargo, no Jardim Guanabara, é constante a falta de luz na área. Os apagões são longos e acontecem a qualquer hora do dia, basta uma chuvinha. Na semana passada a luz caiu sete vezes, inclusive no sábado (8), quando ficou mais de 4 horas sem energia. Lucas Santos, na redação.

Luís Vahia Monteiro
Na Rua Luís Vahia Monteiro, no Jardim Guanabara, na altura do Colégio Miguel Couto, um buraco faz com que os motoristas dividam a mesma faixa, tanto para subir a rua quanto para descer, pois não há condições de trafegar na via com tranqüilidade. Já não bastasse o perigo dos assaltos, agora também há o risco de quebrar o carro. Roberto Capela, via Facebook.

Vans sem cartão
As vans de Tubiacanga estão desligando as máquinas do Rio Card e Bilhete Único, às 23h. Isto é uma vergonha!Os ônibus param de passar às 21h e a gente que trabalha no aeroporto tem que pagar em dinheiro. Cadê a fiscalização? Tubiacanga pede socorro! Pedro Luz, via Facebook.

Ônibus sem roda
Nesta sexta (7), um ônibus da linha 910, empresa Paranapuan, perdeu a roda no Cocotá e quase causou um grande acidente. Já não bastasse os ônibus infestados de barata, agora teremos que nos preocuparmos se as rodas sairão do veículo. O que mais precisa ser feito para algum órgão punir o descaso dessa empresa? Carolina Bastos, via Facebook.

Maldade
Alguns cachorros abandonados na Praia da Bica, estão sendo ameaçados por pessoas de má índole. Na última segunda (10), enquanto eu dava água e comida para eles, um rapaz ameaçou jogar os animais na caçamba do caminhão de lixo. Precisamos proteger os animais também contra pessoas más! Maria Regina, na redação.






Veja Também

Boca no Trombone - Assalto na Uçá Na quinta (9), por volta das 22h, fui assaltado por dois caras em um Chevrolet Astra preto de vidros escuros no cruzamento da Rua Engenheiro Rozauro Zambrano com a Rua Uça, no Jardim Guanabara. Os bandidos ficaram com o veículo ligado aguardando alguém passar e me ameaçaram com uma pistola pedindo meus pertences. Parece que essa localização é ótima estrategicamente porque eles conseguem pegar rapidamente a Cambaúba. Cristian Soriano, via Facebook.

Boca no Trombone - tomam providência para resolver isso. Lucio Bernardo, via WhatsApp. Vans & Idosos As vans das linhas do Zumbi e Ribeira nunca tem vaga para os idosos. Um descaso total. Parece que eles não pensam que um dia também serão idosos? Lúcia Maria, via WhatsApp.

Boca no Trombone - Gás na Engenhoca O cheiro de gás na região da Praia da Engenhoca continua forte, principalmente quando tem movimentação de embarcações. De noite parece que o cheiro piora. Precisamos da fiscalização da Marinha nessas embarcações, não é possível que sejamos obrigados a conviver todos os dias com isso! Cleide Soares, via Facebook.

Boca no Trombone - Passagem perigosa Passo todos os dias pelo acesso que liga o Condomínio Santos Dumont com a Aerobitas e realmente é um problema para os pedestres, já que a circulação do número de motos é grande. Alguns motociclistas ainda olham de cara feia se você não dá passagem pra eles. Eliana Matos, via Facebook.

Boca no Trombone - Longa espera Pegar condução de noite está cada vez mais difícil. Outro dia por volta da meia noite, fiquei mais de 40 minutos sozinha no ponto esperando que alguma van ou ônibus passasse. Suellen Oliveira, via Facebook.

Boca no Trombone - nsatisfação Na segunda (9), ao embarcar no frescão da Ideal (B28719), por volta das 7h, no ponto do Casa Show, fui desrespeitada por não ter dinheiro trocado. Tentei pagar com uma nota de 50, mas o motorista foi arrogante dizendo que eu precisava facilitar a vida dele por conta do horário e queria que eu descesse do ônibus. Pagamos 11,50 por uma passagem e ainda somos tratados com falta de respeito pelos motoristas. Luane Santana, via Facebook. Resposta da ideal: A empresa informou que todos os seus motoristas são orientados a manterem disponível o valor para troco e que o motorista em questão será identificado e orientado para o treinamento de reciclagem quanto ao atendimento.


Edição 1859
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras


 

Copyright© 2010 Ilha Notícias. Todos os Direito Reservados.
Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.