Assinatura Virtual

Cadastra-se e receba toda semana em seu e-mail o Ilha Notícias On-line.

Newsletter

Nome:

 

Email:

 


 

Nome:

 

Email:

 


Siga-nos

facebook
twitter
instagram
google+
youtube
blogger

Boca no Trombone

17/03/2017 - Boca no Trombone /Edição 1824
Falta luminação
A Rua Maraú, na Freguesia, está muito escura. Isso facilita os assaltantes que com a escuridão consideram o lugar mais fácil para praticar delitos. Creio que seja mais fácil melhorar a iluminação do que colocar por 24 horas uma viatura de polícia para garantir proteção dos moradores. Gardenia Tegon, via Facebook. 

Perigo nas árvores
As árvores da Rua Castorina Faria Lima, no Condomínio Santos Dumont, na Portuguesa, estão precisando urgente de podas, principalmente na altura dos números 63 e 81. Galhos caem diariamente por não ter espaço mais para crescer. É melhor que cortem, antes que aconteça uma fatalidade. Maurício Fernandes, via Facebook.

Desorganização
Se já não bastasse a falta de horários de barcas na Ilha, a concessionária responsável faz questão de atrasar as viagens. Não há quem aguente com tamanha desorganização. Na quarta (15), o horário das 9h já havia virado das 9h45. É muito atraso e falta de respeito. Solange Cruz, via Facebook. 

Buraco na Formosa
Existe um buraco aberto há mais de dez dias na Rua Formosa, no Zumbi, bem próximo à Praça do Leão. Tudo isso ocasionado por uma obra da Cedae, que veio, revirou e deixou como está agora. Absurdo! Peço que os responsáveis consertem logo. Marluci Lima, via Facebook.

Buracos
Nas Canárias, sentido entrada da Ilha, próximo à entrada para a Portuguesa há um buraco enorme que já tem, pelo menos cinco meses. Já vi carros parados ali com pneus estourados. Gustavo Escobar, via Facebook.

Incontrolável
Está insuportável a situação na Praça Jerusalém, na Praia da Bica, aos finais de semana. Carros com som alto, menores ingerindo bebidas alcoólicas, flanelinhas tomando conta da rua, uma desordem total. E o pior é que não adianta ligar para o 190, não aparece ninguém. Os moradores do local estão pedindo socorro! Gilberto Sá, via Facebook.

O carteiro sumiu
A entrega de correspondências na Rua Princesa, no Moneró, está totalmente irregular. Há semanas que não vejo o carteiro.  Isso está me trazendo sérios desconfortos. Marcos Oliveira, via Facebook. 

Denúncia
Tem que haver um combate intenso para deter diversas irregularidades frequentes no Aterro do Cocotá. Diversas mazelas atrapalham e deixam o lugar mal frequentado. É preciso que haja fiscalização. Leandro de Oliveira, via Facebook. 

Tubiacanga
Há mais de 10 dias a prefeitura podou uma árvore e deixou os troncos no chão da Rua 88, em Tubiacanga. Estamos até agora esperando que a Comlurb venha retirar esse aglomerado de folhas, que está deixando um cheiro insuportável no local, além de servir como moradia para ratos. Juciara Ferreira, via Facebook.

BRT da Escuridão
Está muito perigoso se aventurar no BRT do Fundão no período noturno. Além de ter pouco movimento, o que já gera um certo medo, não há iluminação em todas as partes. É um lugar propício para qualquer tipo de violência. Se com luz já existem problemas, imagina no escuro? Flávio Daniel, via Facebook. 

Barulho do posto
Peço que a polícia dê um basta na farra dos frentistas do novo posto Shell, localizado em frente à 37ª DP. Ignorando horário, eles ligam o som do carro e ficam escutando música alta madrugada adentro.Os moradores sofrem com o barulho. Antonio Carlos, via WhatsApp.







Veja Também

Boca no Trombone - Assalto na Uçá Na quinta (9), por volta das 22h, fui assaltado por dois caras em um Chevrolet Astra preto de vidros escuros no cruzamento da Rua Engenheiro Rozauro Zambrano com a Rua Uça, no Jardim Guanabara. Os bandidos ficaram com o veículo ligado aguardando alguém passar e me ameaçaram com uma pistola pedindo meus pertences. Parece que essa localização é ótima estrategicamente porque eles conseguem pegar rapidamente a Cambaúba. Cristian Soriano, via Facebook.

Boca no Trombone - tomam providência para resolver isso. Lucio Bernardo, via WhatsApp. Vans & Idosos As vans das linhas do Zumbi e Ribeira nunca tem vaga para os idosos. Um descaso total. Parece que eles não pensam que um dia também serão idosos? Lúcia Maria, via WhatsApp.

Boca no Trombone - Gás na Engenhoca O cheiro de gás na região da Praia da Engenhoca continua forte, principalmente quando tem movimentação de embarcações. De noite parece que o cheiro piora. Precisamos da fiscalização da Marinha nessas embarcações, não é possível que sejamos obrigados a conviver todos os dias com isso! Cleide Soares, via Facebook.

Boca no Trombone - Passagem perigosa Passo todos os dias pelo acesso que liga o Condomínio Santos Dumont com a Aerobitas e realmente é um problema para os pedestres, já que a circulação do número de motos é grande. Alguns motociclistas ainda olham de cara feia se você não dá passagem pra eles. Eliana Matos, via Facebook.

Boca no Trombone - Longa espera Pegar condução de noite está cada vez mais difícil. Outro dia por volta da meia noite, fiquei mais de 40 minutos sozinha no ponto esperando que alguma van ou ônibus passasse. Suellen Oliveira, via Facebook.

Boca no Trombone - nsatisfação Na segunda (9), ao embarcar no frescão da Ideal (B28719), por volta das 7h, no ponto do Casa Show, fui desrespeitada por não ter dinheiro trocado. Tentei pagar com uma nota de 50, mas o motorista foi arrogante dizendo que eu precisava facilitar a vida dele por conta do horário e queria que eu descesse do ônibus. Pagamos 11,50 por uma passagem e ainda somos tratados com falta de respeito pelos motoristas. Luane Santana, via Facebook. Resposta da ideal: A empresa informou que todos os seus motoristas são orientados a manterem disponível o valor para troco e que o motorista em questão será identificado e orientado para o treinamento de reciclagem quanto ao atendimento.


Edição 1859
Leia


Edições anteriores





Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras

Vista aérea da Vila Olímpica da Ilha na fase final das obras


 

Copyright© 2010 Ilha Notícias. Todos os Direito Reservados.
Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.